Após reunião, Palmeiras negocia para Mina ir ao Barcelona em janeiro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Após reunião, Palmeiras negocia para Mina ir ao Barcelona em janeiro

  •  Mina fez trabalho leve com bola no campo
    Mina está próximo do Barcelona Foto: Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação
  •  Mina
    Mina (Foto: Divulgação/Palmeiras)
  •  Mina
    Mina (Foto: Jales Valquer/Fotoarena/Lancepress!)
  •  Mina no treino do Palmeiras em Salvador
    Mina Cesar Greco
  •  Mina - Palmeiras
    Mina Cesar Greco
  •  Mina não participou do trabalho no campo (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
    Mina   (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
  •  Mina
    Mina Cesar Greco/Palmeiras
Thiago Ferri - 05/01/2018 - 13:01
São Paulo (SP)
O Palmeiras abriu negociação para vender Mina ao Barcelona (ESP) nos próximos dias. O zagueiro reapresentou-se na Academia de Futebol nesta sexta-feira e comunicou à direção do Verdão o desejo de transferir-se para o clube espanhol imediatamente. O Verdão, que não queria perder o atleta agora, fez uma pedida ao clube espanhol, acima dos 9 milhões de euros (R$ 35,1 milhões) previstos para receber depois da Copa do Mundo e aguarda a resposta. Caso o Barça não chegue ao valor, o zagueiro só sairá em julho.

- No dia 26 de dezembro o Barcelona procurou o Palmeiras, a mim, dizendo que tinha interesse no Mina por alguns fatores deles. O Palmeiras tem um contrato com o Barcelona assinado, e esta foi a condição para o Mina vir, em que dizia que em julho o Barcelona paga 9 milhões de euros para levá-lo. Era para sair ano passado, prorrogamos mais um ano. O Barcelona nos procurou, disse que precisa do Mina agora, o Palmeiras disse que não tem interesse, eles ofertaram 1 milhão de euros a mais, foram aumentando, e o Palmeiras disse que não era o dinheiro, era questão técnica - explicou Alexandre Mattos.

- Pedimos para esperar a volta do Mina para tomar uma decisão mais profunda, falei com o Mina no dia 30 de dezembro, ele estava curtindo a família. Nos encontramos hoje, falamos muito e ele tem um sonho forte de ir para a Europa. O Palmeiras já tem um valor na cabeça. Já passamos a bola para lá. Se o Barcelona chegar (no valor), o Mina vai. Se não, treina normalmente até o meio do ano. Mina e Barcelona já sabem disto - acrescentou.

O contrato de Mina só vence em maio de 2021, mas havia a cláusula para que o Barcelona o comprasse após o Mundial. Diante dos problemas na posição, o time catalão antecipou a chegada do jogador. O Palmeiras não queria liberar o colombiano imediatamente, mas pesou o desejo do camisa 26 e de seu estafe.

A vinda do então zagueiro do Santa Fe (COL) para o Brasil já tinha sido possível justamente por causa da cláusula de preferência ao clube espanhol. Ele estava indo para a Alemanha, mas mudou de ideia depois que um dirigente do Barça telefonou, a pedido de Alexandre Mattos, para explicar que o Verdão poderia ser um trampolim para a Espanha.


Do valor de toda a transação, pouco mais de R$ 12 milhões vão para o ex-presidente Paulo Nobre, quem pagou para contratar Mina em 2016. O lucro é do clube, dono de 80% dos direitos econômicos - os outros 20% são do Santa Fe, que receberá uma fatia equivalente do negócio.

O Palmeiras tem outros sete zagueiros no elenco. Thiago Martins, que poderia ser emprestado caso Mina ficasse, agora deve fazer parte do elenco de Roger. Os outros atletas da posição são Edu Dracena, Luan, Juninho, Antônio Carlos, Emerson Santos e Pedrão. Ainda não está descartada a contratação de outro jogador para a posição.


E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance