VAR, polêmicas, lesões... Tudo o que rolou na ida da semi da Libertadores
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

VAR, polêmicas, lesões... Tudo o que rolou na ida da semi da Libertadores

Montagem - Grêmio x Flamengo - River x Boca
Equipes duelam por vaga na final em Santiago, no Chile (AFP)
LANCE! - 03/10/2019 - 19:30
Rio de Janeiro (RJ)
Jogos emocionantes abriram a disputa pelas duas vagas na final da Copa Libertadores de 2019. Na terça-feira, no primeiro duelo da semifinal da competição, o River Plate fez 2 a 0 em cima do rival Boca Juniors, em casa. Já na quarta-feira, o Flamengo foi superior, mas o Grêmio reagiu no segundo tempo e a partida terminou empatada em 1 a 1. Os jogod tiveram polêmicas com a arbitragem e ação do VAR. O LANCE! traz o que de mais interessante aconteceu nos dois primeiros duelos da semifinal da Libertadores.

> Veja as estatísticas e curiosidades da Libertadores 2019

Em vantagem

Montagem - Flamengo x River
Flamengo e River saíram na frente (AFP)
River Plate e Flamengo se saíram melhor nos jogos de ida. Não só pelos resultados. As duas equipes tiveram boas atuações e jogaram melhor que os seus adversários durante praticamente os 90 minutos das partidas. Jogando fora de casa, a superioridade do Flamengo sobre o Grêmio chamou a atenção. O empate em 1 a 1 saiu barato para o Tricolor. O placar de 2 a 0 também não representou toda a superioridade que o River teve sobre o Boca.

VAR

River x Boca - VAR
Claus marcou pênalti após consulta ao VAR (AFP)
O árbitro de vídeo foi protagonista e decisivo nas duas partidas. No clássico argentino, o River teve um pênalti marcado a seu favor logo aos 4 minutos de jogo, quando o árbitro Raphael Claus consultou o VAR para rever um lance. No final da partida, o VAR voltou a aparecer quando o juiz revisou o lance de uma falta de Capaldo, do Boca, sobre Enzo Pérez. Após ver o lance, Claus decidiu pela expulsão do jogador do time visitante.

VAR II

Grêmio x Flamengo
Flamengo teve gol anulado (Everton Pereira/Ofotografico/Lancepress!)
No duelo brasileiro pelas semifinal da Libertadores, o VAR também apareceu. O árbitro de vídeo foi responsável diretamente pela anulação do primeiro gol do Flamengo, assinalando uma falta de Gabigol em Kannemann, logo no início do lance. O Flamengo teve outros dois gols invalidados por impedimento, mas, nas duas jogadas, o infração foi marcada em campo, pelo auxiliar, sendo confirmado pelo VAR.

A torcida do Flamengo não ficou na bronca com o árbitro argentino Nestor Pitana após ele rever o lance de uma falta de Michael em Gerson e aplicar apenas o cartão amarelo ao jogador do Grêmio.

Árbitros criticados

River x Boca
Brasileiro foi muito criticado (Alejandro PAGNI / AFP)
Tanto Raphael Claus como Nestor Pitana foram muito criticados por suas atuações nas duas partidas das semifinais da Libertadores. O brasileiro foi, inclusive, xingado por um comentarista/torcedor do Boca. Já o arbitro argentino teve sua decisão de anular o gol de Gabigol, no primeiro tempo, contestada por Jorge Jesus.

Não tá morto

Grêmio x Flamengo
Grêmio se salvou com gol no fim (Itamar AGUIAR / AFP)
Apesar da clara superioridade no jogo de Porto Alegre, é impossível cravar que o Flamengo está classificado para a final. O Grêmio conseguiu equilibrar a partida em alguns momentos da segunda etapa e chegou ao empate no final do jogo, mantendo-se vivo na competição.

Boca irreconhecível

River x Boca
Boca pouco ameaçou o River (Gustavo Ortiz/Lancepress!)
Ao contrário do Grêmio, que, mesmo jogando mal, teve alguns bons momentos na partida, o Boca Juniors foi muito muito inferior ao River. O time Xeneize não mostrou o futebol que o fez chegar até esta fase da competição e pouco ameaçou o gol adversário. Vai precisar fazer muito mais para tentar a classificação.

Lesões assombram Flamengo

Montagem - Arrascaeta e Filipe Luís
(Foto: Gustavo Granata/Lancepress! e Alexandre Vidal / Flamengo)
Apesar da ótima atuação, o Flamengo teve duas más notícias confirmadas nesta quinta-feira, depois da partida de ida contra o Grêmio. O meia Arrascaeta teve confirmada uma lesão no ligamento colateral medial e no menisco medial do joelho esquerdo e, por isso, terá que passar por uma cirurgia e dificilmente irá encarar o Grêmio, no próximo dia 23. Já Filipe Luís lesionou o ligamento colateral lateral do joelho esquerdo e tratará com fisioterapia, em método "conservador", sem cirurgia.

Facebook Lance Twitter Lance