ATUAÇÕES: Gabigol, Daniel Guedes e Vanderlei se destacam em empate
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



10/02/2018 | 19:04

ATUAÇÕES: Gabigol, Daniel Guedes e Vanderlei se destacam em empate

  •  Ferroviária x Santos
    Jogando fora de casa, o Santos conseguiu impor seu ritmo de jogo no primeiro tempo da partida no empate em 2 a 2 com a Ferroviária. Jair Ventura soltou os laterais e o Peixe cansou de perder gols. No segundo tempo, no entanto, a Ferroviária mudou sua postura e o jogo ficou equilibrado. Se não fosse o goleiro Vanderlei ter defendido um pênalti, a equipe do técnico Jair Ventura poderia ter voltado com a derrota. Em contrapartida, o atacante Gabigol demonstrou que voltou com a pontaria calibrada e o lateral Daniel Guedes foi outro que se destacou. Veja as notas do LANCE! (por Yago Rudá) Thiago Calil/AGIF
  •  Atuações - Santos - Vanderlei
    7,5 - Vanderlei - Defendeu um pênalti e fez grandes defesas quando foi exigido. Não teve culpa alguma nos dois gols da Ferroviária. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Daniel Guedes
    7,5 - Daniel Guedes - Subiu com propriedade ao ataque e fez bons cruzamentos. Deu duas assistências e foi um dos melhores do Peixe na partida.  Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - David Braz
    5,5 - David Braz - Fazia boa partida até deixar o atacante Léo Castro se antecipar no lance que gerou o primeiro gol da Ferroviária. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Gustavo Henrique
    6,0 - Gustavo Henrique - Partida regular. Foi bem nas bolas aéreas e não comprometeu o sistema defensivo. No entanto, deixou a desejar na cobertura de Caju. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Caju
    5,5 - Caju - Cometeu um pênalti infantil no primeiro tempo. Não subiu tanto quanto Daniel Guedes, mas ajudou bastante na marcação do time. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Renato
    6,5 - Renato - Responsável pela transição da defesa para o ataque, o volante cumpriu a função muito bem. Mesmo marcado, deu o ritmo para o time. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Vecchio
    6,0 - Vecchio - Não apareceu tanto ao ataque porque o Santos optou por avançar pelas laterais. Apesar de deixar a desejar na marcação, foi bem na partida. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Arthur Gomes
    6,0 - Arthur Gomes - Atuação regular do Menino da Vila. Correu bastante e se apresentou para o jogo, mas não conseguiu colocar velocidade na partida. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Jean Mota
    6,0 - Jean Mota - Importante para a equipe no plano tático. Tecnicamente, não rendeu conforme o esperado. Atuação regular. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Sasha
    7,0 - Sasha - Aberto pela esquerda, deu muito trabalho para os defensores da Ferroviária. Finalizou bem e foi o responsável por abrir o placar. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Gabigol
    7,5 - Gabigol - Na reestreia pelo Peixe, o atacante não decepcionou e fez um bonito gol da entrada da área. Deu bastante mobilidade ao ataque. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Léo Cittadini
    6,0 - Léo Cittadini - Não conseguiu penetrar o sistema defensivo adversário. Trocou bons passes e deu alternativas para os jogadores do meio de campo. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Rodrygo
    5,5 - Rodrygo - Levou um cartão amarelo sem necessidade e reclamou muito com o trio de arbitragem. Esqueceu de jogar futebol e não foi bem em Araraquara. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Yuri Alberto
    Sem nota - Yuri Alberto - Teve pouco mais de dez minutos em campo e não conseguiu chegar ao  gol adversário. No entanto, se entregou bastante pela equipe. Atuações - Santos
  •  Atuações - Santos - Jair Ventura
    6,0 - Jair Ventura - Deu liberdade para as subidas dos laterais, mas com a saída de Vecchio e apenas Renato na marcação, o time ficou exposto. Fez alterações que deixaram o time mais ofensivo. Atuações - Santos
  •  Ferroviária x Santos
    FERROVIÁRIA - O técnico PC de Oliveira corrigiu os erros da sua equipe no primeiro tempo e, na volta do intervalo, a postura da Ferroviária foi outra. A equipe que antes tinha extrema dificuldade para passar do meio de campo, começou a triangular pelas beiradas do campo e foi muito veloz nos contra-ataques. Método do treinador que modificou totalmente a forma de sua equipe jogar. O sistema defensivo da Ferroviária abusou dos chutões, principalmente na etapa inicial quando o Santos foi melhor na partida. Os volantes e os laterais não conseguiram dar suporte ao meios-campistas e, por isso, o time de Jair Ventura foi superior no período. Thiago Calil/AGIF
SEUCLUBE
atlético mineiro
botafogo
corinthians
cruzeiro
flamengo
fluminense
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance