Lesões, desgaste, entrosamento... O que o Flamengo superou para vencer o Fortaleza
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Lesões, desgaste, entrosamento... O que o Flamengo superou para vencer o Fortaleza

Fortaleza x Flamengo - Reinier
Gerson e Reinier comemoram a vitória no Castelão, nesta quarta-feira (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Matheus Dantas - 16/10/2019 - 22:30
Fortaleza (CE)
Quando não dá na técnica, vai na raça. Foi com esse espírito que o Flamengo chegou à vitória sobre o Fortaleza, nesta quarta-feira, por 2 a 1 no Castelão. O Rubro-Negro superou uma série de adversidades e, após sair atrás do placar, chegou ao resultado com gols de Gabiriel Barbosa e Reinier após o intervalo.

O Flamengo chegou aos 61 pontos e está cada vez mais próximo do título. O adversário, por sua vez, segue estacionado nos 29 pontos, ameaçado pelo Z4. Na galeria abaixo, os destaques do duelo com o Fortaleza nesta quarta.

E MAIS:
SEGUE A BATIDA!

Fortaleza x Flamengo - Gabigol comemora seu gol
Gabriel fez o 19º gol no Brasileirão (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
A invencibilidade do Flamengo esteve ameaçada: o Fortaleza saiu na frente com gol de Bruno Melo, de pênalti, no Castelão. A apresentação da equipe foi abaixo do que vinha sendo sob o comando de Jorge Jesus, mas, na etapa final, o time - e o técnico - tiveram a coragem para ir para cima e conquistar mais três pontos.

Agora, são 13 rodadas sem perder no Campeonato Brasileiro, sendo 12 vitórias e um único empate desde 4 de agosto. O Flamengo já é líder há 11 rodadas.

DESGASTE E (FALTA DE) ENTROSAMENTO

Fortaleza x Flamengo - Reinier
Reinier em ação no Castelão (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Everton Ribeiro, Diego, Arrascaeta, Rafinha, Filipe Luís, Bruno Henrique... A lista de desfalques do Flamengo para a partida era extensa. Somado a isso, a equipe vem em um "sequência dura" de jogos, mas Jorge Jesus, como de praxe, optou por colocar o que tinha de melhor em campo. Assim, atletas que vêm atuando consecutivamente, como Gerson e W. Arão, parecem ter sentido o desgaste.

O Flamengo, como um todo, atuou em um nível de intensidade abaixo do que vinha acontecendo sob o comando de Jorge Jesus. A queda de rendimento era natural por conta do desgaste já citado, mas também pelo entrosamento, ou a falta de. Até então, com mudanças pontuais, o time vinha mantendo o nível.

MAIS UM PROBLEMA?

Fortaleza x Flamengo - Kieza e Piris da Motta
Piris não entrou bem na partida (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Como se os problemas por lesão de antes da partida, Jorge Jesus viu Lucas Silva sentir dores na coxa esquerda antes dos 15 minutos do primeiro tempo e teve que substituir o jovem, que fazia sua segunda partida seguida como titular. O atacante será reavaliado pelo DM do Flamengo na reapresentação do elenco.

Sem Berrío, Everton Ribeiro e Bruno Henrique neste jogo, Jorge Jesus não tinha nome da mesma função como opção, e teve que colocar o volante Piris em seu lugar, dando mais liberdade para Gerson pelo lado direito. O camisa 8 não foi bem nesta noite, sendo substituído no intervalo pelo atacante Vitor Gabriel.

CORAGEM E DEDO DO TREINADOR!

Fortaleza x Flamengo - Jorge Jesus
Alexandre Vidal/Flamengo
A entrada de Vitor Gabriel, somada à postura defensiva do Fortaleza na etapa final, aumentou a presença do Flamengo no campo de ataque. Aos poucos, o time da Gávea foi aproximando-se da área adversária. Vitinho, especialmente no um contra um, foi a principal opção ofensiva do Rubro-Negro na partida.

O gol de empate foi de Gabigol, de pênalti, após a bola bater na mão do defensor do Fortaleza. A virada, aos 50 minutos, teve o dedo do técnico. A jogada ensaiada de lateral, desviado na primeira trave por Vitor Gabriel, terminou com a cabeçada de Reinier para o fundo da rede. No mesmo Castelão, o Flamengo havia feito um gol muito parecido diante do Ceará.

Facebook Lance Twitter Lance