Com dose de sofrimento após bom início, Vasco vence o Avaí fora de casa
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Com dose de sofrimento após bom início, Vasco vence o Avaí fora de casa

  •  Avai x Vasco
    Avai x Vasco Eduardo Valente
  •  Avai x Vasco
    Avai x Vasco Eduardo Valente
  •  Avai x Vasco
    Avai x Vasco Eduardo Valente
  •  Avaí x Vasco
    Avaí x Vasco (Fotos: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)
  •  Avai x Vasco
    Avai x Vasco Eduardo Valente
  •  Avai x Vasco
    Avai x Vasco Eduardo Valente
  •  Avaí x Vasco
    Avaí x Vasco (Fotos: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)
  •  Avai x Vasco
    Avai x Vasco Eduardo Valente
  •  Avai x Vasco
    Avai x Vasco Eduardo Valente
  •  Avai x Vasco
    Avai x Vasco Eduardo Valente
  •  Avai x Vasco
    Avai x Vasco Eduardo Valente
  •  Avai x Vasco
    Avai x Vasco Eduardo Valente
  •  Avai x Vasco
    Avai x Vasco Eduardo Valente
  •  Avaí x Vasco
    Avaí x Vasco (Fotos: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)
Hugo Mirandela - 11/10/2017 - 23:57
Rio de Janeiro (RJ)
Em um jogo que parecia tranquilo e acabou com boa dose de sofrimento, o Vasco venceu o Avaí por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, na Ressacada, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Cruz-Maltino mostrou evolução nas finalizações e abriu 2 a 0 logo na primeira etapa com Wagner e Andrés Rios. Porém, o argentino foi expulso aos 15 do segundo tempo e na cobrança da falta Betão diminuiu.

O Vasco não deu nem tempo de o Avaí respirar e já abriu o placar, logo aos dois minutos de jogo. Wagner recebeu bola pela direita e acertou belo chute no ângulo de Douglas. Um golaço do meia que estava retornando ao time após lesão.


Com a vantagem, o Cruz-Maltino ficou postado mais atrás e atacando em bloco. Sem muito espaço, o time catarinense tinha dificuldades de criar jogadas.

Em sua terceira finalização na partida, o Cruz-Maltino chegou ao segundo gol aos 23, mostrando evolução no ataque. Nenê cruzou da direita, Wellington disputou com Alemão de cabeça e a bola sobrou para Andrés Rios. Livre dentro da área, o atacante argentino dominou e chutou para balançar a rede.

Atrás no placar, o Avaí passou a se lançar mais na frente. Porém, os donos da casa só conseguiam chegar com chutes de longa distância e bolas lançadas na área. Em uma delas, Joel cabeceou nas costas de Anderson Martins, mas Martin Silva defendeu no meio do gol.

Apostando no contra-ataque, o Vasco quase fez o terceiro. Nenê fez cruzamento da esquerda e Capa chegou bem para jogar para escanteio e evitar gol de Madson.

No fim do primeiro tempo, os jogadores do Avaí foram reclamar com o árbitro e Williams, que estava no banco de reservas, foi expulso.

O Leão ensaiou uma pressão na volta para o segundo tempo. Leandro Silva deu chute forte de fora e obrigou Martin a fazer boa defesa. No entanto, depois os visitantes conseguiram controlar o jogo de novo.

Para complicar a partida para o Vasco, Andrés Rios foi expulso ao deixar o braço no rosto do adversário na corrida. Assim, ele levou o segundo amarelo e depois o vermelho. Para piorar, na jogada da falta saiu o gol do Avaí. Betão aproveitou escorada de Alemão e diminuiu o placar, aos 16.

A partir disso, o Avaí foi para cima e o Cruz-Maltino se defendeu como pode e tentava o contra-ataque. O Leão tinha a bola, mas só conseguiu assustar duas vezes com Lourenço e Luanzinho, mas os dois pararam em defesas de Martin Silva. Assim, o time carioca saiu com a vitória.

FICHA TÉCNICA:

AVAÍ 1 X 2 VASCO


Local: Ressacada, Florianópolis (SC)
Data/horário: 11/10/2017 - 21h45
​Árbitro: Wagner Reway - MT (FIFA)
Auxiliares: Eduardo Goncalves da Cruz - MS (CBF) e Fabio Rodrigo Rubinho - MT (CBF)
Público/renda: 
Cartões amarelos: Alanzinho, Betão, Capa, Lourenço, Junior Dutra, Marquinhos (AVA); Madson, Wagner, Andrés Rios (VAS)
Cartões vermelhos: Willians (AVA), Andrés Rios (VAS)
Gols: Wagner (02/1ºT) (0-1), Andrés Rios (23/1ºT) (0-2)

AVAÍ: Douglas Friedrich, Leandro Silva, Fagner Alemão, Betão e Capa; Judson (Lourenço, aos 21'/2ºT), Wellington Simião (Marquinhos/intervalo), Luan Pereira e Pedro Castro; Joel (Romulo/Intervalo) e Júnior Dutra. Técnico: Claudinei Oliveira.

VASCO: Martin Silva, Madson, Paulão, Anderson Martins e Ramon; Jean e Wellington; Wagner (Yago Pikachu, aos 12'/2ºT), Nenê (Rafael Marques, aos 47'/2ºT)e Mateus Vital (Paulo Vitor, aos 29'/2º); Andrés Rios. Técnico: Zé Ricardo.

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance