Wenger justifica saída de Giroud para rival com dois motivos
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Wenger justifica saída de Giroud para rival com dois motivos

Giroud
Giroud assinou com o Chelsea até junho de 2019 (Divulgação/Chelsea)
LANCE! - 02/02/2018 - 10:22
Londres (ING)
Olivier Giroud agitou o mercado interno nesta semana. O goleador francês trocou o Arsenal pelo rival Chelsea, por 17,5 milhões de libras (R$ 78,8 milhões), em busca de mais espaço e questões familiares. Os motivos são apontados por Arsène Wenger, seu compatriota e antigo treinador nos Gunners.

- Nós devemos muito a ele. Ele era extremamente querido no vestiário e o clube, por todos os jogadores que saíram, foi triste vê-lo ir embora. Mas Olivier queria mais tempo de jogo - ele também quer ir para a Copa do Mundo. Foi por isso que eu abri a porta - disse Wenger, completando:

- (A transferência) está ligada com a contratação de Aubameyang, e ele teve um terceiro filho, então era difícil pelo lado familiar que ele saísse de Londres. Foi difícil recusar a oferta do Chelsea só porque é um oponente.

Giroud vestirá a camisa 18 nos Blues, além de assinar até junho de 2019. Enquanto o francês chega, Michy Batshuayi, antes reserva imediato de Álvaro Morata no time de Antonio Conte, sai para o Borussia Dortmund, onde, por sua vez, será o responsável por suprir a ausência de Pierre Aubameyang. A bola de neve se completa com a transferência do gabonês para o Arsenal, em vaga deixada justamente por Giroud. 


Pelo Arsenal, cabe destacar, Giroud esteve durante cinco temporadas e meia. Nesta, o antigo camisa 9 do clube do Emirates Stadium acumulou sete gols em 25 partidas. Ao todo, anotou 105 gols em 253 jogos pelos Gunners.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance