Chapelaria histórica! Lembre negociações atravessadas
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe


10/07/2017 | 19:26

Chapelaria histórica! Lembre negociações atravessadas

  •  Andrés Ríos
    Ríos - O atacante negociou com o Botafogo e chegaria ao lado de Leo Valencia, mas o Vasco atravessou a negociação e já anunciou o jogador ex-Defensa y Justicia. Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br
  •  Leonardo (Leo) Valencia, do Palestino, do Chile
    Leo Valencia - Já o Vasco queria Leo Valencia, que era do Palestino, mas o Botafogo apareceu com mais dinheiro, graças à saída de Montillo, e garantiu o chileno. (Foto: Reprodução)
  •  Dudu - Palmeiras x Cruzeiro
    Dudu - O atacante estava sendo disputado por Corinthians e São Paulo, que estiveram bem próximos de um acerto. Mas o Palmeiras, que nem era citado, entrou na jogada e anunciou rapidamente o seu atual capitão. (Foto: Daniel Vorley/AGIF)
  •  Edilson Capetinha - Flamengo
    Edilson - Em 2000, o Vasco liberou Edmundo para o Santos e queria um atacante de velocidade para fazer dupla com Romário. O sonho da diretoria era o Capetinha, que chegou a estar bem perto da Colina. Mas ele acabou preferindo o Flamengo e o Cruz-Maltino acertou com Euller. (Foto: Cleber Mendes/Lancepress!)
  •  Alex - Flamengo
    Alex - No mesmo ano, Eurico Miranda, então vice-presidente de futebol do Vasco, foi à Europa com a missão de contratar Alex, então do Parma. Não conseguiu o meia, que foi para o Flamengo. Reprodução
  •  Juninho Paulista - Vasco
    Juninho Paulista - Para não voltar ao Brasil de mãos abanando, conseguiu rapidamente o empréstimo de Juninho Paulista junto ao Atlético de Madrid. O craque também era desejado justamente pelo Flamengo. (Foto: AP Photo/Eduardo Di Baia/Arquivo Lance!)
  •  Ronaldinho Gaúcho chega ao Flamengo com festa na Gávea - 2011
    Ronaldinho Gaúcho - Um chapéu bastante famoso ocorreu em 2011. R10 negociava com Grêmio, Palmeiras e Flamengo. O Tricolor chegou a armar a festa no Olímpico e o Verdão também estava confiante, mas o craque optou pelo Rubro-Negro. (Foto: Arquivo Lance!)
  •  Ronaldinho - Fluminense
    Ronaldinho Gaúcho - Depois de uma apagada passagem pelo futebol mexicano, Eurico Miranda quis levar o craque para a Colina e chegou a dizer que estava 90% fechado. Mas acabou indo para o Fluminense. (Foto: Marcos Cunha/Lancepress!)
  •  Donizete e Capurro - Vasco x Barcelona - 1998
    Donizete - Em 1998, Donizete tinha saído do Corinthians e iria se apresentar ao Flamengo. Mas Edmundo, que estava de saída do Vasco, recomendou o Pantera ao clube, e Eurico Miranda foi à sua casa informá-lo que seria do Cruz-Maltino. No dia seguinte, estava na Colina. VANDERLEI ALMEIDA / AFP
  •  São Januário: Roberto Dinamite (184 gols)
    Roberto Dinamite - Em 1980, Roberto Dinamite estava de saída do Barcelona e iria para o Flamengo, tudo estava encaminhado. Eurico Miranda, ainda sem ter todo o peso que teria anos depois, foi à Catalunha e garantiu que o craque retornaria ao Vasco. Reprodução
  •  Alan Kardec - São Paulo
    Alan Kardec - Em 2014, o atacante vivia boa fase no Palmeiras, e para continuar, deveria ser contratado em definitivo junto ao Benfica. Mas o jogador entrou em conflito com a diretoria do Verdão e foi para o São Paulo. (Foto: Marcello Zambrana/AGIF)
  •  2009 - O Corinthians de Ronaldo Fenômeno bateu o Inter na decisão
    Ronaldo - Flamenguista declarado, o Fenômeno tinha saído do Milan e recuperava a forma física no Rubro-Negro, que queria depois contratar o craque, com o presidente Márcio Braga até dizendo que tudo estava apalavrado. Mas acabou indo para o Corinthians. (Foto: Foto de Ari Ferreira/Lancepress!)
  •  Cesar Sampaio, ex-jogador do Palmeiras (Foto: Djalma Vasso/LANCE!Press)
    Cesar Sampaio - Em 1999, o Vasco tinha como prioridade contratar um volante, e o nome favorito era o de César Sampaio, que estava no Japão. As negociações ficaram avançadas, mas ele preferiu ir para o Palmeiras. Cesar Sampaio, ex-jogador do Palmeiras (Foto: Djalma Vasso/LANCE!Press)
  •  Em 2006, Zé Roberto acertou com o Santos para ser o grande destaque da equipe
    Zé Roberto - Em 2006, Zé Roberto foi treinar nas instalações do São Paulo para manter a forma durante as férias. O Tricolor queria segurar o jogador lá, mas foi para o Santos. (Foto: AFP/DANIEL KFOURI)
  •  Ilsinho - São Paulo
    Ilsinho - Cria do Palmeiras, o lateral-direito se recusou a renovar contrato com o Verdão e assinou com o São Paulo. (Foto: Divulgação)
  •  Arrascaeta é um dos principais jogadores do Cruzeiro
    Arrascaeta - O uruguaio tinha tudo encaminhado com o Internacional, mas acabou indo para o Cruzeiro. FOTO: Fernando Michel
  •  Richarlyson (Foto: Divulgação)
    Richarlyson - Em 2005, estava de saída do Santo André e chegou a fazer exames médicos pelo Palmeiras em uma manhã. Durante a tarde estava no São Paulo. Richarlyson (Foto: Divulgação)
  •  Kléber Pereira pelo Santos em 2008
    Kleber Pereira - O atacante tinha tudo encaminhado com o Palmeiras em 2007 após passagem pelo México, mas Vanderlei Luxemburgo o convenceu a ir para o Santos. Lancepress!
  •  Cafu - Palmeiras
    Cafu - O São Paulo negociou Cafu com o Zaragoza, e incluiu uma cláusula que impedia sua volta a outro clube paulista. A Parmalat, patrocinadora do Palmeiras, protagonizou uma manobra colocando o jogador no Juventude, também parceira da empresa italiana, e o repassou ao Verdão após três meses. (Foto: Arquivo Lance!)
  •  Alex - Coritiba
    Alex - Quando resolveu voltar ao Brasil depois de virar ídolo na Turquia, Cruzeiro e Palmeiras lutavam pelo craque. Ele acabou resolvendo voltar às origens e foi para o Coritiba. (Foto: Felipe Gabriel/Lancepress!)
  •  Carlos Germano (Vasco)
    Carlos Germano - Em 1997, o goleiro teve dificuldades a renovar com o Vasco, e iria para o Fluminense, chegou até a treinar no Tricolor. Mas rapidamente o Cruz-Maltino acertou sua permanência e o jogador foi fundamental no título brasileiro daquele ano. Divulgação
  •  Hoje no Flamengo, Conca ainda era unanimidade entre os ídolos da história do Fluminense
    Conca - O argentino foi emprestado ao Vasco em 2007 pelo River Plate, e mesmo sem ter sido brilhante, o clube queria permanecer com o jogador. Mas os Millonarios só o negociariam em definitivo. O Fluminense rapidamente apareceu na jogada e garantiu o meia em 2008. Reprodução
  •  Em 1997, Renato Gaúcho foi apresentado pelo São Paulo mas nunca assinou contrato
    Renato Gaúcho - Também em 1997, mas no início do ano, o Fluminense tinha uma dívida com Renato Gaúcho, que usou o São Paulo para pressionar o Tricolor carioca. Foi apresentado no clube do Morumbi, que tinha no atacante o seu reforço de peso para o ano. O Flu pagou o que devia e ele retornou à equipe. Reprodução
  •  Roger - Corinthians - 2007
    Roger - Joia do Fluminense, Roger foi para o Benfica, mas não rendeu tudo e queria voltar para o Brasil. Tudo estava certo com o São Paulo, mas o Corinthians, com o aporte financeiro da MSI, garantiu o meia. (Foto: Nelson Almeida/Lancepress!)
  •  Defendendo o Hoffenheim, da Alemanha, o atacante chileno Eduardo Vargas já jogou no Grêmio
    Vargas - O chileno Vargas era disputado por São Paulo e Santos, mas optou, em 2013, por ir ao Grêmio. (Foto: Jefferson Bernardes)
SEUCLUBE
atlético mineiro
botafogo
corinthians
cruzeiro
flamengo
fluminense
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance