Luan relembra negociação com o Cruzeiro e revela que não recebeu proposta para sair
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Luan relembra negociação com o Cruzeiro e revela que não recebeu proposta para sair

Luan em treino do Grêmio
Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio
LANCE! - 25/01/2019 - 21:19
Futebol Latino
Eleito o melhor da América em 2017 e ídolo da torcida do Grêmio, o atacante Luan marcou presença na sala de imprensa do CT Luiz Carvalho e falou pela primeira vez sobre a negociação com o Cruzeiro, que agitou os bastidores do Tricolor durante as férias e pré-temporada.

E MAIS:
Sincero na resposta, o camisa 7 afirmou que não conversou com ninguém do time mineiro e preferiu continuar em Porto Alegre.

‘Teve algumas especulações nas janelas anteriores, sempre optei pelo que seria melhor para mim. Várias vezes recusei para ficar no Grêmio, para poder conquistar títulos. Tinha esse desejo de não sair sem antes ter dado um título. Esse era o meu maior desejo. Sempre falei que sou muito feliz aqui no Grêmio. Se for para sair, tem que ser uma coisa muito boa para o meu futuro. Todo jogador pensa na parte financeira, porque a carreira é curta, mas penso também em estar feliz, sempre estive feliz aqui com a torcida. Sou muito grato a isso. Quando ao Cruzeiro, tem que perguntar para o presidente. Nas férias, não estava sabendo de nada. Se estavam falando, para mim não chegou nada. Só pensei em cuidar do meu pé para poder voltar bem na pré-temporada’.

Sem atuar desde outubro do ano passado, Luan revelou que, no momento está livre das dores na sola do pé e aprimora o físico para voltar aos gramados junto com o time principal do Grêmio.

‘Estou querendo muito poder ter a alegria de jogar futebol e poder ajudar cada vez mais o Grêmio. Hoje em dia conseguindo treinar, estou sem dor. Faço o movimento repetitivo normal. Tive isso mais de dois anos, joguei assim, não foi fácil. Mas nunca coloquei a culpa no pé pra dar desculpa. Se estava em campo, a responsabilidade era minha. Sempre o intuito foi ajudar. O tempo que fiquei parado foi importante para recuperar. O único tratamento é ficar parado. Não conseguia, queria estar sempre jogando. Nos últimos meses, fiquei parado e consegui voltar bem’, finalizou.


Facebook Lance Twitter Lance