Briga pela classificação, goleada e virada histórica; a trajetória do Liverpool até a final da Champions
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Briga pela classificação, goleada e virada histórica; a trajetória do Liverpool até a final da Champions

Liverpool x Barcelona
Liverpool fez o impossível para chegar na decisão da UCL (Foto: Paul ELLIS / AFP)
LANCE! - 30/05/2019 - 08:00
Madri (ESP)
O Liverpool, detentor de cinco títulos da Liga dos Campeões em toda sua rica história, tentará o sexto caneco neste final de semana. No próximo sábado, os Reds farão a decisão da Champions League contra o Tottenham, no Wanda Metropolitano, em Madri.

Entretanto, até chegar na decisão, o Liverpool passou por bons bocados para conseguir carimbar o passaporte para Madri. Foi perrengue para conseguir a classificação para as oitavas, clássico, goleada e uma virada histórica... Relembre a trajetória dos Reds até a tão esperada decisão.

FASE DE GRUPOS TURBULENTA

Liverpool x PSG - Firmino
Bom desempenho em casa foi essencial para a classificação (Foto: AFP)
O Liverpool abriu a Liga dos Campeões logo com uma pedreira, receber o PSG em Anfield. Com Firmino saindo do banco para decidir, os Reds venceram por 3 a 2 e saíram em vantagem. No entanto, na segunda rodada, uma derrota para o Napoli fora de casa acendeu o sinal de alerta, mas a goleada contra o Estrela Vermelha trouxe uma certa tranquilidade.

Mas como nada é fácil na vida do Liverpool, o Estrela Vermelha surpreendeu e venceu em casa, e na quinta rodada o Paris Saint-Germain complicou a vida dos Reds com uma vitória no Parc des Princes. Na última rodada, o Liverpool chegou precisando de um triunfo para conseguir a classificação, e ele veio pelo placar mínimo, com sufoco e com Alisson operando um milagre nos acréscimos.

CLÁSSICO NAS OITAVAS

Van Dijk - Bayern x Liverpool
Reds calaram a Allianz Arena em Munique (Foto: AFP)
Após a classificação na segunda colocação do Grupo C com alto teor de sofrimento, o Liverpool viu o sorteio colocar ninguém menos do que o Bayern de Munique pela frente logo nas oitavas de finais. No primeiro jogo, um empate sem gols deixou os Bávaros confiantes para a classificação em casa.

No entanto, os Reds mostraram sua força e com uma atuação de gala, Mané, com dois gols e Van Dijk, com um gol e uma assistências, comandaram a vitória com autoridade na Allianz Arena por 3 a 1 e carimbou a passagem para as quartas de finais.

PORTO PELA FRENTE...

Porto x Liverpool
Reds passaram com tranquilidade nas quartas (Foto: PAUL ELLIS / AFP)
Após o sorteio dar um adversário pesado nas oitavas, o Liverpool fugiu de times como Manchester City, Barcelona, Manchester United e Juventus, enfrentando o Porto, tido como um dos adversários mais 'tranquilos'.

E o que se viu no confronto foi um passeio do Liverpool. Na ida, em Anfield, os Reds venceram por 2 a 0 com certa tranquilidade, e na volta, no Estádio do Dragão, uma goleada por 4 a 1 para carimbar o passaporte para a semifinal contra o Barcelona.

SHOW DE MESSI

Barcelona x Liverpool
Na ida, show de Messi quase garantiu a classificação (Foto: AFP)
Cotado para ser um dos jogos mais importantes da atual edição da Liga dos Campeões, Barcelona e Liverpool fizeram uma grande partida na ida, no Camp Nou. Os Blaugranas foram pressionados durante praticamente o jogo inteiro e os Reds tiveram boas oportunidades para sair em vantagem.

No entanto, a 'Lei do Ex' atacou e Suárez abriu o placar para o Barça no primeiro tempo. Na etapa final, Lionel Messi fez mais uma das suas e com dois gols abriu uma vantagem colossal para o Barcelona para o jogo de volta, deixando a classificação praticamente encaminhada. Ou não.

MILAGRE DE ANFIELD

Wijnaldum - Liverpool x Barcelona
Reds fizeram história em Anfield (Foto: AFP)
Após o 3 a 0 sofrido no jogo de ida no Camp Nou, o Liverpool precisava novamente fazer história na Liga dos Campeões para reverter o resultado e conseguir a classificação para a segunda final consecutivo do maior torneio de futebol do Velho Continente.

Na pressão, Origi abriu o placar logo nos primeiros minutos, e na etapa final, o milagre aconteceu. Wijnaldum, em 16 minutos em campo, marcou duas vezes e deixou tudo igual no placar agregado. Mas em um lance antológico de genialidade de Alexander-Arnold cobrando escanteio rápido, Origi marcou o quarto e deu a classificação heroica para os Reds.



Facebook Lance Twitter Lance