Paquetá é o próximo? Relembre as vendas de jovens promessas do Fla
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



10/10/2018 | 13:31

Paquetá é o próximo? Relembre as vendas de jovens promessas do Fla

  •  Corinthians x Flamengo Lucas Paquetá
    O meia Lucas Paquetá está próximo de se tornar mais um talento revelado pelo Flamengo a se transferir por cifras milionárias para o futebol europeu. Nos últimos anos, o clube viu boa parte de sua arrecadação ligada à venda de jogadores oriundos das suas categorias de base. Garantia de cofre cheio, mas também de perdas técnicas em campo e de um postulante a grande ídolo da torcida. Relembre outras 'crias' da base do rubro-negro que saíram por altos valores e que deixaram saudades (ou não) no torcedor. Staff Images / Flamengo
  •  Renato Augusto Flamengo
    Maior venda do Flamengo até pouco tempo, o meia Renato Augusto surgiu como uma das maiores revelações do clube naquela época. O jogador fez sua estreia em 2005, mas foi em 2006, após boas atuações nas finais da Copa do Brasil contra o Vasco, que começou a encantar os rubro-negros. Mesmo sofrendo com inúmeras lesões, o jogador seguiu desfilando seu bom futebol por mais uma temporada e meia no clube da Gávea. Foi vendido para o Bayer Leverkusen (ALE) por 10 milhões de euros (pouco mais de 43 milhões de reais na cotação atual), em julho de 2008. Atualmente defende o Beijing Guoan, da China.  ORLANDO KISSNER / AFP
  •  Airton - Flamengo
    O volante Airton foi outra grande promessa que o Flamengo viu passar pela sua categoria de base. Pelo menos nos juniores, já que o jogador só chegou no clube aos 17 anos, vindo do Nova Iguaçu. Com número elevado de desarmes e roubadas de bola, além de categoria com a bola no pé, Airton foi peça importante na conquista do Hexacampeonato Brasileiro, em 2009. Sua qualidade e regularidade chamaram a atenção do Benfica (POR), que contratou o jogador no fim daquela temporada por 3 milhões de euros (pouco mais de 12,9 milhões de reais na cotação atual). Hoje defende o Fluminense. (Foto: Vanderlei Almeida/Lancepress!)
  •  Zagueiro Fabrício quando o mesmo defendia o Flamengo
    O zagueiro Fabrício chegou ao profissional do Flamengo em 2008 após grande destaque nas categorias de base do clube. Acabou emprestado no mesmo ano ao Paraná, onde foi um dos destaques. Fez sua estreia pelo clube da Gávea somente em 2009, mas não conseguiu se firmar entre os titulares. Foi vendido em 2010 por 3 milhões de euros (aproximadamente 12,9 milhões de reais na cotação atual) para o Desportivo Brasil, na época administrado pela empresa Traffic, que o repassou ao Palmeiras. Atualmente defende o Astra Giurgiu, da Romênia. Bruno de Lima/ Lancepress!
  •  Flamengo x Boavista - Diego Maurício - 2011
    Lembra do Drogbinha? O atacante Diego Maurício fez sua estreia no profissional do Flamengo em 2010. Oscilando entre boas e más partidas, o jogador acabou negociado pelo clube para o futebol russo, em 2012. Assinou com o Alania por 2,8 milhões de euros (poucos mais de 12 milhões de reais na cotação atual). Hoje defende o Gangwon, da Coreia do Sul. (Foto: Arquivo)
  •  Samir - (Zagueiro)
    Zagueiro rápido, bom nas jogadas aéreas e eficiente na marcação. Não demorou muito para que Samir fosse comparado a Juan, um dos ídolos recentes do Flamengo. Com passagens pela base do Audax Rio, o zagueiro foi contratado em 2011 para se juntar às categorias juniores do Rubro-Negro. Em 2013 fez sua estreia no profissional, conquistando a Copa do Brasil daquele ano. Suas atuações seguras despertaram o interesse da Udinese (ITA), que acabou contratando o jogador, em 2015, por 4 milhões de euros (pouco mais de 17,2 milhões de reais na cotação atual). (Foto: Divulgação/FlaImagem)
  •  Jorge - Lateral do Flamengo
    Com problemas nas laterais desde as saídas de Leo Moura e Juan, o Flamengo viu em Jorge a solução para, pelo menos, o lado esquerdo. Habilidoso e eficiente nas chegadas ao ataque, o jogador fez a estreia no profissional em 2014, tornando-se titular absoluto já em 2015. Eleito o melhor lateral-esquerdo do Brasileirão 2016, foi premiado com sua primeira convocação à Seleção Brasileira no ano seguinte. A ascensão meteórica chamou a atenção do mercado europeu, com o Monaco oficializando a contratação do jogador por 8,5 milhões de euros (pouco mais de 36,6 milhões de euros na cotação atual), em janeiro de 2017. A venda superou os valores da transação de Renato Augusto, em 2008, tornando-se assim a mais cara da história do clube naquela época. O jogador defende atualmente o Porto (POR). (Foto: Ale Cabral/Lancepress!)
  •  Felipe Vizeu - Flamengo
    Esperança para o futuro do ataque Rubro-Negro, Felipe Vizeu encantava a torcida com sua dedicação e oportunismo dentro da grande área. Autor de gols decisivos, o jogador caiu rapidamente nas graças da torcida. Fez sua estreia entre os profissionais em 2016, ganhando destaque na campanha do clube até a final da Copa Sul-Americana, em 2017. No início deste ano, o Flamengo anunciou a venda de Vizeu à Udinese por 6,5 milhões de euros (aproximadamente 28 milhões de reais na cotação atual).  (Foto: Celso Pupo/Fotoarena/Lancepress!)
  •  Vinícius Júnior - Flamengo
    Tratado como joia pelo Flamengo desde muito cedo, o atacante Vinícius Júnior fez sua estreia no profissional do clube com apenas 16 anos, em 2017. Rápido, habilidoso e carismático, o jogador caiu rapidamente nas graças da torcida com dribles envolventes e atuações decisivas. Mas assim como sua ascensão, a passagem pelo time principal foi rápida. Ainda em 2017, o Real Madrid anunciava a contratação da joia Rubro-Negra por 45 milhões de euros (quase 194 milhões de reais na cotação atual). O jogador se transferiu oficialmente no meio deste ano, após completar 18 anos. É atualmente a transferência mais cara da história do clube. (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)
SEUCLUBE
atlético mineiro
botafogo
corinthians
cruzeiro
flamengo
fluminense
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance