Teste para o resto ano? Verdão busca opções sem trio titular do 1º semestre
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Teste para o resto ano? Verdão busca opções sem trio titular do 1º semestre

Roger Machado e Roberto Ribas
Roger Machado está quebrando a cabeça durante a intertemporada do Palmeiras (Foto: Cesar Greco)
Thiago Ferri - 08/07/2018 - 08:00
São Paulo (SP)
O Palmeiras faz neste domingo, às 14h (de Brasília), seu último amistoso na intertemporada da América Central, quando enfrentará a Liga Alajuelense, na Costa Rica. Assim como tem sido durante toda a viagem, Roger Machado não terá o trio de ataque titular do primeiro semestre. É, portanto, outra chance de encontrar soluções pensando no restante do ano.

Borja, recuperando-se de uma artroscopia no joelho direito, e Keno, vendido, não viajaram com o grupo para o período de treinos fora do Brasil. Dudu, suspenso no próximo jogo do Brasileiro, já foi reserva por isso contra o Independiente Medellín (COL). Nesta tarde, há a possibilidade de que ele não fique nem no banco, pois conversa com o Shandong Luneng, da China.

Existe o risco, então, de dois dos três atacantes no time ideal do primeiro semestre serem negociados, e o colombiano só deve estar à disposição durante o mês de agosto. Roger enquanto isso busca formas de montar o Palmeiras, cada vez com opções mais escassas na frente.

Willian, vice-artilheiro da temporada com 14 gols, era o primeiro reserva, mas sua permanência no time já era prevista com a venda de Keno. Também sem Borja, ele será o centroavante alviverde nesta tarde, provavelmente com Gustavo Scarpa aberto de um lado e Hyoran, do outro. Deyverson e Artur são os outros atacantes no elenco.

Roger tem testado, também, um novo esquema, além do 4-2-3-1, com três jogadores no meio-campo. No gol, Weverton é quem tem jogado, pois Jailson está suspenso na volta do Brasileiro, assim como Luan, Moisés e o próprio Dudu. O camisa 10 deve ser reserva de Lucas Lima no amistoso, justamente porque o técnico pensa no clássico contra o Santos, dia 19 de julho, sem o quarteto suspenso.

O único "reforço" do time que começa jogando é Scarpa, que ficou durante quase quatro meses em uma batalha jurídica com o Fluminense. Novamente liberado pela Justiça, o camisa 14 precisa recuperar sua condição técnica até o clássico, pois será provavelmente titular. O mudado Palmeiras dos dois últimos amistosos na América Central pode se aproximar da cara do time para o segundo semestre.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance