Após ameaça de funcionário, presidente do Santos registra BO
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Após ameaça de funcionário, presidente do Santos registra BO

José Carlos Peres
Presidente do Santos registou boletim de ocorrência após se sentir ameaçado por funcionário (Foto: Ivan Storti)
Gabriela Brino - 05/07/2018 - 17:17
Santos (SP)
O presidente do Santos, José Carlos Peres, o executivo de marketing Marcelo Frazão e gestor Pedro Doria registraram boletim de ocorrência na manhã desta quinta-feira após ameaças do funcionários recém demitido Luiz Fernando Souza, conhecido como Luizinho Hotshows. 

Assim que Luiz soube que seu nome estava na lista de cortes do Peixe, criou um grupo no Whatsapp na madrugada de quarta com o trio e o vice Orlando Rollo, em sequência enviou um áudio de 13 minutos e 34 segundos. A gravação vazou e foi motivo de demissão por justa causa. 

“Esqueçam o Luizinho, estou na minha. Vou ter oportunidade de falar com um por um. Não tirem o pão e o leite dos meus filhos. Se eu sair, vocês vão sair também. Papo de homem. Se eu sair, vai dar m****. Vocês não vão ficar sem ir no Santos. Vão ter que falar quem foi. Posso ser preso, mas uma hora vou sair. Vocês estão me traindo", enviou o funcionário no grupo. 

A reportagem procurou Peres, que explicou o motivo do BO e como o Comitê de Gestão reagiu diante das ameças.

- Fizemos o boletim de ocorrência depois de um funcionário enviar um áudio com ameaças. Procedemos de acordo com orientação do departamento jurídico pela demissão por justa causa. Hoje, pela manhã, fizemos o boletim contando esse caso - disse.

- Fiz no meu nome, com Frazão no nome dele. E o Pedro Doria (do Comitê de Gestão) fará parte desse mesmo inquérito. Esse caso foi atípico, foi por justa causa e deu razão ao Santos. Foi uma falta grave, intolerável. Não tem defesa para esse áudio, não tinha o que fazer - concluiu.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance