Ferroviária repudia mando de campo favorável ao São Paulo na Copinha
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Ferroviária repudia mando de campo favorável ao São Paulo na Copinha

Ferroviária Copinha
Ferroviária lançou nota de repúdio conta a FPF (Foto: Thiago Carvalho/Assessoria Ferroviária)
Fernanda Teixeira* - 10/01/2019 - 19:18
Araraquara (SP)
A Associação Ferroviária de Esportes divulgou, nesta quinta-feira, uma nota de repúdio contra a Federação Paulista de Futebol (FPF), que marcou o primeiro jogo da equipe na fase eliminatória da Copa São Paulo para longe de Araraquara (SP), cidade sede do clube. Primeira colocada do grupo 7, à frente do São Paulo, a Ferroviária alega ter sido prejudicada pela não utilização de critérios técnicos na escolha das praças das partidas. O time Grená vai enfrentar o Velo Clube em Rio Claro, na próxima sexta, às 19h. Em Araraquara, no mesmo dia e horário, foi marcado o jogo do Tricolor Paulista, segundo colocado, contra o Rio Claro, líder do Grupo 8.


São Paulo e Ferroviária empataram em 2 a 2, na última quarta, pela rodada final da fase de grupos da Copinha, na Arena Fonte Luminosa. O empate deixou o Tricolor em segundo lugar com sete pontos ganhos, o mesmo número da anfitriã, que levou vantagem no saldo de gols. Após a divulgação da tabela da segunda fase, a Locomotiva divulgou nota de repúdio em que critica a FPF:



E MAIS:
– A AFE apresenta profunda consternação de todos os colaboradores, atletas e torcedores desta instituição com a decisão da FPF de subverter a lógica do critério técnico para escolha das praças dos jogos da segunda fase da competição. O futebol sai derrotado – diz um trecho da nota.

O clube também alega que a decisão da FPF prejudica os patrocinadores e a população de Araraquara, que se mobilizava em torno do

– É um enorme desestimulo à competição. O trabalho árduo feito cotidianamente para a construção de um projeto para o desenvolvimento do futebol paulista é, nesse momento, duramente golpeado diante dos patrocinadores locais e do povo de Araraquara, que ontem lotou o estádio, fervoroso com futebol e hoje acordou entristecido, desprestigiado e descrente do futebol e de nossas instituições . 

Consultada pelo L!, a FPF  disse, em nota, ter avaliado quesitos como segurança e logística na escolha dos locais das partidas. 

– A FPF informa que o Regulamento Específico da Copa São Paulo, em seu artigo 2º, parágrafo 2º, atribui ao Departamento de Competições da FPF a competência para designar os mandos de campo e indicar os locais de jogos, utilizando-se de critérios técnicos, de segurança e de logística. Nos casos em que sedes recebem clubes de maior torcida, prevalecem as questões relativas a segurança e logística no processo de decisão dos locais de jogo.

*Sob a supervisão de Bernardo Cruz

Facebook Lance Twitter Lance