De 2019 a 2021: Luxemburgo e Eduardo Barroca duelam novamente por Vasco e Botafogo
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

De 2019 a 2021: Luxemburgo e Eduardo Barroca duelam novamente por Vasco e Botafogo

Luxemburgo e Barroca
Vanderlei Luxemburgo e Eduardo Barroca estão na segunda passagem pelos respectivos times (Divulgação)
Felippe Rocha e Lucas Pessôa - 10/01/2021 - 07:30
Rio de Janeiro (RJ)
O ano é 2019. Com Vanderlei Luxemburgo, o Vasco venceu o Botafogo, abre distância para o rival e para a zona de rebaixamento. Quatro meses antes, foi o Glorioso quem saiu vitorioso do duelo. Tal resultado, com Eduardo Barroca na área técnica, ajudou na obtenção da gordura que salvaria o time, após a demissão do treinador, de ser rebaixado. Os treinadores daquele primeiro confronto se reencontram neste domingo, na Colina Histórica.

Último revés antes da arrancada
Luxemburgo chegou ao Vasco pouco depois do início daquele Campeonato Brasileiro. Foi ajustando o time, que passaria por evolução tática e também física, e teve naquele jogo de dois de junho o último antes da primeira vitória na competição. Na rodada seguinte, o Cruz-Maltino venceu o Internacional e iniciou a reação que terminaria em vaga na Copa Sul-Americana.


O tal primeiro duelo entre as equipes naquele Brasileiro marcou também a primeira participação de Talles Magno como profissional. Ele se tornou o jogador mais jovem a vestir a camisa cruz-maltina no Século XXI, com 16 anos, 11 meses e dois dias.

Na partida pelo returno, em São Januário, Ribamar fez um golaço e Bruno Gomes marcou o único gol dele como profissional até aqui. Foi com Luxa que ele teve mais espaço desde que foi promovido. Da equipe que venceu aquele clássico, além do volante, o goleiro Fernando Miguel, os laterais Yago Pikachu e Henrique mais o zagueiro Leandro Castan seguem titulares. Marcos Junior e Gabriel Pec entraram em campo e são opções novamente para Luxa.

-> Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

Gordura do início se provou vital
A primeira passagem de Eduardo Barroca pelo Botafogo, em 2019, teve como grande momento o início do Campeonato Brasileiro. Na época, o treinador conseguiu emplacar cinco vitórias nas primeiras oito rodadas e levou o clube ao G4. E um dos momentos decisivos nesta arrancada inicial foi justamente contra o Vasco de Vanderlei Luxemburgo, na sétima rodada.

Naquela partida, disputada no Nilton Santos, o Alvinegro suportou a pressão do rival no primeiro tempo e venceu por 1 a 0, com gol de Diego Souza, aos 12 minutos da etapa final. Dos 11 jogadores escalados por Barroca para começar aquela partida, apenas Cícero e Gatito Fernández permanecem no elenco.

Depois daquele triunfo, o Botafogo ainda bateu o CSA e assumiu a quarta posição, mas depois amargou uma sequência de apenas três triunfos em 15 jogos. Barroca acabou demitido na 23ª rodada, com a equipe em 12º. Contudo, após a saída do treinador, a queda do time se acentuou e a equipe passou a brigar contra o rebaixamento. A gordura conquistada no início do torneio se mostrou determinante para a manutenção do time na Série A.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance