menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Funk, praia e confiança: Hernández se adapta e vira 12º jogador do Santos

  •  Vladimir Hernández
    Vladimir Hernández é a principal opção de Dorival no segundo tempo ​ (Foto: Guiolherme Dionízio/Photo Press/Lancepress!)
  •  Hernández e Brenda
    Um dos lugares preferidos de Hernández e Brenda é a praia do Guarujá   Reprodução / Instagram
  •  Vladimir Hernandez com Zeca
    Colombiano se entrosou rápido com companheiros Divulgação
  •  Hernández e Copete
    Hernández e Copete na praia de Santos  Reprodução / Instagram
  •  Vladimir Hernández - Santos
    Pequeno Gigante custou cerca de R$ 3 milhões Ivan Storti/Santos FC
  •  Hernández, Copete e Guerrero
    Hernández, Copete e Guerrero (acompanhado das esposas) se encontraram em São Paulo para um churrasco  Arquivo LANCE!
  •  Vladimir Hernandez
    Aos poucos, tenta aprender o novo idioma Russel Dias
  •  Hernández e Brenda
    Em uma praça de Santos, Hernández e Brenda registraram o momento em seu Instagram Reprodução / Instagram
  •  Vladimir Hernandez - apresentação do Santos
    Colombiano chegou em janeiro ao Peixe (FOTO: Ivan Storti/ Santos FC)
  •  Hernández e Brenda
    Hernández e Brenda em seu novo lar, em Santos Reprodução / Instagram
  •  MOBILE Vladimir Hernandez
    Antes, defendia o Junior Barranquilla  AFP
  •  Hernández e esposa, Copete e esposa
    Copete é amigo pessoal de Hernández. Ambos saíram com as esposas para irem ao Baccara, em Santos Reprodução / Instagram
Gabriela Brino - 16/05/2017 - 06:00
Santos (SP)
Depois de conseguir a confiança do técnico Dorival Júnior, o atacante Vladimir Hernández atuou em dez dos últimos 14 jogos do Santos. E a melhor sequência tem relação direta com o entrosamento em campo e com a adaptação à nova casa do colombiano.

Vladí para os íntimos, Hernández chegou em janeiro acompanhado de sua esposa Brenda. Apesar do novo lar, o jogador já tinha amizades dentro do Peixe, como o também colombiano Copete que é uma das companhias do 12º titular do Peixe para ir em restaurantes e praias.

Ao LANCE!, a esposa do Pequeno Gigante, Brenda, afirma que um dos motivos para a melhor adaptação foram os amigos. A cidade tranquila também foi citada e comparada a Barranquilla, que é mais agitada. A língua tem sido um problema maior, principalmente para Hernández. Mas a saída tem sido os treinos também fora de campo.

O casal busca aprender português por meio das musicas de Eduardo Costa e indo às compras. Além do sertanejo, Vladimir já postou em suas redes sociais vídeos em seu carro tocando funk alto, na avenida da praia de Santos. E Brenda não deixou de acrescentar:

- Funk é o meu preferido. É um ritmo muito gostoso (risos) - disse.

Já na gastronomia, a mudança para o Brasil não foi tão radical, já que as comidas brasileiras são parecidas com as da Colômbia. O preferido de ambos são as carnes e o brigadeiro, mas frequentam muitos restaurantes para conhecer mais - geralmente em companhia de Copete e Vecchio -. E diferentemente da amada, Vladimir não gostou do açaí, uma das sobremesas típicas. Mas o passatempo preferido do casal é a praia, principalmente no Guarujá.

Com dois gols e quatro assistências, o Pequeno Gigante é o reserva mais utilizado pelo treinador santista e vai conquistando cada vez mais seu espaço, seja na ala direita do ataque, praias ou restaurantes.

E MAIS:
SEUCLUBE
atlético mineiro
botafogo
corinthians
cruzeiro
flamengo
fluminense
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance