Vasco ofensivo, São Paulo driblador, Flamengo aéreo... Veja os principais números da 1ª rodada dos Estaduais
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Vasco ofensivo, São Paulo driblador, Flamengo aéreo... Veja os principais números da 1ª rodada dos Estaduais

Vasco, São Paulo e Flamengo venceram na estreia
Vasco, São Paulo e Flamengo venceram na estreia (Foto: Montagem LANCE!)
André Schmidt - 21/01/2019 - 04:04
Agora é oficial: começou a temporada 2019 para os principais clubes do Brasil. Neste fim de semana, os chamados 12 grandes estrearam em seus respectivos Estaduais, com alguns tropeços mas também com goleadas. O único a ser derrotado foi o Botafogo, que acabou perdendo para a Cabofriense por 3 a 1. Fluminense, Palmeiras e Corinthians ficaram apenas no empate.

Porém, além de vitórias e derrotas, as equipes apresentaram também desempenhos. Ações, coletivas e individuais, que podem ser lidas através dos números. Confira algumas estatísticas importantes dos times nessa aberturas dos Estaduais pelo Brasil:

DE PÉ EM PÉ

Corinthians x São Caetano - Ramiro
Ramiro foi muito participativo (Foto: Ricardo Moreira/Fotoarena)
No primeiro jogo-oficial da temporada, o Corinthians já conseguiu colocar em prática uma das principais características do técnico Fábio Carille: o passe. O Alvinegro foi o clube, entre os 12 grandes, que mais acertou toques nesta 1ª rodada de Estadual. 

Apesar de ter ficado somente no empate com o São Caetano, em 1 a 1, a equipe dominou a partida, trocando 658 passes, de acordo com o Footstats. Apenas Ramiro, um dos reforços para 2019, acertou 98, mais que a metade de toda a equipe de Mirassol contra o São Paulo (193), por exemplo. O Fluminense, de Fernando Diniz, com 568, foi o segundo no quesito.

ARTILHARIA PESADA

Vasco x Madureira
Dudu foi titular do Vasco na estreia (Rafael Ribeiro/Vasco)
O placar magro contra o Madureira - 1 a 0 - não refletiu bem a superioridade que o Vasco teve em sua estreia no Carioca. Entre os 12 grandes, a equipe foi a que mais finalizou corretamente, com 12 arremates em gol, e a que mais criou chances em bola trabalhada, com 22 assistências.

Individualmente, destaque para Danilo Barcelos, que criou nove chances de gols através de passes e cruzamentos, e para Ribamar, que além de cinco assistências, finalizou três vezes na direção do gol - e outras três para fora.

CHUVA DE GOLS

Atlético MG Comemoração
Ricardo Oliveira marcou três gols (Alessandra Torres/Eleven)
Se por um lado foi o Vasco quem criou e finalizou mais vezes entre os grandes, foi o Atlético Mineiro quem mais balançou as redes. A goleada por 5 a 0 sobre o Boa Esporte foi a maior goleada do fim de semana entre os clubes da elite. Ricardo Oliveira, com três gols, foi o principal artilheiro.

Grêmio e São Paulo também não economizaram na rodada. Os Tricolores marcaram quatro vezes cada, nas vitórias sobre Novo Hamburgo, por 4 a 0, e Mirassol, por 4 a 1, respectivamente. 

ATAQUE AÉREO

Rhodolfo Flamengo comemoração
Rhodolfo marcou de cabeça (Andre Melo Andrade/AM Press)
O gol de cabeça de Rhodolfo foi o que deu a vitória ao Flamengo sobre o Bangu, de virada. E não foi um lance ao acaso. O Rubro-Negro Carioca foi, ao lado do Vasco, o time que mais acertou levantamentos para a área neste fim de semana, totalizando 12 cruzamentos certos.

Danilo Barcelos, do Vasco, com nove bolas alçadas, foi o líder do fundamento, seguido pelo flamenguista Éverton Ribeiro, autor do passe para o gol da vitória da equipe da Gávea, que concluiu quatro cruzamentos.

FORÇA DEFENSIVA

Elias e Fábio Santos
Fabio Santos foi bem (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)
A melhor defesa é o ataque ou o melhor ataque é a defesa? Dono do saldo mais positivo do fim de semana, o Atlético Mineiro comandou também a estatística de desarmes. Com 25 roubos de bola, o Galo liderou com folga o quesito. O Santos, do técnico Jorge Sampaoli, foi em segundo, com 18.

O lateral-esquerdo Fabio Santos, do Atlético, foi o grande destaque individual, recuperando oito posses de bola para a sua equipe. Luan, também do Galo, e Alison, do Peixe, também obtiveram um bom desempenho.

NO TALENTO INDIVIDUAL

Vasco x São Paulo - Reinaldo
Reinaldo foi um dos destaques (Foto: Celso Pupo/Fotoarena)
Após começar perdendo para o Mirassol, o São Paulo precisou partir para cima do adversário para conseguir virar o placar e terminar com uma clássica goleada de 4 a 1. E uma das armas para impedir o revés foi o drible.

O Tricolor foi o time que mais fez uso do fundamento nesta primeira rodada, realizando oito fintas corretas, segundo o Footstats. Os laterais Reinaldo e Bruno Peres, com dois dribles cada, foram os destaques da equipe no quesito. O Flamengo, com seis foi outro que fez bastante uso das jogadas individuais.

Facebook Lance Twitter Lance