Galo bate o Inter no Beira-Rio e vai à semifinal da Primeira Liga
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Galo bate o Inter no Beira-Rio e vai à semifinal da Primeira Liga

  •  Internacional x Atlético-MG
    Galo vence o Inter e é semifinalista  Ricardo Duarte/Internacional
  •  Internacional x Atlético-MG
    Galo vence o Inter e é semifinalista Ricardo Duarte/Internacional
  •  Internacional x Atlético-MG
    Galo vence o Inter e é semifinalista Ricardo Duarte/Internacional
  •  Internacional x Atlético-MG
    Galo vence o Inter e é semifinalista Luiz Erbes/Agência Freelancer.
  •  Internacional x Atlético-MG
    Galo vence o Inter e é semifinalista Luiz Erbes/Agência Freelancer.
  •  Internacional x Atlético-MG
    Galo vence o Inter e é semifinalista Luiz Erbes/Agência Freelancer.
  •  Internacional x Atlético-MG
    Galo vence o Inter e é semifinalista Luiz Erbes/Agência Freelancer.
  •  Internacional x Atlético-MG
    Galo vence o Inter e é semifinalista Luiz Erbes/Agência Freelancer.
  •  Internacional x Atlético-MG
    Galo vence o Inter e é semifinalista Luiz Erbes/Agência Freelancer.
  •  Internacional x Atlético-MG
    Galo vence o Inter e é semifinalista Luiz Erbes/Agência Freelancer.
  •  Internacional x Atlético-MG
    Galo vence o Inter e é semifinalista Luiz Erbes/Agência Freelancer.
Alexandre Corrêa - 30/08/2017 - 21:22
Porto Alegre (RS)
A equipe mista do Atlético-MG se segurou e venceu o também time "alternativo" do Internacional, na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio. A partida, válida pelas quartas de final da Primeira Liga, terminou com o placar de 1 a 0 para os mineiros, gol marcado por Clayton ainda no primeiro tempo. Agora, o Galo espera o vencedor do confronto entre Flamengo e Paraná, também na noite desta quarta, para decidir a vaga na final da competição. O Inter volta suas atenções para a disputa da Série B.

O JOGO


Dando uma pausa na rotina do Campeonato Brasileiro, Inter e Galo aproveitaram para dar chance aos seus "renegados". Apesar da partida valer uma vaga na semifinal da Primeira Liga, ambas as equipes entraram em campo com times mistos, compostos, em sua grande maioria, por jogadores reservas. Do lado Colorado, Camilo e Nico López chamavam a responsabilidade. No Atlético-MG, maior qualidade técnica, apesar de o time também ser composto por atletas que não veem atuando no Brasileirão. Robinho e Fred, junto com Clayton, formavam o trio de ataque.

Apesar de ter, na teoria, os melhores jogadores em campo, o Galo tinha dificuldade no começo do jogo. Muito previsível e parecendo desinteressado, via o Inter anular facilmente seu sistema ofensivo, além de chegar perigosamente com Nico López e Carlos. Foi somente no final da primeira etapa que a equipe mineira conseguiu começar a ameaçar. Chegou duas vezes em cinco minutos, com Leonan e Fred, mas ambos perderam suas oportunidades. Quando o empate parecia definido no primeiro tempo, Clayton recebeu na entrada da área e chutou cruzado e Marcelo Lomba nada pôde fazer, colocando o alvinegro na frente antes do intervalo.

Na volta para o segundo tempo, o Inter foi com tudo para cima do Galo. Em três minutos, já havia chegado em duas oportunidades, ambas com Carlos. Na segunda, o atacante foi lançado, dividiu com Giovanni e caiu pedindo pênalti. O árbitro mandou o jogo seguir. Na terceira que o jogador perdeu, a torcida e Guto Ferreira perderam a paciência, e Sasha entrou no seu lugar.

Passada a pressão inicial, o Atlético conseguiu equilibrar a partida. É verdade que ameaçava pouco, mas pelo menos também não sofria mais no campo defensivo. Fred teve grande chance de fazer o segundo e, possivelmente, matar o jogo, depois de grande jogada de Robinho. O camisa 9, porém, chutou desequilibrado e mandou para fora.

O lance acordou o Colorado de novo, que voltou a pressionar. Por muito pouco não chegou ao empate aos 30 minutos. Edenílson cobrou bola na área e a zaga afastou mal. Na sobra, Nico López bateu de primeira e Gabriel tirou em cima da linha, salvando o Atlético. Seis minutos depois, Roberson e Camilo tabelaram e o atacante ficou cara a cara com Giovanni, mas na hora de empatar, o jogador chutou mal e mandou para fora.

O Inter ainda teve uma última chance aos 42 minutos. Nico López chutou para grande defesa de Giovanni. Na sobra, Roberson também parou no goleiro alvinegro. Um minuto depois, o argentino tetou de novo, mas parou na trave. O Galo, valente, se segurou e garantiu a vitória por 1 a 0, se classificando para a semifinal da competição, para enfrentar o vencedor do confronto entre Flamengo e Paraná. O Colorado agora fica focado apenas na disputa da Série B, onde lidera, com 42 pontos.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 0 X 1 ATLÉTICO-MG

Local: Beira Rio, Porto Alegre
Data-hora: 30/8/2017 – 19h30
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Alex dos Santos (SC) e Eli Alves Svideski (SC)
Público: Não divulgado.
Cartões amarelos: Roger Bernardo (CAM)
Cartões vermelhos: Não houve.
Gol: Clayton, 39'1°T (0-1)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Junio, Danilo Silva, Ernando e Iago; Charlers, Alex Santana (Edenílson, int) e Camilo; Carlos (Eduardo Sasha, 12'2°T), Nico López e Joanderson (Roberson, 24'2°T) – Técnico: Guto Ferreira.

ATLÉTICO-MG: Giovanni; Marcos Rocha, Gabriel, Bremer e Leonan (Mansur, 45'2°T); Roger Bernardo, Yago e Valdívia (Ralph, 14'2°T); Clayton (Marlone, 29'2°T), Robinho e Fred – Técnico: Rogério Micale.

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance