Em casa, Grêmio só empata com Novo Hamburgo e se complica na semi
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Em casa, Grêmio só empata com Novo Hamburgo e se complica na semi

Novo Hamburgo x Grêmio
Itamar Aguiar/Agência Freelancer
LANCE! - 16/04/2017 - 17:56
Porto Alegre (RS) 
Em casa, o Grêmio começou as semifinais do Campeonato Gaúcho com o pé esquerdo. Na  tarde deste domingo, o time de Renato Portaluppi empatou em 1 a 1 com o Novo Hamburgo, que terminou na liderança na primeira fase.  As equipes repetiram o placar da primeira fase.

Com o empate, quem vencer o segundo jogo, domingo que vem, no Estádio do Vale, se classifica para a grande decisão e encara o vencedor de Inter e Caxias, que protagonizam a outra semifinal. No primeiro confronto, o Colorado venceu por 1 a 0, no Beira-Rio. 


Grêmio parte para cima 


Ciente  da necessidade de vitória em casa, o Grêmio não se intimidou com o Novo Hamburgo, que foi líder e dono do melhor ataque na primeira fase, e partiu para cima. Mas, o Noia, que tem boa defesa, adotou uma postura defensiva e provavelmente se guardou para o segundo jogo. 

Não demorou muito para o Grêmio ter uma chance clara. Aos 9,  Pedro Rocha arriscou de longe e exigiu boa defesa do goleiro Matheus.  O Tricolor permaneceu insistindo com Luan e sobretudo Bolanõs, que teve duas chances em chutes cruzados.  

O próprio equatoriano, bem posicionado, só teria o trabalho de empurrar para o gol o cruzamento de Pedro Rocha, mas o zagueiro Pablo se antecipou e cortou.  Foi o típico lance que faz o torcedor se levantar na arquibancada. Os azuis da capital continuaram tentando, mas o primeiro tempo terminou zerado.

Gols só no segundo tempo 

Ao contrário do primeiro tempo, foi o Anilado que começou o segundo tempo melhor.  Logo no primeiro minuto,  Maicon erra passe na primeira linha de defesa,o atacante João Paulo dominou, arrancou e por pouco não marcou.  

O susto, aparentemente, serviu para fazer o Grêmio perceber que não podia mais vacilar. E no minuto seguinte, abriu o placar com Ramiro após cruzamento de Marcelo Oliveira. 

O quadro 'perfeito' para o Novo Hamburgo caiu e o Anilado foi para cima.  Aos 11, empatou com Juninho Silva, em uma bomba da entrada da área sem chances para Grohe.  O Novo cresceu na partida e Renato Portaluppi lançou Barrios, Everton e Lincoln.

Apesar disso, o equilíbrio permaneceu.  Marcelo Oliveira e Bolaños tiveram as melhores chances do Grêmio. No Novo, Juninho Silva colocou uma bola na trave e Lucas Santos isolou o rebote.  E o jogo terminou assim: 1 a 1. 


E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance