Conmebol diminui pena do Palmeiras para um jogo sem torcida visitante
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Conmebol diminui pena do Palmeiras para um jogo sem torcida visitante

Palmeiras na Conmebol
Alexandre Zanotta, diretor jurídico, Jesse Ribeiro, vice, Maurício Galiotte e o advogado André Sica (Foto: Divulgação)
Thiago Ferri - 03/07/2017 - 14:25
São Paulo (SP)
A Conmebol diminuiu a pena do Palmeiras de três para apenas um jogo sem torcida visitante na Libertadores. O Verdão vai pagar a punição nesta quarta-feira, contra o Barcelona, em Guaiaquil, mas caso avance no torneio estará liberado para ter torcedores em partidas fora de casa.

O clube havia sido punido por conta dos problemas no jogo contra o Peñarol (URU), em Montevidéu. A defesa palmeirense repetiu que o clube foi vítima da falta de segurança oferecida pelo clube uruguaio, tanto na briga no campo quanto na tentativa de invasão de torcedores do Peñarol na área de visitantes do estádio Campeón del Siglo.

- A nossa expectativa era que fosse feita justiça. O Palmeiras não poderia ser prejudicado em uma situação em que nós fomos vítimas. Desde o término da partida no Uruguai nós trabalhamos incansavelmente para produzir o material de defesa e reduzir a pena. Finalmente conseguimos atingir o nosso objetivo - disse o presidente do clube, Maurício Galiotte. 

Na semana passada houve uma audiência em que o Verdão recorreu da decisão e nesta segunda saiu a resposta. O Palmeiras agora espera uma reposta da Conmebol sobre a multa de 80 mil dólares (R$ 264 mil). A entidade não disse se irá manter ou diminuir o valor.

Esta é a segunda vitória do clube no tribunal, já que em junho a pena de Felipe Melo também havia sido diminuída. Depois de ser suspenso por seis partidas, o camisa 30 viu a pena cair para três jogos - caso esteja recuperado da lesão que sofreu na coxa e a cirurgia que passou na mão, o meio-campista poderá jogar a partida de volta contra o Barcelona (EQU).

Caso se classifique, o Palmeiras vai enfrentar Atlético-PR ou Santos nas quartas. Se o adversário for o Furacão, os palmeirenses terão carga de ingresso na Arena da Baixada. Se o rival for o Peixe, de qualquer forma a torcida alviverde não poderá ir à Vila Belmiro, mas porque os clássicos em São Paulo são com torcida única por imposição do Ministério Público.

icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance