Embalado por sequência no Santos, Vecchio tenta 'barrar reforços'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Embalado por sequência no Santos, Vecchio tenta 'barrar reforços'

  •  Vecchio, do Santos
    Vecchio, do Santos Ivan Storti
  •  Vecchio, do Santos
    Vecchio, do Santos Ivan Storti
  •  Vecchio
    Vecchio (Foto: Ivan Storti/Santos)
  •  Vecchio
    Vecchio (Foto: Ivan Storti/Santos)
  •  Vecchio e Rodrigão
    Vecchio e Rodrigão Ivan Storti
  •  Renato e Vecchio
    Renato e Vecchio Ivan Storti
  •  Vecchio, do Santos
    Vecchio, do Santos Ivan Storti
  •  Vecchio, do Santos
    Vecchio, do Santos Ivan Storti
  •  Vecchio, do Santos
    Vecchio, do Santos Ivan Storti
  •  Vecchio, do Santos
    Vecchio, do Santos Ivan Storti
LANCE! - 10/02/2018 - 06:00
Santos (SP)
Menino da Vila, Gabigol tem a chance de reestrear pelo Santos neste sábado, às 16h30, contra a Ferroviária, pela 6ª rodada do Paulistão, na Fonte Luminosa, em Araraquara. Diferentemente de quando o camisa 10 ainda vestia a camisa do Peixe, em 2016, o time tem se dado melhor fora do que dentro da Vila Belmiro. Em cinco rodadas no Estadual, o Alvinegro perdeu uma e empatou a outra (contra o Ituano, no Pacaembu) e só venceu Linense e Ponde Preta, ambos longe de casa.

Quem tem liderado o Santos nessa campanha nada normal é o argentino Vecchio, que apesar de conhecer Gabriel de outros carnavais (do de 2016), tem tido sua melhor sequência nesta temporada, quando atingiu a marca de 30 jogos pelo clube.

Neste período, deu duas assistências e neste sábado iguala sua melhor sequência como titular. No ano passado, antes de uma lesão na coxa, chegou a fazer seis jogos como titular sob o comando do técnico Levir Culpi.

Se antes tinha que lidar com a reserva devido à concorrência com Lucas Lima, o argentino não se livrou de todos os obstáculos. Mesmo com os números inéditos, o camisa 20 convive com notícias diários sobre a procura do Santos por um meia.

A última envolve seu compatriota, Lucas Zelarayán, que está no Tigres, do México. Enquanto o Peixe não se dá bem no mercado, Vecchio tenta se dar cada vez melhor dentro de campo para tentar afastar qualquer outro argentino da Vila Belmiro.

- No ano passado havia jogado um pouco mais, ocorreu a lesão. Logicamente que trabalhamos para jogar e temos que continuar com humildade para ajudar o time. Na verdade, desde que cheguei, trabalhei da mesma forma, mas a sequência vem também com a confiança do treinador. Graças a Deus pude aproveitar- comenta o meia.

Independentemente do nível de suas atuações, Vecchio verá no banco outra sombra que não a de Gabigol. Vitor Bueno, que é armador de origem, também foi relacionado pela primeira vez no ano após se recuperar de cirurgia no joelho e pode passar a atuar na função de armador.

Sem fazer lobby pela titularidade, o pensamento de Vecchio segue focado no objetivo coletivo.

- Estamos começando, o time está se arrumando cada vez mais. A ideia é obter a vitória para subir na tabela e assegurar a classificação, que é o primeiro objetivo.

O Santos tem que ter um elenco forte. Qualquer jogador tem que chegar para somar e vamos receber com alegria  - conclui.


icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance