Figueirense x Cuiabá, Ba-Vi, Fla x Galo... Jogos que acabaram em W.O
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



21/08/2019 | 14:42

Figueirense x Cuiabá, Ba-Vi, Fla x Galo... Jogos que acabaram em W.O

  •  Elenco do Figueirense com Vinicius Eutrópio
    Não é só por confusão que um jogo termina por W.O. Nesta terça-feira pelo Brasileiro da Série B, o Figueirense não entrou em campo por conta de atrasos salariais e direitos de imagens não pagos. Com isso, o LANCE! relembra as partidas que terminaram em W.O.  Foto: Patrick Floriani/FFC
  •  Kanu - Bahia x Vitória
    Vitória e Bahia protagonizaram no último domingo cenas lamentáveis no Barradão, num jogo onde houve nove expulsões, sendo cinco pelo lado Rubro-Negro, após polêmica comemoração do meia tricolor Vinicius. Pelo Vitória, Kanu, Denílson, Rhayner, Uillian Correia e Bruno Bispo levaram vermelho e o Bahia venceu a partida por W.O (Imagem: Reprodução/TV Globo)
  •  Flamengo x Atlético-MG - Libertadores 1981
    Quem não conhece a polêmica história da partida entre Flamengo x Atlético-MG pela Copa Libertadores da América de 1981? Na oportunidade, o árbitro José Roberto Wright expulsou os atleticanos Reinaldo, Éder, Chicão, Palhinha e Osmar, terminando a partida em W.O aos 37 do primeiro tempo, com vitória do Rubro-Negro, que acabou se sagrando campeão naquele ano Reprodução/Internet
  •  ABC x America/RN - 2012
    No campeonato Potiguar de 2012, ABC e América de Natal também não conseguiram realizar os 90 minutos de partida. Após confusão generalizada, os jogadores do América, Cleber, Michael Schmoller, Ricardo Baiano, Isac e Lucio Curió, foram expulsos e o ABC saiu vencedor por W.O  Reprodução/Youtube
  •  Canelas 2010
    Pela quarta divisão portuguesa, o Canelas 2010 venceu 11 jogos por W.O, mas o motivo é bastante inusitado. A equipe é formada por integrantes de uma das torcidas organizadas do Porto, e os adversários se recusam a jogar contra o Canelas, alegando medo da violência que poderiam sofrer. Os árbitros também seriam coagidos e não relatam na súmula Reprodução/Facebook
  •  Bangu 3x0 Flamengo
    O Bangu vencia o Flamengo por 2 a 0 a decisão de 1966 quando, aos 25 da etapa final, o polêmico Almir Pernambuquinho revidou uma falta violenta em Paulo Henrique e, no Maracanã, gerou uma briga generalizada. Foram expulsos nove jogadores - cinco do Rubro-Negro e quatro dos banguenses. O Bangu deu a volta olímpica após o caos Arquivo
  •  Campo com farinha de trigo
    Não foi apenas por briga! Outros casos inusitados de W.O já ocorreram no Brasil. Pela série C do Carioca sub-17 no ano passado, também ocorreu um fato muito incomum, a partida entre Duque de Caxias e São Gonçalo também não teve término por falta de demarcações no campo. Os funcionários até tentaram improvisar as linhas com farinha de trigo, mas não adiantou e a partida terminou em W.O, com vitória do São Gonçalo Divulgação/Ferj
  •  Mogi Mirim - WO
    Em meados do ano passado o Mogi Mirim-SP enfrentaria o Ypiranga-RS na partida válida pela Terceira Divisão nacional. No entanto, o atraso de sete meses nos salários dos jogadores fez com que o sindicato dos atletas impedisse a entrada dos mesmos em campo, o que culminou na vitória por W.O da equipe do Ypiranga Reprodução Site Oficial/Ypiranga
  •  Arena Condá
    Chapecoense x Atlético-MG terminou em um W.O duplo na última rodada do Campeonato Brasileiro de 2016, mas o motivo não foi por briga ou confusão. O fato ocorreu em comum acordo das duas diretorias em respeito ao acidente aéreo que sofreu a equipe catarinense e vitimou 71 pessoas na Colômbia. A CBF realizou todo o protocolo da partida, mas o árbitro decretou W.O após 30 minutos do início da partida Divulgação
  •  Rio Claro leva W.O. antecipado por não ter estádio liberado na A-2
    Sem condição para realização da partida, o estádio do Rio Claro-SP foi interditado e o clube não solicitou a troca do lugar no prazo devido para a realização do jogo contra o Juventus-SP. Com isso a federação Paulista deu a vitória por W.O ao Juventus no confronto que seria válido pela série A2 do Paulistão de 2018 Reprodução/Facebook
  •  União x Crato - jogo acaba mais cedo
    Pediu pra sair! Em outubro de 2017, Crato e União se enfrentaram pela série A2 do Campeonato Cearense. Após expulsão de um jogador do Crato e placar marcando 10 a 0, o capitão do time da casa sugeriu ao juiz o término da partida, que acatou e encerrou o jogo aos 40 do segundo tempo Divulgação/FCF
  •  Portuguesa x Botafogo
    A partida entre Portuguesa e Botafogo, pelo Rio-São Paulo de 1954, é vista como a maior batalha campal no futebol brasileiro. A confusão foi iniciada aos 31 minutos do segundo tempo, quando o botafoguense Thomé trocou sopapos com o luso Ortega, gerando uma briga entre os 22 jogadores, mais os dez reservas. Todos os atletas foram expulsos Arquivo
  •  Gama x Brasiliense
    Gama e Brasiliense empatavam em 1 a 1 quando, a cinco minutos do fim, uma jogada ríspida entre Nunes e Didu Gago iniciou um conflito intenso em campo e nas arquibancadas do Bezerrão. Após a pancadaria entre atletas, o árbitro confirmou o fim de jogo e dez expulsões (seis do Gama e quatro do Brasiliense) no Candangão de 2017 Reprodução/Youtube
  •  Luverdense vence por W.O a equipe do Araguaia
    Marcada para 12 de fevereiro, a partida entre Araguaia x Luverdense não foi realizada devido a interdição do estádio. Os motivos são falta dos laudos do corpo de bombeiros, PM , e vigilância que são necessários para os estádios receberem jogos oficiais de futebol. Com isso, o Luverdense foi decretado vencedor da partida por W.O MT Agora - Assessoria
  •  Estádio Mirandão
    Em Araguaína (TO), Sparta e Real Ariquemes também não puderam jogar pela Copa Verde. O motivo foi a falta de uma ambulância preparada no estádio. O carro que havia no local não detinha de um aparelho médico adequado para socorro aos atletas. Após uma hora de espera, o árbitro decretou fim da partida, que terminou com vitória por W.O do Real Ariquemes Divulgação


SEUCLUBE
atletico-paranaense
atlético mineiro
avaí
bahia
botafogo
ceara
chapecoense
corinthians
cruzeiro
CSA
flamengo
fluminense
Fortaleza
Goiás
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance