Corinthians tenta anunciar Zeca nesta quarta; Santos não desiste
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Corinthians tenta anunciar Zeca nesta quarta; Santos não desiste

  •  Zeca (coletiva)
    Zeca em entrevista coletiva no mês passado Marcio Porto
  •  Zeca (coletiva)
    Lateral disse que não voltaria mais ao Santos Marcio Porto
  •  Zeca
    Zeca em treino do Santos (Foto: Ivan Storti/Santos)
  •  Zeca, do Santos
    Zeca, com a camisa do Santos Ivan Storti
  •  Zeca, do Santos
    Zeca se desligou do Santos no ano passado Ivan Storti
  •  Zeca, do Santos
    Zeca, em treino do Santos Foto: Ivan Storti / Santos FC
Ana Canhedo e Marcio Porto - 14/03/2018 - 06:05
São Paulo (SP)
O Corinthians trabalha com a possibilidade de anunciar Zeca nesta quarta-feira, antes do duelo contra o Deportivo Lara (VEN) pela Copa Libertadores. Diferentes áreas do clube passaram a terça-feira empenhadas em concluir os últimos trâmites para oficializar o lateral como reforço. 

Zeca já passou por uma série de exames médicos e conheceu as dependências do clube nesta terça. Teve contato com médicos e preparadores, além de outros funcionários do clube. A parte de comunicação, por exemplo, já começou preparar material para ser divulgado à imprensa quando o jogador for anunciado. 

Uma parte importante está com o departamento jurídico. Foram os advogados que deram a garantia à diretoria de que o negócio era viável mesmo com o imbróglio judicial do lateral com o Santos. Decisão importante neste processo aconteceu na segunda-feira, quando Zeca obteve uma liminar que buscava há tempos. Ficou definido em conversa com o Corinthians que os riscos da transação serão assumidos pelo atleta e seu estafe, caso o Peixe consiga reverter na Justiça a decisão que o libera a outro clube. Há uma audiência marcada para abril. Agora, Zeca deve assinar por quatro ou cinco anos.

Enquanto vê o lateral perto de seu rival, o Santos tenta buscar soluções para não sair de mãos abanando. O assunto será levado ao Comitê de Gestão nesta quarta-feira. O colegiado discutirá qual será a melhor medida a se adotar neste momento. O presidente José Carlos Peres já deixou claro que não abrirá mão de receber a multa estipulada sobre Zeca, na casa dos R$ 50 milhões para clubes brasileiros. 

Zeca desligou-se do Santos no fim do ano passado, quando obteve um habeas corpus após alegar o não pagamento de fundo de garantia, além de ter citado uma agressão sofrida enquanto voltava de um jogo do time da Baixada. Desde então, ele não cogita uma reconciliação com o Peixe, como deixou claro em entrevista coletiva concedida no mês passado. Na época, já negociava com o Corinthians após ver o Flamengo desistir de contratá-lo, aconselhado pelo seu departamento jurídico.

E MAIS:E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance