Dudu admite que trocaria resort por Seleção: 'Perderia esse dinheiro feliz'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Dudu admite que trocaria resort por Seleção: 'Perderia esse dinheiro feliz'

Dudu
Atacante mantém seu foco no Palmeiras para não se abalar com ausência na Seleção Brasileira (Agência Palmeiras)
William Correia - 07/06/2019 - 13:17
São Paulo (SP)
O corte de Neymar reacendeu a expectativa de Dudu ter uma chance na Seleção Brasileira, mas Tite preferiu levar Willian, reserva no inglês Chelsea, para a Copa América. Assim, o atacante do Palmeiras, eleito o melhor jogador do Campeonato Brasileiro do ano passado, mantém a sua programação de ir para um resort no Nordeste, como revelou em entrevista exclusiva ao LANCE!. Mesmo disposto a abrir mão da viagem para defender o seu país.

- Trocaria na hora, né? Armei, porque temos de nos programar antes. Se tiver que perder esse dinheiro, perco. Se não devolverem nada, é o primeiro dinheiro que vou perder feliz - disse Dudu, em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira, pouco antes de a CBF anunciar a convocação de Willian.



E MAIS:
Dudu falou por quase 20 minutos com os jornalistas, logo depois do treino da manhã, totalmente fechado à imprensa na Academia de Futebol. Respondeu mais sobre Seleção do que qualquer outro assunto relacionado ao atual líder do Campeonato Brasileiro e foi sincero, admitindo até tristeza por não ser lembrado por Tite, mas ressaltando sempre seu foco no clube.

- O sonho de todo jogador é ir para a Seleção, disputar Copa América, Copa do Mundo, defender seu país, ainda mais sendo no Brasil. Mas estou bastante tranquilo. O meu foco é o Palmeiras. Desde 2015, tenho feito grandes temporadas aqui, sempre sendo um dos principais jogadores do clube. Não tenho de falar nada. É continuar trabalhando e mostrando dentro de campo que mereço. Com certeza, uma hora vai aparecer a oportunidade - apostou.

O camisa 7 manteve sua fisionomia e riso ao longo de toda a entrevista coletiva. Não mostrou qualquer abatimento. E garante que leva isso ao longo do dia a dia para continuar rendendo no Palmeiras, no qual segue sendo um dos principais nomes. Tanto que diz estar mais focado na partida deste sábado, contra o Athletico-PR, no Allianz Parque, pelo Brasileiro, do que na Seleção.

- Não me deixo levar nem isso subir para a minha cabeça, senão acaba atrapalhando aqui no Palmeiras. Tenho de estar focado. O importante é o Palmeiras, meu treinamento. Estou mais preocupado com o jogo de amanhã. Se for convocado, fico feliz. Se não for, vou ficar feliz e continuar trabalhando. O treinador da Seleção tem as escolhas dele e respeito - comentou.

- Vai da escolha do treinador, do que pensa para a Seleção e para o grupo dele.  Vai mais da vontade do treinador, do estilo que precisa hoje para a Seleção. A concorrência é muito grande, tem grandes jogadores fora e dentro do Brasil. Fico triste, porque sei que venho fazendo grandes temporadas em um grande clube, todos sabem e veem isso. Mas tenho de estar bem tranquilo e focado no Palmeiras. Isso que é importante.


Facebook Lance Twitter Lance