Palmeiras vira sobre o Santos no fim, derruba tabu na Vila e se classifica
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Palmeiras vira sobre o Santos no fim, derruba tabu na Vila e se classifica

  •  Santos x Palmeiras
    Santos x Palmeiras (Foto: Jales Valquer/Fotoarena/Lancepress)
  •  Santos x Palmeiras
    Santos x Palmeiras Miguel SCHINCARIOL
  •  Santos x Palmeiras
    Santos x Palmeiras Jales Valquer/Fotoarena/Lancepress!
  •  Santos x Palmeiras
    Santos x Palmeiras Jales Valquer/Fotoarena/Lancepress!
  •  Santos x Palmeiras
    Santos x Palmeiras (Foto: Jales Valquer/Fotoarena/Lancepress)
  •  Santos x Palmeiras
    Santos x Palmeiras (Foto: Jales Valquer/Fotoarena/Lancepress!)
  •  Santos x Palmeiras
    Santos x Palmeiras Jales Valquer/Fotoarena/Lancepress!
  •  Santos x Palmeiras
    Santos x Palmeiras Jales Valquer/Fotoarena/Lancepress!
  •  Santos x Palmeiras
    Santos x Palmeiras (Foto: Miguel Schincariol/Lancepress!)
  •  Santos x Palmeiras
    Santos x Palmeiras Jales Valquer/Fotoarena/Lancepress!
  •  Santos x Palmeiras
    Santos x Palmeiras Miguel SCHINCARIOL
  •  Santos x Palmeiras
    Santos x Palmeiras Miguel SCHINCARIOL
  •  Santos x Palmeiras
    Santos x Palmeiras (Foto: Jales Valquer/Fotoarena/Lancepress!)
Thiago Ferri - 19/03/2017 - 20:43
Santos (SP) 
O Palmeiras precisou de dois minutos para encerrar um tabu que já durava seis anos. Depois de sair atrás com o gol de Ricardo Oliveira, o Verdão lutou para virar com Jean e Willian, já no fim da partida, e vencer o clássico sobre o Santos por 2 a 1. Esta é a primeira vitória alviverde na Vila Belmiro desde 2011.

Para quem está acostumado a ver clássicos truncados, com poucas chances, não pode reclamar deste jogo. Abusando da vulnerabilidade pelas laterais do adversário, o Santos desde o início criou com Bruno Henrique pela esquerda e Vitor Bueno pela direita. Foi do camisa 7 a chance mais clara na etapa inicial, quase embaixo da trave, livre. Mas ele se atrapalhou na hora do chute e apenas ajeitou para Prass segurar.


Ricardo Oliveira e Bruno Henrique ainda acertaram a trave uma vez cada um, e Prass fez mais duas defesas. Só dava Santos, então? Nada disso. Borja, duas vezes, Mina e Guerra também fizeram Vladmir se destacar - a mais bela defesa no fim da etapa inicial, quando o zagueiro colombiano cabeceou firme.

Eduardo Baptista quis melhorar a marcação no segundo tempo e colocou Egídio na vaga de Guerra, que jogava bem, mas sua ideia a princípio não funcionou. O Palmeiras perdeu força ofensiva no meio, e o camisa 6 deixou muito espaço. O Santos, assim, passou a sufocar. Ricardo Oliveira parou de novo em Prass, que passou a acumular milagres.

O clássico parecia que ia ter o goleiro palmeirense como o destaque, já que ele fez outras duas defesaças, mas o volume santista foi premiado. Ricardo Oliveira, praticamente em cima da linha, completou para o gol, e desta vez Prass nada pôde fazer. Até ali, o placar era merecido.

Se a primeira mudança de Eduardo não surtiu efeito, a entrada de Róger Guedes deu mais força ao Verdão pela direita. Foi por aquele lado que o camisa 23 iniciou a jogada finalizada por Jean: o chute do lateral chegou a pegar em Vladimir, mas entrou. A Vila silenciou.

Em nova esticada com Guedes, Willian, a terceira alteração palmeirense, fez o segundo, já aos 42 minutos do segundo tempo. Como era de esperar, o Santos ainda teria mais uma chance. E Fernando Prass mais uma vez salvou o Verdão.

O resultado é muito importante para o Palmeiras, que chegou a 21 pontos, está classificado às quartas de final e agora é o melhor time do Paulista. O Santos, que com a vitória chegaria à ponta do Grupo D, para com 13 e segue fora da zona dos classificados. Na próxima rodada, o Verdão recebe o Mirassol, e o Santos visita o São Bento. Os dois jogos são na quarta.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 1 X 2 PALMEIRAS

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon e Tatiane Sacilotti
Público/renda: 8.732 pagantes / R$ 355.840,00
Cartões amarelos: Felipe Melo, Jean (PAL)
Gols: Ricardo Oliveira (SAN); Jean e Willian (PAL)

SANTOS: Vladimir; Victor Ferraz (Matheus Ribeiro 42'/2ºT), David Braz, Lucas Veríssimo e Zeca; Thiago Maia (Rodrigão 46'/2ºT), Renato, Lucas Lima e Vitor Bueno (Vladimir Hernandez 26'/2ºT); Bruno Henrique e Ricardo Oliveira Técnico: Dorival Jr.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean, Mina, Edu Dracena e Zé Roberto (Willian 33'/2ºT); Felipe Melo, Tchê Tchê, Dudu, Guerra (Egídio – Intervalo) e Keno (Roger Guedes 25'/2ºT); Borja Técnico: Eduardo Baptista

icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance