Lateral Régis foi o último: relembre atletas que já foram presos
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



18/03/2019 | 08:53

Lateral Régis foi o último: relembre atletas que já foram presos

  •  Regis - São Bento
    Na última quarta-feira, o lateral-direito Régis, hoje no São Bento, foi detido por embriaguez ao volante, posse de drogas e resistência à prisão. Ele ficou detido por algumas horas, sendo liberado ainda na quarta. Foi a terceira prisão de Régis em menos de um ano (nas outras, ele foi acusado de tentar invadir um apartamento no Distrito Federal e invadir um motel em Maceió). Com gancho na nova prisão de Régis, recorde outros atletas que já foram presos. (Foto: Jesus Vicente/São Bento)
  •  Jobson - Botafogo
    No ano de 2016, o atacante Jobson foi preso suspeito de estuprar quatro menores, no interior do Pará. Em 2017 ele recebeu liberdade condicional, mas desrespeitou o limite da tornozeleira e foi preso novamente. Ele deixou a cadeia em abril de 2018. Em troca, o juiz do caso determinou que Jobson cumprisse medidas cautelares como permanecer em casa por determinados horários e não frequentasse bares. (Foto: Paulo Sergio/Lancepress!)
  •  O goleiro Bruno ainda estava preso
    O goleiro Bruno foi preso em 2010, logo após ser condenado no caso da morte de Eliza Samúdio. Ele é acusado de ser o mandante do crime. O goleiro deixou a prisão em fevereiro de 2017, mas voltou para a cadeia em abril do mesmo ano, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). (Foto: Reprodução de internet)
  •  pia corinthians
    Piá, ex-Corinthians, já foi detido três vezes (duas só em 2015) por tentativa de furto. (Foto: Eduardo Viana/Lancepress!)
  •  Marcelinho Paraíba - Seleção
    Marcelinho Paraíba foi preso em 2011, após ser acusado de tentar estuprar uma mulher em uma festa no seu sítio, em Campina Grande. No ano passado, ele também teve mandado de prisão por atraso no pagamento de pensão alimentícia ao filho, de nove anos. No entanto, 12 dias depois, a pendência foi paga e o mandado foi revogado. (Foto: Vanderlei Almeida/AFP)
  •  Edinho, com Pelé em evento.
    Ex-goleiro do Santos e filho de Pelé, Edinho foi preso em 2005 acusado de envolvimento com tráfico de drogas. Ele ficou seis meses atrás das grades. (Foto: Eny Miranda/Ag. Cia da Foto/)
  •  Breno teve que lutar por seu espaço no Bayern, já que Louis van Gaal não o dava muitas chances
    Quando atuava pelo Bayern de Munique, o zagueiro Breno foi acusado de incendiar a própria casa, em setembro de 2011. Ele ficou pouco mais de um ano detido. (Foto: John MacDougall/AFP)
  •  Romário Seleção Brasileira
    Em 2009, Romário atrasou pensões para Mônica Santoro, sua ex-mulher, e teve que passar uma noite na cadeia. (Foto: Reprodução de internet)
  •  Viola  - Taboão da Serra 2015
    Viola já foi preso em duas ocasiões. A primeira foi por por porte de arma ilegal, em 2006. A segunda, em 2012, foi por acusação da esposa por violência doméstica, porte ilegal de arma e desobediência judicial. (Foto: Reprodução de internet)
  •  Cuca Grêmio
    Atualmente técnico, Cuca foi acusado de ter estuprado a jovem suíça Sandra Pfäffli, de 14 anos, em 1987, em Berna. Na época jogador do Grêmio, ele e mais três companheiros de Grêmio ficaram 29 dias presos na Suíça antes de voltarem ao Brasil. (Foto: Reprodução de internet)
  •  Valdiram - Vasco
    Ex-Vasco, Valdiram já foi detido três vezes. Em duas delas, o ex-atacante foi acusado de estupro. (Foto: Gilvan Souza/Lancepress!)
  •  Rincón
    O colombiano Freddy Rincón foi preso em maio 2007, por lavagem de dinheiro. Ele saiu da prisão no mesmo ano. (Foto: Arquivo LANCE!)
  •  Vampeta
    Vampeta já ficou um dia preso no Kuwait, depois ser flagrado em blitz com seis litros de vinho caseiro. No país, é proibido o consumo de bebida alcoólica. (Foto: Reprodução de internet)
  •  Maradona, com a camisa do Sevilla
    Em 1991, Maradona foi preso por porte cocaína, diante de 200 pessoas, no apartamento de seu cunhado com dois amigos. Passou um dia preso. (Foto: Reprodução de internet)
  •  Rene Higuita (Colômbia) - 1990
    Irreverente e polêmico, o colombiano René Higuita foi preso, em 1993, acusado de participação em um sequestro. O episódio, logo solucionado, acabou o impedindo de disputar a Copa de 1994. (Foto: Reprodução de internet)
  •  Edmundo - Vasco
    Em 1995, Edmundo esteve envolvido em acidente de carro que levou três pessoas a óbito. O atacante foi condenado quatro anos depois e passou uma noite na cadeia. (Foto: Arquivo LANCE!)
  •  Leônidas da Silva
    Artilheiro da Copa do Mundo de 1938, Leônidas da Silva foi detido em 1941 por falsificar o certificado de dispensa do serviço militar. Ele ficou preso na cadeia no quartel de Realengo por oito meses. (Foto: Reprodução de internet)
  •  Fabinho Fontes
    Fabinho Fontes, campeão da Copinha-1995 pelo Corinthians, foi preso em 2012 após ser flagrado se envolvendo sexualmente com uma menina de cinco anos. Cumpre pena na Penitenciária Doutor José Augusto César Salgado, no município de Tremembé (SP). (Foto: Reprodução de internet)
  •  Zé Elias aos 16 anos no Corinthians
    Zé Elias, ex-volante do Corinthians e Seleção Brasileira, ficou 30 dias preso em 2011 por não pagar pensão alimentícia. (Foto: Reprodução de internet)
  •  Serginho Chulapa 2009
    Ídolo do Santos, Serginho Chulapa cumpriu 14 meses de detenção após ter agredido uma bandeirinha durante uma partida, em 1978. (Foto: Ivan Storti/Lancepress!)
  •  Janken Evangelista São Paulo
    Em 2009, Janken Evangelista, ex-São Paulo, matou a ex-mulher a facadas e fugiu com o filho do casal para Teixeira de Freitas, interior da Bahia, onde foi preso. Dois anos depois, foi condenado em júri popular a 22 anos de prisão. (Foto: Reprodução de internet)
  •  Júnior - Vitória
    Ex-atacante do Vitória, Júnior foi preso um dia após ser campeão baiano de 2010. Motivo: falsidade ideológica por uso de passaporte falsificado. Ele passou apenas um dia na cadeia. (Foto: Reprodução de internet)
  •  O.J. Simpson
    Ex-jogador de futebol americano, O.J. Simpson foi condenado em 2008 a 33 anos de prisão, sendo 15 anos por sequestro, seis anos por porte de arma durante o crime e 12 anos por roubo. Em outubro de 2017, ele conseguiu liberdade condicional. Antes, em 1995, ele havia sido acusado do assassinato de sua ex-mulher Nicole Brown e de seu amigo Ronald Goldman, mas foi absolvido após longo julgamento. (Foto: Reprodução/ABC News)
  •  Thiago Silva - UFC
    Em 2014, o então lutador brasileiro do UFC, Thiago Silva, foi preso na Flórida (EUA) por ter ameaçado a então esposa e outras pessoas em uma academia. Ele ficou detido um mês e saiu com autorização do juiz, mas foi obrigado a usar uma tornozeleira eletrônica. (Foto: Josh Hedges/UFC)
  •  Mike Tyson
    Em 1992, então com 25 anos, Mike Tyson foi preso por estuprar uma modelo de 18 anos. Ele havia sido jurado de um concurso de beleza em que a mulher desfilou. Ainda no mesmo ano, ele foi condenado a três anos de prisão. Já em 1999, Tyson ficou alguns meses preso por ter agredido dois motoristas depois de um acidente de trânsito. (Foto: Reprodução de internet)
SEUCLUBE
atletico-paranaense
atlético mineiro
avaí
bahia
botafogo
ceara
chapecoense
corinthians
cruzeiro
CSA
flamengo
fluminense
Fortaleza
Goiás
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance