Formiga cita evolução desde revés para Benavidez e projeta revanche
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

LUTAS

Formiga cita evolução desde revés para Benavidez e projeta revanche

Jussier Formiga (Foto: Getty Images)
Jussier Formiga quer vencer e disputar o título dos moscas contra Henry Cejudo (Foto: Getty Images/UFC)
TATAME - 12/06/2019 - 09:00
Rio de Janeiro (RJ)
Por Yago Rédua

Embalado com quatro vitórias seguidas no Ultimate, Jussier Formiga, primeiro colocado no ranking dos moscas, tem pela frente Joseph Benavidez, que aparece na segunda posição, no card do UFC Minneapolis. Ou seja, o confronto é uma espécie de semifinal para saber quem será o próximo desafiante do campeão Henry Cejudo – agora também rei do peso galo -, e os palpites nas casas de apostas online estão a todo vapor.

Em conversa com a TATAME, Formiga fez uma análise do duelo que vai acontecer no próximo dia 29. Os dois se enfrentaram pela primeira vez em 2013, no UFC Fight Night 28, e Benavidez levou a melhor por nocaute técnico. O brasileiro afirmou que se tornou um lutador mais completo nesse período de seis anos e está pronto para mostrar.

- Lutamos há seis anos e nem se compara. Seis anos são seis anos. Mudei muita coisa, tanto mental, quanto fisicamente. Eu tenho evoluído bastante. Acho que depois que eu vim para a American Top Team, vão fazer dois anos que estou aqui, o meu jogo tem melhorado muito, em todas as áreas. Hoje eu me vejo um atleta muito mais completo, vamos para essa revanche e mais uma vitória, se Deus quiser - destacou o representante da ATT.

Formiga ainda comentou com a TATAME sobre a importância dessa revanche e revelou que pediu para o combate valer o cinturão interino, tendo em vista que Cejudo vai disputar o cinturão peso-galo neste sábado (8) com o brasileiro Marlon Moraes. Além disso, analisou o bom momento na carreira e afirmou que não entende o quesito de decisão do UFC, mas que acredita que sua próxima luta – em caso de vitória – seja valendo o título da divisão.

Confira abaixo a entrevista na íntegra com Jussier Formiga:

-Chance de fazer a revanche com Benavidez


Eu já vinha cogitando essa revanche com ele desde que eu o enfrentei há seis anos. Pedimos sim pelo cinturão interino, mas o UFC não quis fazer. O importante é que vamos lutar novamente e quem vencer vai receber o title shot. Dependendo da luta do (Henry) Cejudo agora com o Marlon, o campeão dessa luta enfrenta o Cejudo. Estou super animado com essa revanche para mostrar pra ele (Benavidez) e para o público que o eu sou um Formiga bem diferente do que há seis anos. Com certeza cresci bastante nesse tempo.

-Análise do bom momento vivido dentro do UFC

Hoje o momento é muito bom pra mim, com certeza. Olhando o meu retrospecto, até no próprio UFC, eu nunca tive quatro vitórias consecutivas. Acho que a minha maior sequência tinha sido de três vitórias. São quatro boas apresentações. Finalizei o Sassaki no Japão, depois o Ben na Austrália, depois ganhei do Sergio Pettis que era um cara que estava bem cotado para ganhar o title shot, inclusive já perdeu para o Cejudo. Agora vou lutar com o número 2 da divisão, um cara que já lutou duas vezes com o Demetrious Johnson e sempre esteve no topo da divisão. Essa luta é um tira teima que vai provar muita coisa.

-Confiança da próxima luta ser pelo cinturão

Acho que depois dessa luta, com certeza (receber o title shot)… Eu acho que já venho desafiando o Cejudo desde a luta com o Sergio Pettis. Eles (UFC) falaram que eu tinha que fazer mais uma luta, me deram essa luta com o Deiveson, que é um compatriota. Nunca é bom lutar contra um brasileiro. É um atleta que vinha invicto, estava com quatro vitórias e nenhuma derrota no UFC e eu venci. No fim dessa luta, ali no cage mesmo, pedi ao Dana White (presidente do UFC) para lutar pelo cinturão, ele disse que tinha sido uma grande luta e ia ver o que iria fazer. Mas, eu não sei qual é o quesito do UFC. Eles acabaram falando que eu teria que enfrentar o Benavidez. Então, eu sou empregado e vamos nessa. É o número 1 (da divisão peso-mosca) contra o número 2. Isso me anima, porque é um cara que eu já peguei no passado e posso mostrar o quanto eu evolui.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance