CSA x Palmeiras é 1º jogo sem TV do Brasileiro: veja como está a situação
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

CSA x Palmeiras é 1º jogo sem TV do Brasileiro: veja como está a situação

Estádio Rei Pelé
Nenhuma imagem do jogo poderá ser exibida ao vivo do estádio Rei Pelé nesta quarta-feira, em Maceió (Divulgação)
William Correia - 01/05/2019 - 09:35
São Paulo (SP)
A segunda rodada do Campeonato Brasileiro terá uma situação inusitada: um jogo que não será exibido ao vivo por nenhuma emissora de televisão, em nenhuma plataforma. E o que levou CSA x Palmeiras, duelo das 16h desta quarta-feira, em Maceió (AL), a esse ponto é o desacordo do atual campeão nacional com o Grupo Globo, que detém os direitos de transmissão de todos os outros clubes em, ao menos, um de seus canais.

O Palmeiras acertou com a Turner, grupo do Esporte Interativo e que detém a TNT, canal que transmitirá as partidas do time contra outras equipes parceiras do grupo. O Verdão anunciou o acordo em dezembro de 2016, com validade para jogos do clube pelo Campeonato Brasileiro entre 2019 e 2024. Desde então, as negociações com a Globo se arrastaram sem nenhum desfecho positivo e, embora tenham dado sinais de proximidade recentemente, o campeão brasileiro de 2018 não terá nenhuma partida exibida na televisão aberta ou no sistema de pay per view por enquanto.




E MAIS:
O impasse ocorre porque, dentro do que estabelece a Lei Pelé, o jogo só pode ser transmitido na televisão com a anuência dos dois clubes, e o CSA tem acordo com a Globo para ter compromissos exibidos na televisão aberta, fechada ou pay per view. Como o Palmeiras só vendeu seus direitos de transmissão à Turner, o torcedor terá de acompanhar a partida pelo rádio ou através da narração da TV Palmeiras, sem imagem do que ocorre no campo.

As negociações entre Palmeiras e Globo seguem. No sábado, horas antes do começo do Brasileiro, os dois lados publicaram notas oficiais. O Verdão assegura que adota um posicionamento "embasado em critérios absolutamente técnicos, com ênfase em audiência, performance esportiva destacada e na relevância da marca Palmeiras, considerando não apenas a evolução dos últimos anos, mas sobretudo a perspectiva para os próximos". Já a Globo diz que "respeita a paixão do torcedor, as condições de mercado e a relevância dos clubes".

O Palmeiras tenta se aproximar do que a Globo paga a Corinthians e Flamengo. Da Turner, recebeu R$ 100 milhões - metade paga no fim do mandato de Paulo Nobre, e outra no início da gestão de Maurício Galiotte, em 2017, como revelou o LANCE! na ocasião. Athletico-PR, Bahia, Ceará, Fortaleza, Internacional e Santos também fecharam com o grupo e alguns chegaram a manifestar incômodo pelos valores pagos ao Verdão, embora Galiotte assegure não ter sido procurado por ninguém. O fato é que, fora o Furacão, todos os outros fecharam com a Globo para transmissão na TV aberta e no pay per view.

O Athletico cedeu à Globo somente os direitos de transmissão para partidas na TV aberta e também se manifestou em nota oficial, apontando injustiça na divisão dos valores pagos no pay per view, reclamando que uma "injusta forma de avaliação e distribuição dos valores resulta em uma competição cada vez mais desigual em campo".

De qualquer forma, a definição dos jogos sem transmissão do Athletico depende de enfrentar alguém que fechou com a Turner ou da grade da televisão aberta da Globo. O Palmeiras, por sua vez, terá 26 de suas 38 partidas no Brasileiro sem qualquer exibição ao vivo caso não entre em acordo com o Grupo Globo - ainda que a emissora continue exibindo jogos do time pela Libertadores e Copa do Brasil, já que são contratos distintos.

Pensando no torcedor que poderá ir aos 19 jogos em que o time é mandante na capital (clássicos têm torcida única, o que impede o alviverde de estar em Itaquera ou Morumbi), fora as seis partidas como visitante contra clubes acertados com a Turner, o palmeirense terá de viajar para não ficar sem ver 13 compromissos da equipe no Brasileiro. A começar por esta quarta, em Alagoas.

Dentro da tabela detalhada divulgada pela CBF, até a nona rodada, quando o torneio será paralisado por conta da Copa América, confira as partidas sem transmissão na televisão nesse período:

2ª RODADA - 1/5 - CSA x PALMEIRAS - 16H
3ª RODADA - 5/5 - CHAPECOENSE x ATHLETICO-PR - 11H
4ª RODADA - 12/5 - ATLÉTICO-MG X PALMEIRAS - 16H
6ª RODADA - 25/5 - BOTAFOGO X PALMEIRAS - 16H
7ª RODADA - 2/6 - CHAPECOENSE X PALMEIRAS - 16H
9ª RODADA - 13/6 - PALMEIRAS X AVAÍ - 20H
9ª RODADA - 13/6 - GOIÁS X ATHLETICO-PR - 20H

Facebook Lance Twitter Lance