ATUAÇÕES: Trio faz a diferença em vitória do Santos sobre o Furacão
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



30/09/2018 | 18:42

ATUAÇÕES: Trio faz a diferença em vitória do Santos sobre o Furacão

  •  Santos x Atlético-PR
    Carlos Sánchez, sem camisa, comemora o gol de pênalti que converteu aos 51 minutos do segundo tempo. Rodrygo, o mais participativo e brilhante do ataque, e Vanderlei, salvando o time algumas vezes, foram os outros destaques. Veja as atuações: (Por Alexandre Guariglia) (Foto: Ivan Storti/Santos)
  •  Atuações - Santos - Vanderlei
    7,0 - Vanderlei - Fez duas grandes defesas ainda no primeiro tempo, ambas em belos chutes de Nikão. Além disso trabalhou como último homem para salvar. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Victor Ferraz
    6,5 - Victor Ferraz - Teve boa atuação, principalmente no primeiro tempo. Conseguiu se garantir na defesa e foi um dos que mais criaram jogadas no ataque. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Robson Bambu
    6,0 - Robson Bambu - Sentiu lesão muscular na coxa direita com pouco mais de 25 minutos de jogo, nos quais não comprometeu a atuação santista no setor defensivo. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Gustavo Henrique
    6,0 - Gustavo Henrique - Teve alguns vacilos, especialmente no um contra um em velocidade, porém foi providencial ao desarmar Marcinho que iria marcar gol. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Dodô
    6,5 - Dodô - Teve alguma dificuldade no setor defensivo e até tentou ir ao ataque, mas pouco produziu. Sofreu pênalti nos minutos finais da partida. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Alison
    6,0 - Alison - Assim como contra o Vasco, ficou sobrecarregado na marcação, e sofreu com Raphael Veiga, porém conseguiu fazer bom trabalho no meio. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Carlos Sanchez
    7,0 - Carlos Sánchez - Não teve grande destaque, mas ainda assim foi uma das melhores saídas do Santos para o ataque. De pênalti, marcou o gol da vitória no fim. Atuações - Santos - Carlos Sanchez
  •  Atuações - Santos - Diego Pituca
    6,0 - Diego Pituca - Muita disposição, intensidade, mesmo que deixe Alison sobrecarregado em alguns momentos. Faltou mais participação no ataque. Atuações - Santos - Diego Pituca
  •  Atuações - Santos - Rodrygo
    7,0 - Rodrygo - Foi o melhor do time no duelo. Arrancou, driblou, apanhou, cruzou, tentou decidir sozinho, fez tudo o que se espera dele. Faltou o gol. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Bruno Henrique
    5,5 - Bruno Henrique - Outra partida abaixo da média. Tomou decisões equivocadas, principalmente nos momentos para concluir as jogadas. Está devendo. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Sasha
    5,5 - Eduardo Sasha - Como referência, ficou perdido no meio dos zagueiros rivais e pouco conseguiu êxito, bem como quando tentou sair da área buscando espaço. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Luiz Felipe
    6,0 - Luiz Felipe - Entrou ainda no primeiro tempo para substituir Robson bambu lesionado. Ao lado de Gustavo Henrique, deu espaços, mas nada demais. Atuações - Santos
  •  Atuações Derlis González
    5,5 - Derlis González - Novamente entrou como uma esperança para mudar o jogo, porém não conseguiu fazer muita coisa. Bem marcado, acabou tendo atuação ruim. Ivan Storti/Santos FC
  •  Kaio Jorge, Santos SUB-15
    5,5 - Kaio Jorge - Muito jovem, entrou faltando pouco mais de dez minutos para o fim e pouco conseguiu fazer em campo. Valeu pela experiência. Pedro Ernesto
  •  Atuações Cuca - Santos
    6,5 - Cuca - Time não jogou bem, sentiu falta de desfalques e colocou em campo o que era possível. Não desistiu e arrancou uma vitória nos minutos finais. Ivan Storti/Santos FC
  •  Santos x Atlético-PR
    ATLÉTICO-PR CONTRA-ATAQUES Como já vem acontecendo sob o comando de Tiago Nunes, fora de casa o Atlético-PR tenta atrair o adversário e encontrar espaços para o contra-ataque. Foi assim que o time paranaense encontrou formas de assustar o Santos, principalmente com dois belos chutes de Nikão defendidos por Vanderlei. Além disso, quase achou outras boas jogadas ofensivas. FALTOU ÍMPETO Apesar de ser um estilo característico do time nos jogos como visitante, o Atlético-PR poderia ter buscado mais os espaços dados pelo Santos no campo de defesa. Os poucos lances de perigo conseguido pelo ataque da equipe paranaense assustaram o adversário, porém não foram tentados com mais ímpeto e em maior quantidade. Mesmo com pênalti inexistente, castigo veio no fim. Richard Callis/Fotoarena
SEUCLUBE
atletico-paranaense
atlético mineiro
avaí
bahia
botafogo
ceara
chapecoense
corinthians
cruzeiro
CSA
flamengo
fluminense
Fortaleza
Goiás
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance