Gómez e quem? Abel tem três opções para montar a defesa do Palmeiras na Recopa
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Gómez e quem? Abel tem três opções para montar a defesa do Palmeiras na Recopa

Palmeiras x São Bento - Gómez
Gómez é o único titular absoluto na zaga do Palmeiras (Foto: César Greco/Palmeiras)
LANCE!/NOSSO PALESTRA - 04/04/2021 - 07:30
São Paulo (SP)
Depois de uma temporada recheada de vitórias e conquistas, o Palmeiras volta a viver dias decisivos. Na próxima quarta-feira (7), na Argentina, enfrenta o Defensa y Justicia, pelo jogo de ida na Recopa Sul-americana. Com Gómez incontestável, Abel Ferreira tem opções para ocupar a segunda vaga na zaga do Verdão. Luan foi titular na maior parte do tempo com o português, mas Empereur atuou bem quando solicitado e Renan têm jogado com segurança nas chances que teve.


Abel poderá escolher entre perfis distintos. Luan carrega a experiência de ser dupla de Gómez desde 2018, quando conquistou ao lado do paraguaio o título brasileiro. Ele tem a pressão da torcida que critica sua postura e suas atuações em jogos de maior relevância. As falhas contra Boca Juniors, na semifinal da Libertadores de 2018, no Mundial de Clubes e a agressão a Diego Souza na final da Copa do Brasil pesam contra o zagueiro. Internamente, o clube, inclusive, teme pelo futuro dele diante dessa marcação de parte da torcida. Na última temporada, Gómez e Luan estiveram juntos em 28 compromissos.


Alan Empereur chegou ao Palmeiras emprestado pelo Hellas Verona, da segunda divisão italiana e sem grandes credenciais. Contestado por seu currículo, respondeu em campo, mas o começo claudicante preocupou. Depois de ser acionado minutos antes do jogo contra o River Plate, na Argentina, e de atuar com muita segurança, mudou de patamar e conquistou a confiança externa e interna. Não à toa, esteve em 19 jogos com Abel e foi titular com Gómez na final da Copa do Brasil e nos compromissos diante dos argentinos, na semifinal da última Libertadores.

E MAIS:
Empereur, no entanto, tem contrato vigente apenas até o meio deste ano. Para mantê-lo, o Palmeiras tem dois caminhos. Há uma cláusula em seu contrato de empréstimo que prevê a compra obrigatória caso o jogador atinja 60% de frequência em jogos.

Até o momento, Alan tem 50%, com 19 presenças em 38 jogos disputados pelo Verdão desde a estreia dele, contra o Ceará, pelas quartas de final da Copa do Brasil no Allianz Parque. Caso não atinja esse número, o Palmeiras pode executar a opção de compra e tê-lo em definitivo. O Real Bétis, da Espanha, manifestou interesse em contar com Alan Empereur, que tem cidadania europeia e não ocuparia vaga de estrangeiro.

Por fim, correndo por fora, o jovem Renan, de 18 anos, conta com seu ótimo retrospecto em campo, inclusive titular nos únicos quatro jogos desta temporada, mas com outros parceiros. Ao lado do negociado Emerson Santos, o jovem fez em quatro jogos uma boa jornada quando o Verdão teve um surto de Covid-19 no elenco. Renan também foi parceiro de Gómez no último jogo disputado pelo Palmeiras neste ano, no Rio de Janeiro, em Volta Redonda, pelo Paulistão, diante do São Bento. Se o retrospecto recente pesar, pode pintar uma oportunidade para o canhoto.

Com várias opções, Abel poderá fazer sua escolha de quem atuará com o paraguaio na jornada que vale a terceira taça do português, como treinador, e em sua passagem já tão vitoriosa pelo Palmeiras. A partida entre Palmeiras e Defensa y Justicia está marcada para quarta-feira, 21h30 (horário de Brasília), na Argentina, e terá transmissão exclusiva da Conmebol TV.

Facebook Lance Twitter Lance