Pela segunda vez, Tchê Tchê é líder de jogos do Verdão no Brasileiro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Pela segunda vez, Tchê Tchê é líder de jogos do Verdão no Brasileiro

  •  Tchê Tchê e Jailson durante treino
    Tchê Tchê e Jailson durante treino Cesar Greco/Palmeiras
  •  Tchê Tchê durante treino
    Tchê Tchê durante treino Cesar Greco/Palmeiras
  •  Tchê Tchê durante jogo do Brasileirão
    Tchê Tchê durante jogo do Brasileirão Cesar Greco/Palmeiras
  •  Moisés e Tchê Tchê na derrota no Dérbi
    Moisés e Tchê Tchê na derrota no Dérbi Cesar Greco/Palmeiras
  •  Tchê Tchê - Palmeiras
    Tchê Tchê com o filho em entrevista coletiva na Academia Cesar Greco/Palmeiras
  •  Thiago Santos e Tchê Tchê
    Thiago Santos e Tchê Tchê Cesar Greco/Palmeiras
LANCE! - 03/12/2017 - 09:00
São Paulo (SP)
Pelo segundo ano consecutivo, Tchê Tchê será o jogador do Palmeiras que mais jogou no Campeonato Brasileiro. Ele já participou de 33 jogos da edição deste ano e deverá ser titular na última rodada, contra o Atlético-PR, às 17h deste domingo, na Arena da Baixada. Serão, então, 34 jogos em 38 possíveis. Fernando Prass, o vice-líder deste ranking, participou de 32 partidas.

No ano passado, os números foram ainda mais impressionantes: Tchê Tchê participou de 37 das 38 rodadas, sempre como titular. Ele só ficou fora de um jogo contra o Botafogo, fora de casa, por acúmulo de cartões amarelos.

Em 2017, Tchê Tchê cumpriu suspensão em duas partidas (contra Grêmio e Sport, no primeiro turno) e não saiu do banco em outras duas (contra Avaí e Botafogo, também no primeiro turno). Dos 33 jogos que fez até o momento, ele começou como titular em 32 e entrou no decorrer de um (contra o Bahia, no primeiro turno, após se recuperar de uma virose).

- Em 2016, pude chegar em um grande clube, me firmar e conquistar um título importante. Nesta temporada, apesar de não termos conseguido os títulos, não faltou vontade e entrega em campo. O Brasileiro é muito difícil e vamos terminar entre os primeiros mais uma vez, mostrando novamente regularidade. Eu sempre procurei dar o meu melhor, atuei em diversas posições quando fui solicitado, fiz o máximo para ajudar e estar à disposição do treinador. Tenho muito orgulho de vestir essa camisa e, graças a Deus, pude representar o clube na maioria dos jogos - disse o camisa 8.

A temporada ainda reservou um jogo para o meio-campista como capitão, diante da Chapecoense, com Cuca no comando. Ele soma 92 jogos pelo clube, com cinco gols e cinco assistências pelo Verdão. Nos números gerais da tempora, só jogou menos que Prass (59 a 54).

- Espero seguir evoluindo, aprendendo e me entregando em campo. Temos sempre que procurar evoluir e nunca acomodar. Fico feliz pelo 2017, meu primeiro ano do início ao fim do Palmeiras. Mas ao mesmo tempo já projeto um 2018 melhor, trabalhando muito para estarmos mais fortes e voltarmos a conquistar títulos - finalizou Tchê Tchê.

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance