Lucas Lima acirra briga com Scarpa no Verdão e não se vê como volante
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Lucas Lima acirra briga com Scarpa no Verdão e não se vê como volante

Lucas Lima
Lucas Lima durante treino do Palmeiras na Academia de Futebol (Foto: Cesar Greco)
Thiago Ferri - 04/10/2019 - 08:00
São Paulo (SP)
Depois de quase dois meses sem disputar uma partida no Palmeiras, Lucas Lima voltou a se sentir útil sob o comando de Mano Menezes. Um dos jogadores que o técnico tem tido mais cuidado para recuperar, o meia acirrou a briga por uma vaga na equipe titular com Gustavo Scarpa para o jogo de domingo, contra o Atlético-MG.

No treino de quinta, Mano escalou a equipe com 13 jogadores, incluindo os dois armadores. Enquanto Scarpa, titular em todas as seis partidas do atual comandante, é um meia que finaliza mais - e já tem 11 gols no ano -, Lucas gosta de articular com toques rápidos e movimentação.

Quando questionado sobre o camisa 20, o técnico palmeirense diz querer fazê-lo jogar como na época de Santos, onde teve seus melhores momentos no Brasil. Tanto que Lucas Lima entrou em todos os cinco jogos que esteve à disposição - só ficou fora contra o Fluminense por suspensão.



Contra CSA e Inter, os duelos mais recentes, teve desempenho elogiado, participando inclusive de gols - no Beira-Rio, deu o passe para Bruno Henrique no lance anulado já no fim da partida. Na estreia de Mano, diante do Goiás, entrou com a equipe perdendo e atuou como segundo volante.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui


A capacidade de criação de trás fez com que Mano Menezes cogitasse trabalhar com o meia mais recuado, mas sabia que o time precisaria ter mais consistência para jogar com a bola na maior parte do tempo, já que Lucas não é um exímio marcador. Por este fato, o jogador não acredita que será usado frequentemente na nova posição.

- Eu já joguei alguns jogos assim, mas quando o time estava perdendo e eu recuei um pouco. Vai ser um pouco difícil me usar nesta função, a menos que precise em um jogo perdendo, como contra o Goiás. Teria de crescer mais na marcação, a posição exige isso. Teria de implementar mais isso no meu jogo - pontuou.

Após esta primeira ideia, Mano de fato tem trabalhado com o atleta apenas na meia, dando liberdade para que ele percorra o campo. Dono de 63 partidas e sete gols em 2018, Lucas Lima já atuou 32 vezes nesta temporada e ainda busca seu primeiro gol.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance