Dando o que falar: as polêmicas do VAR até agora no Brasileirão
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Dando o que falar: as polêmicas do VAR até agora no Brasileirão

Botafogo x Palmeiras
Maior polêmica até agora está com o pedido de anulação de Botafogo x Palmeiras (Osvaldo Lima/Photo Premium/L!)
LANCE! - 28/05/2019 - 18:32
Rio de Janeiro (RJ)
Enganou-se quem achava que a utilização de árbitros de vídeo, mais conhecidos como VAR, faria acabar as polêmicas no Campeonato Brasileiro. Em somente seis rodadas, vários casos com reclamações das equipes contra o uso já foram observados, com o principal sendo o pedido de anulação por parte do Botafogo na partida que perdeu para o Palmeiras, na rodada passada, com a marcação de um pênalti pelo VAR supostamente sem seguir o protocolo. Confira este especial!

Botafogo x Palmeiras Igor Cassio e Goméz
Botafogo x Palmeiras (Adalberto Marques/DiaEsportivo/Lancepress!)
BOTAFOGO X PALMEIRAS

No último sábado, o Palmeiras venceu o Botafogo por 1 a 0, no Mané Garrincha. O gol foi marcado de pênalti após marcação do árbitro Paulo Roberto Alves Junior, contando com o auxílio do Adriano Milczvski, árbitro de vídeo da partida. A polêmica ficou por conta de o árbitro ter, supostamente, autorizado o reinício do jogo, e somente depois disso paralisado para rever a jogada no vídeo e marcar a penalidade, o que não seria o correto caso seguisse o protocolo do VAR. O Botafogo pediu a anulação da partida e aguarda decisão.


Bahia x Fluminense
Bahia x Fluminense (Divulgação Bahia)
BAHIA X FLUMINENSE

Outro jogo com polêmica do VAR aconteceu no último domingo, na vitória do Bahia sobre o Fluminense por 3 a 2. O árbitro Igor Benevenuto marcou pênalti depois de consultar o vídeo para o Bahia. Na cobrança, o camisa 9 cobrou mal e Agenor fez a defesa. Uma nova revisão do VAR, no entanto, constatou que o goleiro se adiantou no lance. Como já tinha amarelo por reclamação, o arqueiro foi novamente advertido e expulso.


Fluminense x Goiás
Fluminense x Goiás (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)
FLUMINENSE X GOIÁS

Na primeira rodada deste Brasileiro, no dia 28 de abril, o Goiás venceu o Fluminense por 1 a 0 e o jogo também contou com polêmica do VAR. Foram três consultas ao vídeo pelo árbitro Dewson Freitas: primeiro para anular um pênalti em Bruno Silva e depois para confirmar penalidade a favor do Fluminense em lance de mão do zagueiro Yago, além de anular gol de Everaldo - lance que causou maior polêmica.

Botafogo x Fortaleza
Botafogo x Fortaleza (Alexandre Loureiro/Eleven/Lancepress!)
BOTAFOGO X FORTALEZA

Pela terceira rodada, o Botafogo venceu o Fortaleza por 1 a 0 e, mais uma vez, o VAR foi personagem de polêmica. Pelo árbitro Wagner Reway e árbitro de vídeo Leandro Pedro Vuaden, o auxiliar do VAR viu pênalti de Gilson em Wellington Paulista, mas o juiz principal não seguiu e mandou o lance seguir, gerando muita reclamação dos jogadores cearenses.

Atlético-MG x Avaí
Atlético-MG x Avaí (Bruno Cantini)
ATLÉTICO-MG X AVAÍ

Outro jogo da primeira rodada do Campeonato Brasileiro que contou com polêmica do VAR foi a vitória do Atlético-MG sobre o Avaí por 2 a 1. O árbitro foi Rodolpho Toski Marques e o árbitro de vídeo, Rodrigo Nunes de Sa. O gol que seria de empate dos catarinenses foi anulado após a consulta das imagens.

Corinthians x Grêmio
Corinthians x Grêmio (Foto: Luis Moura / WPP)
CORINTHIANS X GRÊMIO

Mais um jogo com polêmica do VAR neste Campeonato Brasileiro foi na quarta rodada, no empate sem gols entre Corinthians e Grêmio. O árbitro Marcelo de Lima Henrique chegou a marcar um pênalti a favor do Grêmio quando Everton chutou a bola no braço esquerdo de Fagner. O lance, entretanto, foi anulado após a checagem do vídeo.

Santos x Internacional
Santos x Internacional (Divulgação Twitter Internacional)
SANTOS X INTERNACIONAL

No último fim de semana, o empate sem gols entre Santos e Internacional pelo Campeonato Brasileiro também gerou discussão pelo VAR. Aos 39 minutos, Rodrygo tabelou com o meia peruano pelo lado esquerdo e se chocou com Cuesta dentro da área. O árbitro Rodolpho Toski Marques assinalou o pênalti na hora, mas anulou a marcação após consultar o VAR, o que gerou muita reclamação por parte do Peixe.

Facebook Lance Twitter Lance