'Se vocês soubessem o que aconteceu com a Alemanha, ficariam enojados!'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

'Se vocês soubessem o que aconteceu com a Alemanha, ficariam enojados!'

Coreia do Sul x Alemanha
(Foto: SAEED KHAN / AFP)
HUMOR ESPORTIVO - 28/06/2018 - 14:26
Atenção, alerta para texto fictício que circula nas redes sociais!

Há alguns anos circula na web o relato sobre um episódio falso de corrupção às vésperas da final da Copa do Mundo de 1998, quando o Brasil foi derrotado pela França após Ronaldo sofrer uma convulsão horas antes da decisão. Tal texto já ganhou dezenas de adaptações para os mais diversos episódios do mundo esportivo, inclusive após o vexatória 7 a 1 na Copa realizada no Brasil.

Como era de se esperar, o vexame dos alemães na Copa da Rússia também ganhou a sua versão. Confira um dos textos que tem circulado nas redes sociais desde ontem:
 
"ELIMINAÇÃO DA ALEMANHA – DIVULGADO O ESCÂNDALO QUE TODO MUNDO SUSPEITAVA !

Talvez, isso explique a razão do jogador Kroos ter declarado a seguinte frase: 'Se as pessoas soubessem o que aconteceu em Rostov, ficariam enojadas!'. Todos os torcedores da Alemanha ficaram chocados e tristes pela derrota na partida. Não deveriam! O que está exposto abaixo é a notícia em primeira mão que está sendo investigada por rádios e jornais de toda a Alemanha e alguns estrangeiros, mais especificamente 'Wall Street Journal of America' e o 'Gazzeta dello Sport' e deve sair na mídia em breve, assim que as provas forem colhidas e confirmarem os fatos.

Fato comprovado: A Alemanha VENDEU a partida para a FIFA. Os jogadores foram avisados, às 07:00 do dia 27 de junho (dia da partida), em uma reunião envolvendo o Sr. Gianni Infantino (na única vez que o presidente da FIFA compareceu a uma preleção da Copa do Mundo), o empresário Jalim Habbei (presidente de uma das patrocinadoras da competição), a secretária Érica Ganeira, o Sr. Adolph Rainer (presidente atual da Confederação Alemã de Futebol), o Sr. Cuca Belludo (representante da FIFA) e o Sr. Ronald Rhovald, representante da patrocinadora Adidas. Os jogadores reserva permaneceram em isolamento, em seus quartos ou no lobby do hotel.

A princípio muito contrariados, os jogadores se recusaram ceder o resultado. A aceitação veio através do pagamento total dos prêmios: US$700.000,00 para cada jogador, mais um bônus de US$400.000,00 para toda a comissão técnica, através de uma das empresas envolvidas. 

Mesmo assim, o jogador Mário Gomez se recusou a jogar, mas mudou de opinião em seguida, depois de uma longa reunião com o treinador, onde receberam uma ligação de um representante da patrocinadora que ameaçou retirar seu patrocínio recém-renovado e um dos maiores da empresa.

Assim, combinou-se que a tetracampeã do mundo seria eliminada em um empate monótono com a Coréia do Sul, mas a apatia dos jogadores fez com que a seleção asiática - que absolutamente não participou desta negociação – marcasse em duas falhas do rival. O Sr. Joseph Blatter, ex-presidente da FIFA, cidadão franco-suíço, aplaudiu a colaboração da equipe alemã, uma vez que o campeonato mundial precisa de um equilíbrio entre os maiores times do mundo, e a Alemanha já é a atual campeã. Garantiu também ao Sr. Adolph Rainer, que o time alemão teria seu caminho facilitado para a conquista da próxima Copa do Mundo no Catar e para ser a sede da Copa do Mundo de 2030.

Repassem essa informação para mostrarmos ao mundo a nojeira que ronda o mundo do futebol, a começar pela nojeira do técnico da seleção da Alemanha"

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance