Antônio Carlos traça meta: fazer do Verdão a melhor defesa do Brasileiro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Antônio Carlos traça meta: fazer do Verdão a melhor defesa do Brasileiro

Antônio Carlos
Antônio Carlos comemora por ver o Palmeiras entre as melhores defesas do Campeonato Brasileiro (Thiago Ferri)
Thiago Ferri e William Correia - 10/10/2018 - 15:14
São Paulo (SP)
Líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras acredita que o caminho para conseguir o título é terminar o torneio como a melhor defesa. Essa é a meta indicada por Antônio Carlos, escolhido para dar entrevista coletiva nesta quarta-feira, na Academia de Futebol. Em 28 rodadas, o Verdão sofreu 18 gols, sendo o segundo menos vazado, atrás apenas dos 16 do Grêmio, adversário das 16h deste domingo, no Pacaembu.

- É o desejo de toda a equipe. Nos últimos anos, a defesa menos vazada tem sido a campeã. É muito bom, até para nosso trabalho. O professor Felipão vem pedindo para não tomar gol, porque ao menos um fazemos, e 1 a 0 é vitória, como 5 a 2, 5 a 3. Mas, claro, a gente sabe que o Grêmio tem um time bom. Como falamos, pensamos em terminar o ano muito bem, em alta, e isso é importante para nós, da linha defensiva - disse o camisa 25, animado com a evolução da equipe, que não perde na competição há 13 partidas.

- O trabalho é feito desde o começo do ano, e é claro que agora com o professor Felipão, que é um paizão. Estamos em um processo de evolução e, até o último jogo do ano, vamos evoluir. É importante para a equipe estar bem, para ser campeã. A evolução precisa continuar até o fim. Isso que é importante, continuar focados, com o pensamento no mesmo objetivo, e sei que virão coisas boas. Estamos plantando, focados em um único objetivo.

O Palmeiras tem três pontos de vantagem em relação ao Inter, segundo colocado. A condição aumenta os holofotes para o Verdão, como o próprio Antônio Carlos admitiu, mas a meta é pensar jogo a jogo, até porque o próximo compromisso é diante do quinto colocado.

- Sabemos que vai ser uma partida muito difícil. Todo mundo já sabe que hoje, no campeonato que estamos vivendo, o time a ser batido é o nosso. Vamos manter o foco e a concentração. Temos um grande adversário pela frente, que é o Grêmio. Durante a semana, vamos ver o que o professor Felipão vai falar para estar preparado e fazer uma ótima partida no domingo.


E MAIS:
Confira outros temas abordados por Antônio Carlos nesta quarta-feira:

Título do Corinthians na Copa do Brasil aumentaria a pressão?
Por parte dos torcedores aumenta a pressão, sim, mas aqui fazemos nosso trabalho. Não pensamos no Corinthians, no Cruzeiro, temos de pensar no Brasileiro e Libertadores. Agora no domingo é o Grêmio. Estamos focados nas nossas chances e o externo temos de deixar e atender o que o professor Felipão tem a nos dizer para estar focado nestas duas competições.

Titularidade
Eu me sinto titular como todos os outros, nosso elenco é muito bom, muito bom. Esta relação de Libertadores estar jogando um time, no Brasileiro outro, isto é muito bom para a gente, vai aumentando e vai nos fazer evoluir. Acho que a nossa defesa evoluiu muito, meio-campo e ataque. Temos três excelentes goleiros, também. É muito bom para o elenco, ninguém fica largado, todos dão o máximo no treino para quando a oportunidade chegar.

Desfalques do Grêmio
A gente sabe que assim, como nós, eles têm também baixas no elenco, o Everton machucou, mas vai ser muito difícil, não tem favorito, assim como estamos na semifinal da Libertadores, eles também estão, mudaram em alguns jogos o time e ganharam. Como eu falei, vai ser muito difícil, mas vamos estar focados, ver o que o Felipão vai dizer durante a semana.

Desfalques do Palmeiras
A gente fica triste por um companheiro se machucar, mas como eu falei acho que o grupo inteiro está preparado, quem entrar em campo vai fazer o melhor pelo Palmeiras. Olhamos para o rosto de cada um e a gente confia, seja o Felipe, o Thiago, o Luan, qualquer um que entrar vamos confiar que estará preparado para fazer uma ótima partida.

Único titular na defesa o ano inteiro
Maturidade é uma palavra correta, evoluí bastante desde o ano passado, mas dou muito mais importância a meus companheiros que ajudaram bastante. Dudu, Moisés me ajudam bastante desde o ano passado, o Edu, um cara sensacional e multi-campeão. Não só o Felipão, mas os técnicos que vieram antes, e esta evolução foi muito grande, não vou dizer que não estou surpreso, estou, sim, mas é ficar concentrado para dar meu máximo pela nossa equipe, pelo Palmeiras, para que no fim do ano tudo que aconteceu seja recompensado.

O que fez para evoluir?
Conversa, treinamentos, o Dudu, o Moisés, Felipe Melo, os mais 'cascudos' conversam com a gente que é novo. Apesar da barba, sou novo (risos). Tenho muito a aprender, ainda mais com o Edu, que é multi-campeão, da minha função, ajuda a todos. Isto é importante, conhecer seu companheiro. Com a moral adquirida pelos meus companheiros, da confiança que cada um passa, esta é nossa evolução e foi importante para todos.

Facebook Lance Twitter Lance