Com VAR atuante e Felipe Melo expulso, Palmeiras só empata com o Bahia no Allianz Parque
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Com VAR atuante e Felipe Melo expulso, Palmeiras só empata com o Bahia no Allianz Parque

Palmeiras x Bahia - Dudu
Dudu disputa bola com Moisés; Camisa 7 marcou os dois do Palmeiras no Allianz Parque  (Foto: Mauricia Da Matta/Photo Premium/Lancepress!) 
João Vítor Castanheira - 11/08/2019 - 18:21
São Paulo (SP)
O Palmeiras segue a sina de não conseguir vencer no Brasileirão desde a parada para a Copa América. Neste domingo, o Alviverde empatou em 2 a 2 com o Bahia, no Allianz Parque - duelo válido pela 14ª rodada. Dudu fez os gols da equipe paulista, enquanto Gilberto, em dois pênaltis assinalados com o auxílio do VAR, marcou pelos baianos. Com Felipe Melo expulso no fim da primeira etapa, o time de Felipão atuou parte do jogo com um a menos. 

Com o resultado, o Verdão termina a rodada na vice-liderança, com 29 pontos, a três do líder Santos. O Palmeiras tem pela frente dois jogos seguidos contra o Grêmio: o primeiro, no sábado, pelo Brasileiro, e o segundo na terça-feira, pelas quartas de final da Libertadores. 

> Confira a tabela da Série A do Brasileirão 



Com sorte também vale!
O jogo começou morno no Allianz Parque. Diante do ritmo lento da partida, o Palmeiras precisou de uma boa dose de sorte para abrir o placar. Aos 12, Dudu roubou a bola no meio-campo e abriu com Scarpa na esquerda, que cruzou. Moisés, do Bahia, desviou contra o próprio patrimônio, o goleiro Douglas espalmou e no rebote, sozinho, o camisa 7 só empurrou para as redes.

Estreia positiva
Luiz Adriano deixou uma boa impressão em sua estreia. O centroavante participou bem do jogo, mostrou habilidade em um belo domínio no círculo central, e teve duas oportunidades para marcar: a melhor delas num 'chutaço' de primeira, de fora de área, que Douglas voou para defender.

Felipe Melo...
O volante fazia boa atuação no meio-campo. Até que, aos 48 da etapa inicial, foi com o braço aperto para uma disputa pelo alto e acertou o rosto de Lucca - recebendo vermelho direto.

VAR apita! 
No início do segundo tempo, com o auxílio do VAR, a arbitragem marcou mão de Diogo Barbosa na área e o pênalti. Na cobrança de Gilberto, bola de um lado, goleiro do outro e empate do Bahia.

Dudu de novo! 
Jogada característica do Palmeiras, o arremesso longo de Marcos Rocha surtiu resultado. O camisa 2 jogou na área e Dudu apareceu na pequena área para cabecear. Douglas defendeu, e mais uma vez, pegando rebote, o camisa 7 fez o segundo na partida. Foi o oitavo gol dele no ano, o vice-artilheiro alviverde na temporada.

Gibagol!
Aos 36 do segundo tempo, Luan derrubou Arthur Caíke na área e o jogo seguiu. Mas ajuda do VAR, protagonista na partida, Igor Benevenuto marcou o segundo pênalti para o Bahia na partida. Gilberto, de novo deslocou Weverton e deixou tudo igual em São Paulo. O Tricolor ainda teve Gregore expulso no fim, mas nada mudou. Assim, o Palmeiras segue sem vencer desde a parada para a Copa América no Brasileirão. 

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 X 2 BAHIA


Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data-Hora: 11/8/2019 - 16h
Árbitro: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)
Árbitro de vídeo:Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes de árbitro de vídeo: Vinicius Gomes do Amaral (RS) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)
Público e renda: 34.275 pessoas e R$ 2.160.817,20
Gramado: Bom 
Cartões amarelos: Marcos Rocha, Diogo Barbosa, Gustavo Scarpa, Zé Rafael e Dudu e Thiago Santos (PAL); Giovanni, Lucca, Wanderson Gregore 2x(BAH)
Cartão vermelho: Felipe Melo (PAL) e Gregore (BAH)

GOLS: Dudu 12’/1ºT (1-0), Gilberto 7’/2ºT (1-1), Dudu 12’/2ºT (2-1), Gilberto 39’/2ºT (2-2)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo e Bruno Henrique; Dudu, Gustavo Scarpa e Zé Rafael (Thiago Santos, intervalo); Luiz Adriano (Deyverson, 23’/2ºT). Técnico: Luiz Felipe Scolari

BAHIA: Douglas; Nino Paraíba (Ezequiel, 42’/2ºT), Lucas Fonseca, Wanderson e Moisés; Gregore, Flávio (Erik Ramires, 33’/2ºT) e Giovanni (Arthur Caíke, intervalo); Élber, Lucca e Gilberto. Técnico: Roger Machado



Facebook Lance Twitter Lance