menu button lance
lancelogo lancelogo lance
TEMPO
REAL

Doeu no bolso! Lembre polêmicas que custaram caro a atletas e clubes

  •  Apresentação Bruno no Boa Esporte
    Contratação de Bruno, que deixou a cadeia, custou ao Boa Esporte a perda de quatro patrocinadores e da fornecedora de uniformes Nelson Antoine/AGIF
  •  Ronaldo Fenômeno no Azteca, onde nunca jogou
    Fenômeno viu o contrato com a TIM ser rompido após ser flagrado em motel com travestis Foto: (Divulgação Nike)
  •  Rooney - Manchester United x Everton
    Por ser flagrado com prostitutas, Rooney deixou de ser patrocinado pela Coca-Cola e pela Tiger Beer (Foto: Oli Scarff / AFP)
  •  Atlético-PR 5x1 Vasco - 8/12/2013
    Violência entre torcidas de Vasco e Atlético-PR custou aos cruz-maltinos a perda do patrocínio da Nissan (Foto: Paulo Sergio/Lancepress!)
  •  Sede da CBF
    Escândalos de corrupção fizeram a CBF perder patrocínios da Michelin, Gillette, Sadia, Unimed Seguros e Samsung  (Foto: divulgação)
  •  Taça da Copa do Brasil
    O escândalo ainda fez a Petrobras rescindir o contrato de patrocínio para a Copa do Brasil Taça da Copa do Brasil (Foto: Rafael Ribeiro / CBF)
  •  Sede da Fifa, em Zurique (Foto: Fabrice Coffrini / AFP)
    Escândalo de corrupção rendeu perda de quatro patrocinadores à Fifa Sede da Fifa, em Zurique (Foto: Fabrice Coffrini / AFP)
  •  Oscar Pistorius
    Acusado de matar a tiros sua namorada, o atleta Oscar Pistorius viu Nike e Oakley romperem vínculo de patrocínio Oscar Pistorius (Foto: Arquivo Lance)
  •  Lance Armstrong (Foto:AFP)
    Caso de doping custou a ciclista Lance Armstrong a perda dos patrocínios da Nike, AB Imbev, Oakley e Trek Lance Armstrong (Foto:AFP)
  •  Tiger Woods e Lindsey Vonn (Foto: Divulgação)
    Protagonista de escândalo sexual, golfista Tiger Woods perdeu contratos com Gatorade, AT&T, Accenture e Tag Heuer Tiger Woods e Lindsey Vonn (Foto: Divulgação)
  •  Magic Johnson na American Arlines Arena para o jogo 2 da final da NBA 2010/2011 (Foto: Daniel Perissé)
    Após revelar ser portador do vírus HIV, ídolo do basquete Magic Johnson perdeu apois da Pepsi e da Converse Magic Johnson na American Arlines Arena para o jogo 2 da final da NBA 2010/2011 (Foto: Daniel Perissé)
  •  Kobe Bryant se emocionou bastante antes de realizar seu último jogo da carreira
    Acusado de assédio sexual, jogador de basquete Kobe Bryant perdeu patrocínio do McDonald's Kobe Bryant se emocionou bastante antes de realizar seu último jogo da carreira (Foto: ANDREW D. BERNSTEIN/AFP)
  •  OJ Simpson, ídolo no futebol americano, ficou preso em 2007 por tentativa de assalto
    Acusado de matar ex-mulher e amigo, O.J. Simpson perdeu o patrocínio da Herz (Foto: JAE C. HONG / POOL / AFP)
  •  Outro destaque do futebol americano, Michael Vick foi detido em 2007 por envolvimento em rinha de cães
    Destaque do futebol americano, Michael Vick perdeu patrocínios da Nike e Rawling por promover rinha de cães  (Foto: GREGORY SHAMUS / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP)
  •  Ben johnson
    Pego no antidoping, velocista Ben johnson perdeu patrocínio da empresa Diadora nos a (Foto:AFP)
  •  Pacquiao pede desculpas após declarações polêmicas contra gays (Foto: Reprodução/Instagram)
    Pugilista Manny Pacquiao perdeu patrocínio da Nike por declarações homofóbicas em 2016 Pacquiao pede desculpas após declarações polêmicas contra gays (Foto: Reprodução/Instagram)
  •  Phelps
    Após revelar que usou maconha, Michael Phelps perdeu o patrocínio da Kellogg's GABRIEL BOUYS / AFP
  •  Ryan Lochte fazendo comercial de alarme
    Por falso sequestro na Rio-2016, nadador Ryan Lochte perdeu patrocínios da Speedo, Ralph Lauren e outras duas marcas REPRODUÇÃO - LANCE!TV
RADAR / LANCE! - 15/03/2017 - 13:10
Rio de Janeiro (RJ)
A chegada de Bruno ao Boa Esporte trouxe uma séria dor no bolso para o clube mineiro. Em poucos dias, os patrocinadores Góis & Silva, Magsul, Cardiocenter e Nutrends Nutrition, e a Kanxa, fornecedora de uniformes romperam o vínculo com os bovetas.

Porém, esta não é a primeira polêmica digna de render prejuízos na história do esporte. De Ronaldo à CBF, o LANCE! traz alguns dos atletas, clubes e instituições que perderam patrocínios por repercussão negativa.

E MAIS:
SEUCLUBE
atlético mineiro
botafogo
corinthians
cruzeiro
flamengo
fluminense
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Facebook Lance Twitter Lance