Vetado por empréstimo do Palmeiras, Artur se destaca em 2019 pelo Bahia
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Vetado por empréstimo do Palmeiras, Artur se destaca em 2019 pelo Bahia

Artur - Bahia
Artur durante o triunfo do Bahia sobre o Flamengo, na rodada passada (Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia)
Thiago Ferri - 10/08/2019 - 08:00
São Paulo (SP)
Felipe Pires e Carlos Eduardo, pontas contratados pelo Palmeiras em 2019, não engrenaram, e o primeiro já teve até o empréstimo repassado ao Fortaleza. Enquanto isso, Artur, cria da base alviverde, vive grande temporada no Bahia, adversário deste domingo. Por ser vinculado ao Verdão, o garoto não poderá jogar pelo Tricolor de Aço, às 16h, no Allianz Parque.

Juninho e Guerra, que se recupera de lesão, também estão fora do jogo graças a cláusula contratual do empréstimo. Mas Artur é o principal nome do trio para o Bahia: em 37 partidas ao longo de 2019, fez seis gols e deu nove assistências - ele é o principal garçom tricolor na temporada.

No Brasileiro, jogou 12 das 13 rodadas e é destaque nas estatísticas: quem mais cria jogadas para finalização (28, líder da competição), é quem mais sofreu faltas no Bahia (16), quem mais finaliza na equipe (22) e o vice-artilheiro do time com três gols, além de ter dado uma assistência.



O Verdão decidiu emprestar Artur, de 21 anos de idade, pela segunda vez - em 2017, ele foi para o Londrina e foi um dos destaques da equipe na Série B, quando deu dez assistências.

A boa campanha o fez ser reintegrado em 2018, mas a temporada no Palmeiras foi acidentada, com apenas nove partidas ao todo e duas cirurgias (uma por um entorse e outra por uma fratura no braço). Por ter jogado pouco, o atual campeão brasileiro preferiu dar mais minutos ao garoto em outra equipe, enquanto buscou no mercado jogadores para a posição.

O problema é que os dois não vingaram. Felipe Pires foi emprestado pelo Hoffenheim (ALE) até dezembro, começou o ano jogando com frequência, mas antes da pausa para a Copa América não vinha nem sendo relacionado. Foi cedido ao Fortaleza depois de 16 partidas e um gol marcado.

Carlos Eduardo segue no elenco, tem 15 jogos e também balançou as redes apenas uma vez, contra o São Paulo. Ele foi comprado pelo Palmeiras do Pyramids FC, do Egito, por R$ 23 milhões e convive com intensas críticas da torcida. Neste momento, recupera-se de caxumba, doença contraída na semana passada. Angulo, colombiano que estava no sub-20, foi contratado e promovido, entretanto não tem sido nem relacionado.

O futuro de Artur ainda não foi anunciado pelo Palmeiras, mas ele tem contrato com o Verdão até 2021.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance