'Vapt Vupt': as passagens curtas de jogadores por clubes brasileiros
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE

LANCE
X
Compartilhe


12/07/2017 | 19:00

'Vapt Vupt': as passagens curtas de jogadores por clubes brasileiros

  •  Carlos Alberto apresentado pelo Atlético-PR este ano
    Carlos Alberto (Atlético-PR) - Apesar de gol importante da classificação na Libertadores, meia não teve grandes atuações e rescindiu contrato depois de apenas 10 partidas no Furacão. (Foto: Site Atlético-PR/Divulgação)
  •  Grafite
    Grafite (Atlético-PR) - Outro experiente nome que não conseguiu sucesso. O atacante não se adaptou ao Furacão e colecionou atuações ruins. Foram 24 jogos e apenas um gol. (Marco Oliveira/Site Oficial)
  •  Luis Henrique
    Luis Henrique (Atlético-PR) - Badalado nas divisões de base do Botafogo, o atacante conviveu com a reserva e não empolgou. Foram nove jogos e nenhum gol marcado no Furacão. (Marco Oliveira/Atlético-PR)
  •  Apresentação de Muriqui no Vasco
    Muriqui (Vasco) -  Atacante sofreu com a parte física desde a pré-temporada e acabou tendo poucas chances em São Januário, atuando em apenas 12 partidas. (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)
  •  Dátolo
    Dátolo (Vitória) - Argentino teve rápida passagem pelo clube baiano: apenas sete partidas. Foto: Divulgação / EC Vitória
  •  Rodrigo - Flamengo
    Rodrigo (Flamengo) - Xerife do Vasco, o zagueiro passou pela Gávea em 2008, mas fez apenas quatro partidas. (Foto: Divulgação)
  •  Diego Souza - Fluminense
    Diego Souza (Fluminense) - Cria do Tricolor, meia voltou ao clube em 2016, mas não teve tempo de mostrar o seu bom futebol. Foram apenas nove partidas e quatro gols marcados. (Foto: Pedro Vilela / Agencia i7 /Arquivo Lance!)
  •  HOME - Treino do São Paulo - Kieza (Foto: Maurício Rummens/Fotoarena/LANCE!Press)
    Kieza (São Paulo) - Durou apenas dois meses a passagem de Kieza pelo São Paulo. Ele somou apenas dois jogos no Morumbi. (Foto: Maurício Rummens/Fotoarena/LANCE!Press)
  •  fluminense 2015, ronaldinho gaucho
    Ronaldinho Gaúcho (Fluminense) - Craque ficou apenas dois meses nas Laranjeiras. Jogou apenas nove partidas e não deixou saudades no Tricolor. (Foto:Marcos Cunha/Agencia Freelancer)
  •  Régis - Palmeiras (FOTO: Cesar Greco/Palmeiras)
    Régis (Palmeiras) - Sem espaço, o meia não ficou muito tempo no elenco do Palmeiras em 2016. Foram quatro partidas e nenhum gol. (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
  •  Treino Palmeiras Alan Patrick e Oswaldo de Oliveira  (FOTO:ARI FERREIRA)
    Alan Patrick (Palmeiras) - Em 2015, o meia assinou contrato com o Verdão, mas teve pouco espaço na Academia: 13 jogos e apenas um gol.  (FOTO:ARI FERREIRA)
  •  Jardel - Palmeiras
    Jardel (Palmeiras) - Em 2004, o atacante Jardel passou pelo Palmeiras, chegou a 'sumir' do clube e não atuou com a camisa verde. (Foto: Eduardo Viana/Lancepress!)
  •  Marcelinho Carioca - Santos
    Marcelinho Carioca (Santos) - Em 2001, o Peixe contratou Marcelinho Carioca, que havia deixado o rival Corinthians. Foram só 15 jogos na Vila Belmiro. (Foto: Jorge Araújo/Folhapress)
  •  "Cebolla" Rodríguez - Grêmio
    Cristian 'Cebolla' Rodríguez (Grêmio) - Uruguaio sofre ao menos três lesões em dois meses e não ficou nem três meses no Tricolor. (Foto: Divulgação)
  •  Villanueva, Vasco (2008)
    Villanueva (Vasco) - Em 2008, o atacante chileno assinou com o Cruz-Maltino, mas fez apenas dois jogos e não teve sequência em São Januário. (Foto: Divulgação)
  •  Abubakar (Inter Vasco e Caxias)
    Abubakar (Vasco) - Meia nigeriano assinou com o Vasco em 2008. Porém, não vingou e teve rápida passagem com apenas quatro jogos. (Foto: Reprodução)
  •  Lulinha (Criciúma)
    Lulinha (Criciúma) - Em 2014, o meio-campista assinou com Criciúma, mas fez apenas 15 partidas e anotou dois gols. Não conseguiu mostrar o seu bom futebol no clube. (Foto: Divulgação)
  •  Goleiro Bruno
    Bruno (Corinthians) - Goleiro teve rápida passagem pelo Parque São Jorge e nem chegou a entrar em campo com as cores do Timão. Ele assinou contrato em 2006 e saiu após acordo. AFP
  •  Johnny Herrera - Corinthians
    Johnny Herrera (Corinthians) - Hoje na Universidad de Chile, o goleiro fez apenas nove jogos no Timão em 2006. Poucas chances foram determinantes para saída do clube. (Foto: Divulgação)
  •  Santiago Silva
    Santiago Silva (Corinthians) - O uruguaio chegou ao Timão em 2002, fez apenas cinco jogos e não fez gol. Atualmente, ele veste as cores da Universidad Católica. (Foto: Reprodução)
  •  Borja - Flamengo
    Cristian Borja (Flamengo) - Colombiano foi anunciado em 2010, mas não conseguiu emplacar uma sequência na Gávea. Resultado: foram apenas sete jogos e nenhum gol. (Foto: Divulgação)
  •  Pinilla - Vasco
    Pinilla (Vasco) - Atacante chileno passou pela Colina em 2008, mas não teve sucesso. Foram apenas três jogos e nenhum gol marcado. (Foto: Divulgação)
  •  Vampeta - Flamengo
    Vampeta (Flamengo) - Em 2001, o volante teve rápida passagem pela Gávea. Jogou  apenas 16 vezes e anotou um gol. Ele saiu reclamando dos salários atrasados do rubro-negro à época. (Foto: Ralff Gebara/Lancepress!)
  •  Alex - Flamengo
    Alex (Flamengo) - Outro estrela do futebol brasileiro que não ficou muito tempo na Gávea. O meia marcou apenas três gols em 12 jogos pelo rubro-negro. (Foto: Marcio Rodrigues/L! sportpress)
  •  Santos x Goiás - Walter (Foto: Miguel Schincariol/ LANCE!Press)
    Walter (Goiás) - O atacante não conseguiu repetir o sucesso da primeira passagem. Foram 16 jogos e apenas três gols em 2016. Agora, ele veste as cores do rival Atlético-GO. (Foto: Miguel Schincariol/ LANCE!Press)
  •  Emerson Sheik - Botafogo
    Emerson Sheik (Botafogo) - Atacante vestiu as cores do Glorioso por 18 jogos. Teve divergências com a diretoria alvinegra e saiu sem deixar muitas saudades. (Foto: Paulo Sérgio/Lancepress!)
  •  Marlone, reforço mais conhecido em janeiro, não conseguiu se firmar (Foto: Bruno Haddad/Fluminense F.C)
    Marlone (Fluminense) - Em 2015, o meia chegou ao Fluminense, mas não conseguiu ter um bom rendimento. Foram 14 jogos e nenhum gol nas Laranjeiras.  (Foto: Bruno Haddad/Fluminense F.C)
  •  Felipe - Fluminense
    Felipe (Fluminense) Em 2005, o habilidoso meia fez apenas oito partidas no clube. Voltou ao clube em 2013, mas também não teve as grandes atuações como em Vasco e Flamengo. (Foto: Cleber Mendes/Lancepress!)
  •  Carlos Alberto - Grêmio
    Carlos Alberto (Grêmio) - Passagem pelo Tricolor durou apenas 80 dias em 2011. Polêmicas e rendimento ruim pesaram na saída do clube. (Foto: Divulgação)
  •  Toró (Bahia)
    Toró (Bahia) - Volante não conseguiu ter sequência de jogos no clube. Foram apenas 10 jogos e nenhum gol marcado. (Foto: Divulgação)
  •  Athirson - Botafogo
    Athirson (Botafogo) - Ídolo do Flamengo, o lateral-esquerdo não deixou saudades no Glorioso, onde somou apenas sete jogos em 2007. (Foto: Divulgação)
  •  Almir - Flamengo
    Almir (Flamengo) - Meio-campo chegou ao rubro-negro por empréstimo em abril de 2015 e disputou só 11 partidas. (Foto: Paulo Sergio/Lancepress!)
  •  Bebeto - Cruzeiro
    Bebeto (Cruzeiro) - O ex-atacante teve passagem para Raposa em 1997. Foi contratado apenas para disputar a decisão do Mundial diante do Borussia Dortmund no Japão. (Foto: Kimimasa Mayama)
  •  Danrlei - Fluminense
    Danrlei (Fluminense) - Em 2004, depois de deixar o Grêmio, o goleiro chegou às Laranjeiras onde não teve sucesso: apenas três jogos. (Foto:Divulgação)
  •  Beto - Fluminense
    Beto (Fluminense) - Em 2002, Beto vestiu as cores do Fluminense, mas não brilhou. Foram 17 jogos e apenas três gols. (Foto: Divulgação)
  •  Rivaldo - Cruzeiro
    Rivaldo (Cruzeiro) - O ex-jogador teve breve passagem pela Toca da Raposa. Em 2004, o craque chegou como grande estrela do elenco, mas decidiu deixar o clube após 10 partidas. (Foto: Divulgação)
  •  Jobson - Atlético-MG
    Jobson (Atlético-MG) - Atacante disse que não se adaptou a Belo Horizonte e pediu para retornar ao Botafogo em 2011. Pelo Galo, ele fez seis partidas e marcou dois gols. (Foto: Divulgação)
SEUCLUBE
atlético mineiro
botafogo
corinthians
cruzeiro
flamengo
fluminense
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance