No confronto dos Leões, Sport e Vitória ficam no empate na Arena Pernambuco
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

No confronto dos Leões, Sport e Vitória ficam no empate na Arena Pernambuco

Sport x Vitória
(Foto: Anderson Stevens/ Sport Recife)
LANCE! - 01/02/2020 - 17:11
Futebol Latino 
Foi um verdadeiro jogão. Essa, sem dúvida, é a melhor definição para duelo entre Sport e Vitória, pela segunda rodada da Copa do Nordeste. Com o primeiro tempo sem alterações no placar, equipes voltam mais dispostas na última etapa, com Guilherme Rend marcando para os visitantes, porém Lucas Mugni tratou de deixar tudo igual, fechando o confronto em 1 a 1.

Com o resultado, os comandados de Guto somam agora 4 pontos, caindo para a terceira posição no Grupo A. Já os comandos de Geninho subiram para a quarta posição, agora com 2 pontos conquistados.


E MAIS:
PRIMEIRO TEMPO

Jogando com a força de sua torcida, o Sport partiu pra cima do Vitória desde o início. E antes mesmo dos 10 minutos, o Leão da Ilha até conseguiu marcar, mas o bandeira acabou flagrando impedimento de Leandro Barcia.

Não conseguindo impor seu jogo, os comandados de Geninho pouco conseguiam chegar ao seu campo de ataque. Com isso, a primeira finalização foi de Fernando Neto, próximo dos 20 minutos, mas a bola subiu demais para alívio do goleiro Luan Polli.

Após essa primeira tentativa, o Vitória pareceu ter acordado no jogo. Aos poucos, a equipe de Salvador conseguia pressionar o adversário, que, por sua vez, mantinha-se atento às chegadas.

Mas o Sport não quis saber apenas de defender-se. Com isso, aventurou-se na esperança de tirar o zero do placar, com Lucas Mugni, Elton, duas vezes, dando muito trabalho ao goleiro Ronaldo que evitou que o marcador fosse aberto.

Aos 30, o jogo esquentou de vez. Após uma cobrança de falta pela esquerda, a arbitragem acabou marcando pênalti de Vico. No entanto, minutos depois, com a ajuda do quatro árbitro, Marcelo Aparecido Ribeiro voltou atrás  e anulou a infração, já que a bola acabou batendo na barriga do camisa 11.

Até o final do primeiro tempo, o panorama manteve-se igual, com os dois times indo para o vestiários com o placar em 0 a 0.

SEGUNDO TEMPO

Mesmo sabendo das dificuldades, o Vitória iniciou a última etapa na esperança de conseguir abrir o placar e jogar a pressão para o adversário. E conseguiu. Aos 10 minutos, em um chute rasteiro de longe, o camisa 5, Guilherme Rend, soltou a bomba sem chances para o goleiro Luan Polli.

Não querendo ser surpreendido em casa, o técnico Guto Ferreira recuou aos seus reservas para mudar um pouco o time em campo. As entradas de Hernane e Marquinhos, acabaram surtindo efeito inicialmente, já que o Sport marcava a saída de bola dos visitantes, conseguindo manter-se em seu campo de ataque.

Aos 28, após a blitz na área adversária, o Leão da Ilha chegou ao seu gol de empate para delírio de sua torcida na Arena. Aproveitando rebote no chute de Marquinhos, Lucas Mugni, encobrindo o goleiro Ronaldo para balançar as redes. 1 a 1.

O empate deu uma nova cara ao confronto. Com ambos os times se atacando a todo momento, os goleiros não tinham um minuto de sossego em campo.

Mesmo com toda a ansiedade para marcar o gol, nenhuma equipe foi capaz de vazar as defesas, dando a deixa para a arbitragem colocar um ponto final no duelo na Arena Pernambuco.

Facebook Lance Twitter Lance