Artilheiro, Gabigol freia empolgação no Santos e lamenta pancadas
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Artilheiro, Gabigol freia empolgação no Santos e lamenta pancadas

  •  Paraná x Santos
    Paraná x Santos Rodolfo Buhrer / La Imagem / Fot
  •  Paraná x Santos
    Paraná x Santos Guilherme Artigas / Fotoarena
  •  Paraná x Santos
    Paraná x Santos Geraldo Bubniak /AGB
  •  Paraná x Santos
    Paraná x Santos Gabriel Machado/PhotoPress
  •  Paraná x Santos
    Paraná x Santos Geraldo Bubniak /AGB
  •  Paraná x Santos
    Paraná x Santos Guilherme Artigas / Fotoarena
  •  Paraná x Santos
    Paraná x Santos Geraldo Bubniak /AGB
LANCE! - 09/09/2018 - 22:02
São Paulo (SP)
Liderado por Gabigol, o Santos venceu o Paraná por 2 a 0 na noite deste domingo, na Vila Capanema. O atacante marcou duas vezes e se isolou na artilharia da competição, com 12 gols. Também é o maior goleador da equipe na temporada, balançando as redes 21 vezes. Com o triunfo, o Alvinegro sobe para a oitava colocação e fica apenas a sete pontos do G6 do Brasileirão, mas o camisa 10 do Peixe prefere deixar a empolgação e euforia para a torcida.

- Uma vitória muito importante, viemos com vontade de vencer. Vamos com um pouco de calma (sobre encostar no bloco de cima). Temos jogos a menos, vamos pensar jogo a jogo. Vamos deixar a empolgação para a torcida - disse Gabriel.

A partida também ficou marcada pelo excesso de vontade dos jogadores dos dois times. O treinador Paraná, Claudinei Oliveira, foi expulso ainda no primeiro tempo por reclamação. Foram 33 faltas no total e sete cartões amarelos durante os 90 minutos. Após a partida, Gabigol comentou a situação e lamentou as pancadas proporcionadas pelos donos da casa. 

- O goleiro foi um pouco imprudente. Fico triste porque eles começaram a bater um pouco. Teve um lance com Derlis sem bola. Mas são coisas do futebol. A gente reclama e o árbitro é grosso, mas com quem bate ele não dá cartão - expôs o atacante, que completou:

- Eles estavam nervosos, mas é normal pela situação deles. Nós também temos que dividir as jogadas e acho isso normal, faz parte do jogo. São duas equipes que buscaram o resultado.

O Santos volta a campo contra o São Paulo no próximo domingo, às 16h, na Vila Belmiro. A equipe comandada por Cuca vem em uma boa sequência e já são seis jogos sem perder na competição. O Tricolor é o segundo colocado, com os mesmos 49 pontos que o Internacional, líder.

-Temos que ter muita calma e paciência nesse momento. Temos um jogo a menos e um clássico pela frente que vai ser muito complicado. Vamos focar apenas no próximo jogo e deixar a euforia de lado - concluiu o camisa 10 do Peixe.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance