Dudu volta à mira de chineses e faz trabalho físico em treino do Verdão
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Dudu volta à mira de chineses e faz trabalho físico em treino do Verdão

Dudu
Dudu participa de treino do Palmeiras, no Panamá (Foto: Cesar Greco)
Thiago Ferri - 07/07/2018 - 16:36
 São Paulo (SP)
O Palmeiras recusou na sexta mais uma proposta da China por Dudu, agora do Shandong Luneng. Depois de já negociar Keno, o Verdão não quer perder outro titular, que no treino deste sábado, na Costa Rica, não foi a campo para realizar atividades físicas com o departamento de fisiologia. As informações são do Globo Esporte.

A oferta do Shandong foi de 10 milhões de euros (cerca de R$ 45 milhões) e pessoas próximas veem o atacante balançado com a nova procura. Em janeiro, o Palmeiras já disse "não" a uma quantia maior: 13 milhões de euros (na época R$ 51 milhões), do também chinês Changchun Yatai. Dois meses depois, o atacante recebeu um aumento e renovou até 2022.

Os direitos econômicos de Dudu são todos do Verdão - metade foi adquirida com aporte da Crefisa, de cerca de R$ 10 milhões. Em caso de uma venda, esta quantia deverá ser devolvida à patrocinadora - o lucro ficaria com o clube.

Os times chineses costumam oferecer salários bem altos (em janeiro, por exemplo, a proposta era de R$ 1,5 milhão por mês para ele), mas até agora Dudu foi convencido a permanecer. Pouco antes de renovar, o camisa 7 trocou de empresário, hoje André Cury, agente com bom trânsito na Europa e de ótima relação com o diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos.

Já saíram nesta janela de transferências: Daniel Fuzato (que iria embora gratuitamente em dezembro), João Pedro, Tchê Tchê, Fernando e Keno. Com os cinco, o clube arrecadou mais de R$ 90 milhões e agora conta com um elenco reduzido, de 28 atletas. Nicolás Freire foi contratado para a zaga, enquanto Vitinho e Gustavo Scarpa foram reintegrados.

Maurício Galiotte já avisou que não serão feitas loucuras para adquirir mais jogadores, e a intenção agora é manter os jogadores que estão à disposição de Roger Machado.

Último trabalho antes de amistoso
Enquanto Dudu ficou no hotel trabalhando com o fisiologista Thiago Santi, Roger treinou o time sem a presença de jornalistas para o amistoso deste domingo, contra a Liga Alajuelense, às 14h (de Brasília). O técnico deve escalar o Verdão pensando na primeira partida após a pausa para a Copa do Mundo, contra o Santos, dia 19 de julho. Jailson, Luan, Moisés e o próprio Dudu estão suspensos para o clássico.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance