O adeus! Relembre jogadores que receberam jogos de despedida
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



02/10/2019 | 11:32

O adeus! Relembre jogadores que receberam jogos de despedida

  •  Montagem - Ronaldinho Gaúcho, Zé Roberto e Rogério Ceni
    O ídolo do Atlético-MG Ronaldinho Gaúcho, pode ter um jogo de despedida no Galo em dezembro deste ano, de acordo com o site Yahoo!. Com esta possibilidade, o LANCE! relembra grandes nomes do futebol nacional e internacional que tiveram um jogo especial de despedida. (Foto: Divulgação)
  •  Ronaldinho Gaúcho - Atlético-MG
    O Atlético-MG programa um jogo de despedida para o meia Ronaldinho Gaúcho, que atuou pelo clube entre 2012 e 2014 e foi o grande destaque do título da Copa Libertadores em 2013. De acordo com o Yahoo, o  craque deve atuar pelos mineiros em 11 de dezembro no Mineirão. Ronaldinho Gaúcho - Atlético-MG (Foto: Divulgação)
  •  Zé Roberto fez dois gols e participou o tempo todo de seu jogo de despedida
    O meia Zé Roberto se despediu de vez do futebol, em janeiro deste ano, em um jogo festivo no  Allianz Parque, em São Paulo. Para celebrar a ocasião, foi marcada uma partida festiva entre amigos do ex-jogador e uma equipe chamada de "Palmeiras de todos os tempos". Agência Palmeiras/Divulgação
  •  Despedida Julio Cesar
    O goleiro Júlio César assinou um contrato de três meses com o Flamengo para encerrar a carreira. O ídolo da torcida fez um jogo de despedida com o Maracanã lotado. O adeus foi em grande estilo, com vitória sobre o Atlético-MG por 2 a 1, para 50 mil torcedores.  Gilvan de Souza / Flamengo
  •  Petkovic recebe placa na despedida (Foto: Alexandre Loureiro)
    O meia sérvio Petkovic encerrou a carreira em 2011, com 38 anos de idade. Pelo Flamengo, Pet se despediu com um empate em 1 a 1 contra o Corinthians, no Engenhão. Aos gritos de ‘Fica’ e ‘recordar é viver', o sérvio ainda deu volta olímpica, chorou muito, e recebeu uma placa. Petkovic recebe placa na despedida (Foto: Alexandre Loureiro)
  •  Despedida Edmundo
    Edmundo teve sua festa de despedida do futebol em março de 2012, aos 40 anos, em São Januário, com a camisa do Vasco. Diante do Barcelona, do Equador - reedição da final da Libertadores de 1998 - Edmundo jogou muito na goleada por 9 a 1, com dois golaços. (Foto:Reprodução)
  •  ogo Despedida do goleiro Marcos jogo Palmeiras de 1999 x Seleção Brasileira de 2002  (Foto: Tom Dib)
    Marcos terminou a carreira em dezembro de 2012, aos 39 anos. Ídolo do Palmeiras, "São Marcos" pendurou as chuteiras e se despediu da torcida do Verdão em partida amistosa, que reuniu os campeões do mundo de 2002 e os palmeirenses que conquistaram a Libertadores de 99.  ogo Despedida do goleiro Marcos jogo Palmeiras de 1999 x Seleção Brasileira de 2002 (Foto: Tom Dib)
  •  Em dezembro de 2015, Rogério Ceni realizou jogo de despedida com grande festa no Morumbi
    Rogério Ceni se despediu do futebol em dezembro de 2015, aos 42 anos. Ceni e o São Paulo organizaram um grande espetáculo, reunindo os campeões mundiais de 1992, 1993 e 2005 para um jogo histórico. A noite foi de festa com muito rock, reverência da torcida e de ídolos do clube. (Foto: AFP / MIGUEL SCHINCARIOL)
  •  Léo Despedida
    O lateral-esquerdo Léo se despediu do futebol em outubro de 2016, aos 40 anos. O ex-lateral encerrou sua carreira de jogador em amistoso contra o Benfica, na Vila Belmiro. O resultado de 1 a 1 foi apenas um pequeno detalhe para os 10 mil presentes. Léo jogou um tempo por equipe. (Foto: Divulgação)
  •  Kaká - novembro de 2017 - Orlando x Combinado de porto rico
    Kaká encerrou sua carreira em novembro de 2017, aos 35 anos. Em sua despedida da Major League Soccer (MLS), o brasileiro chorou muito e viu sua equipe perder por 1 a 0 para o Columbus Crew.  Divulgação / Twitter
  •  Especial Nota 10 -  Ronaldo na despedida (Foto: Ari Ferreira)
    Ronaldo Fenômeno fez sua despedida dos gramados em uma partida pela Seleção Brasileira, no Pacaembu, em junho de 2011. Em jogo contra a Romênia, ele foi ovacionado por cerca de 30 mil torcedores após jogar os 15 minutos finais da partida e discursou para a torcida.  Especial Nota 10 - Ronaldo na despedida (Foto: Ari Ferreira)
  •  Jefferson despedida
    O goleiro Jefferson teve sua partida de despedida no final de 2018 contra o Paraná, no Nilton Santos, na penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Jefferson recebeu homenagens antes e depois do jogo, com a presença até de sua mãe, que fez uma surpresa e emocionou o goleiro. (Foto:Reprodução)
  •  Martin Palermo não conteve as lágrimas em sua emocionante despedida pelo Boca
    Martín Palermo teve uma despedida digna de Hollywood em junho de 2011.Em seu último ato na Bombonera, o maior artilheiro xeneize não marcou, mas foi ovacionado pela torcida  Ao final da partida, o atacante recebeu vídeos dos familiares e uma capa de super-herói das crianças. Martin Palermo não conteve as lágrimas em sua emocionante despedida pelo Boca (Foto: AFP)
  •  Iniesta
    A última partida de Andrés Iniesta no Barcelona teve mosaico na arquibancada, entrega de placa, taça de campeão e todo tipo de homenagens do clube, da torcida e dos jogadores. O meia espanhol se transferiu para o Vissel Kobe, time do futebol japonês.  AFP
  •  A festa para Xavi após o empate entre La Coruña e Barcelona (Foto: Lluis Gene/ AFP)
    Parceiro de Iniesta no Barcelona, ele se despediu do clube em 2015, e da melhor maneira possível. Na cerimônia oficial, fez um discurso emocionado para a torcida, ganhou um bandeirão em sua homenagem e levantou a taça de campeão espanhol antes do jogo contra o La Coruña. A festa para Xavi após o empate entre La Coruña e Barcelona (Foto: Lluis Gene/ AFP)
  •  Totti - despedida
    Totti se despediu da Roma com um gol nos acréscimos, vencendo o Genoa por 3 a 2 e garantindo a equipe na fase de grupos da Liga dos Campeões. Depois do apito final, recebeu uma placa com seu nome e o número 10 e fez uma volta olímpica, olhando para a arquibancada lotada. (Foto: Divulgação/Roma)
  •  Zidane despedida
    Em maio de 2006, Zidane fazia seu último jogo com a camisa do Real Madrid, contra o Villarreal, no Santiago Bernabéu. No fim da partida, a torcida fez uma bonita homenagem, segurando cartazes de sua famosa camisa 5 juntamente com os familiares do lendário meia francês. (Foto:Reprodução)
  •  Maradona despedida
    Em 2001, Diego Armando Maradona já não atuava mais profissionalmente, mas voltou aos gramados para um jogo de despedida na Bombonera, com a camisa da Argentina. Nos últimos minutos da partida, jogou com a camisa do Boca e foi ovacionado pela torcida. (Foto:Reprodução/Youtube)
  •  Pelé despedida
    O Rei do Futebol fez sua despedida em outubro de 1977, aos 36 anos. Pelé fez o último jogo de sua carreira atuando um tempo pelo New York Cosmos e outro pelo Santos. Mais de 76 mil pessoas lotaram o Giants Stadium. No final, deu a volta olímpica carregado pelos jogadores. (Foto:Reprodução/Facebook)
SEUCLUBE
atletico-paranaense
atlético mineiro
avaí
bahia
botafogo
ceara
chapecoense
corinthians
cruzeiro
CSA
flamengo
fluminense
Fortaleza
Goiás
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance