Palmeiras já fez R$ 62 milhões em vendas na janela e mostra novo perfil
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Palmeiras já fez R$ 62 milhões em vendas na janela e mostra novo perfil

Keno e Alexandre Mattos - Palmeiras
Keno pode ser negociado e aumentar para R$ 100 mi as vendas nesta janela (Foto: Fellipe Lucena)
Thiago Ferri - 14/06/2018 - 08:00
São Paulo (SP)
O Palmeiras já conseguiu 14,3 milhões de euros (R$ 62,7 milhões) nesta janela de transferências, com as vendas de João Pedro, Tchê Tchê e Fernando. A quantia deve passar dos R$ 100 milhões, caso o clube confirme a saída de Keno para o futebol árabe. Números que consolidam o Verdão como uma equipe também vendedora, que voltou a chamar a atenção no mercado.

Essa quantia de R$ 62 milhões foi obtida a partir de um garoto, com dois jogos no profissional, um lateral-direito que estava emprestado, além de um meio-campista que estava na reserva. Nos últimos dois anos, o clube ainda colocou jogadores em países de destaque na Europa, como Gabriel Jesus (Inglaterra), Mina (Espanha) e Vitor Hugo (Itália) por valores altos.

Levando em consideração o período de reestruturação do departamento de futebol, no início de 2015, com a chegada de Alexandre Mattos e Cícero Souza, o Palmeiras já fez mais de R$ 270 milhões em transferências. Deste valor, algo em torno de 70% permaneceu no clube, ou R$ 191 milhões.

Além dos citados, Cristaldo, Mendieta, Leandro e Leandro Pereira também foram vendidos no período (veja a lista completa com os valores abaixo). Desde a era Parmalat não havia um número tão grande de negócios com o exterior.

O valor já poderia ser mais elevado neste ano, pois foram recusadas ofertas por Dudu, por exemplo, de 12 milhões de euros (mais de R$ 50 milhões) da China, e Keno, de 10 milhões de dólares (R$ 37 milhões na cotação atual). Dos dois, o camisa 11 ainda deve sair, já que a proposta agora é de 10 milhões de euros (R$ 43,8 milhões) - o clube, contudo, ainda não se pronunciou sobre o atacante. Outro que pode ser negociado é Róger Guedes, emprestado ao Atlético-MG. Ele está na mira do Al Wehda, também da Arábia. 

Com um elenco já enxuto (27 atletas) e agora dinheiro em caixa, o Verdão, que é também ativo em compras, deve fazer contratações durante a pausa para a Copa do Mundo. São esperados reforços para preencher as lacunas abertas e dar a Roger Machado mais opções para o segundo semestre de decisões no Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores.

Quanto o Palmeiras recebeu pela venda de cada jogador desde 2015, já descontadas as fatias de terceiros:

Leandro Pereira (vendido ao Brugge, da Bélgica): R$ 8,5 milhões
Vítor Hugo (vendido à Fiorentina, da Itália): R$ 16,6 milhões
Rodrigo Farofa (sub-17 vendido ao Real Madrid): R$ 1 milhão
Cristaldo (vendido ao Cruz Azul, do México): R$ 5,5 milhões
Mendieta (vendido ao Olimpia, do Paraguai): R$ 2,6 milhões
Leandro (vendido ao Kashima Antlers, do Japão): R$ 3,9 milhões
Gabriel Jesus (vendido ao Manchester City, da Inglaterra): R$ 62,8 milhões
Mina (vendido ao Barcelona, da Espanha): R$ 38,9 milhões
Tchê Tchê (vendido ao Dínamo de Kiev, da Ucrânia): R$ 20,5 milhões
João Pedro (vendido ao Porto, de Portugal): R$ 9,2 milhões
Fernando (vendido ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia): R$ 21,6 milhões

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance