Em nota, técnico do Juventus se defende de polêmica com jogadores
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Em nota, técnico do Juventus se defende de polêmica com jogadores

Alex Alves - Juventus
(Foto: Marcelo Germano/Juventus)
LANCE! - 14/03/2018 - 12:07
São Paulo (SP)
O treinador do Juventus, o ex-jogador Alex Alves, reafirmou na última terça-feira sua confiança em seu elenco. Após a derrota para o líder da Série A2 do Paulistão na última rodada, o Guarani por 2 a 0, o técnico foi criticado por supostamente ter declarado que seus jogadores seriam "burros". Hoje, se defendeu da acusação, a qual alegou ser tendenciosa.

Em entrevista à Web Rádio Mooca, o técnico se mostrou insatisfeito com o resultado após a partida e, com sinceridade, analisou as qualidades e defeitos de seu time, mas partiu em defesa de seus jogadores, elogiando o setor defensivo e pedindo paciência à torcida.

Porém, algumas declarações do treinador foram consideradas "polêmicas", e Alex aproveitou para se defender, em nota oficial.

"Recentemente, fui criticado por supostamente ter ofendido a inteligência de meus atletas, e venho a público afirmar categoricamente que jamais iria proferir algo maldoso e mentiroso quanto tal declaração" - #escreveu, antes de completar:

"Tenho um apreço imensurável por meus jogadores, homens de família, batalhadores, que entram em campo buscando não apenas o êxito profissional, mas lutando por uma vida melhor para eles e seus familiares. Chamá-los de "burros", como tendenciosamente foi disposto na matéria, seria não apenas uma inverdade, mas uma incoerência sem tamanho. O burro, nesse caso, seria eu".

Na Série A2 do Paulistão, o Juventus ocupa a 13ª colocação, à frente de Batatais, Audax e Água Santa. Alex assumiu a equipe no fim de janeiro e conquistou duas das três vitórias do time na competição.

Confira a nota oficial na íntegra:

"Estar em uma posição pública não é fácil. Diariamente somos bombardeados de críticas. Algumas construtivas e verdadeiras, e outras por pura ignorância ou desonestidade.

Recentemente, fui criticado por supostamente ter ofendido a inteligência de meus atletas, e venho a público afirmar categoricamente que jamais iria proferir algo maldoso e mentiroso quanto tal declaração.

Tenho um apreço imensurável por meus jogadores, homens de família, batalhadores, que entram em campo buscando não apenas o êxito profissional, mas lutando por uma vida melhor para eles e seus familiares. Chamá-los de "burros", como tendenciosamente foi disposto na matéria, seria não apenas uma inverdade, mas uma incoerência sem tamanho. O burro, nesse caso, seria eu.

Meus jogadores entram em campo para defender as cores do Juventus e, lá dentro, deixam tudo que têm. Não poderia pedir mais deles.

Tirar de contexto uma declaração e publicá-la de forma tendenciosa fere os espíritos jornalístico e esportivos, e é algo que não merece nem ao menos uma resposta. Ainda assim, decidi tomar esse espaço para me dirigir não ao veículo, mas aos meus atletas e fãs, e reafirmar o quanto sou grato e feliz por tê-los em meu elenco e ao meu lado"

Facebook Lance Twitter Lance