No Mato Grosso, Santos poderá ter o retorno de Cittadini ao time titular
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

No Mato Grosso, Santos poderá ter o retorno de Cittadini ao time titular

Léo Cittadini, do Santos
Léo Cittadini tem contrato com o Peixe até o final do ano e negocia uma renovação (Foto: Ivan Storti/Santos)
Ana Canhedo - 15/05/2018 - 15:43
São Paulo (SP)
O Santos viajou ao Mato Grosso sem alguns de seus titulares. Em contrapartida, o meia Léo Cittadini, recuperado de uma entorse no tornozelo direito, está com a delegação em Cuiabá e pode ser usado pelo técnico Jair Ventura como titular nesta quinta-feira, contra o Luverdense, em Lucas do Rio Verde, às 19h15, pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil. 

Cittadini vive uma situação delicada no clube. Além da lesão, nas últimas semanas convive com uma novela fora de campo. Seu estafe negocia uma renovação contratual com o Peixe, já que o vínculo atual se encerra em dezembro de 2018. Atualmente, a negociação está travada e detalhes impedem o acerto. A partir de julho, o camisa 19 estará livre para assinar um pré-contrato com outra equipe, saindo, assim, sem custos em janeiro de 2019. 

Os laterais Victor Ferraz e Dodô, o volante Alison e os atacantes Rodrygo e Gabigol ficaram em Santos e seguirão uma rotina normal de treinamentos no CT Rei Pelé. O zagueiro David Braz também não viajou, já que está em fase final de recuperação de dores na panturrilha direita. 

Dos titulares, o goleiro Vanderlei, os zagueiros Lucas Veríssimo e Gustavo Henrique, os meias Jean Mota e Vitor Bueno e o atacante Eduardo Sasha viajaram. Mesmo assim, não está descartada uma escalação reserva em Lucas do Rio Verde. 

Todos os jogadores titulares foram submetidos à exames de sangue para medir o nível de desgaste físico antes da viagem. Só após a divulgação do resultado é que Jair pôde definir quem viajaria ao Mato Grosso. 

O elenco treina nesta tarde em Cuiabá e viaja para Lucas do Rio Verde na manhã desta quarta-feira, de ônibus, por aproximadamente cinco horas. Depois de aplicar um 5 a 1 no jogo de ida, o Peixe pode perder por três gols de diferença que mesmo assim ficará com a vaga às quartas de final. 

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance