Vingaram? Veja o que aconteceu com os vencedores do Golden Boy
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE

LANCE
X
Compartilhe


24/10/2017 | 11:30

Vingaram? Veja o que aconteceu com os vencedores do Golden Boy

  •  Messi, Rooney, Alexandre Pato e Mbappé
    Messi, Rooney, Alexandre Pato e Mbappé já foram vencedores do prêmio Golden Boy europeu AFP e Reprodução/Instagram
  •  Van Der Vaart - Real Madrid
    O holandês Van Der Vaart foi o primeiro a receber o prêmio, em 2003, então com 20 anos e uma das revelações do Ajax. Disputou duas Copas e três Euros pela Holanda e jogou no Real Madrid de 2008 a 2010, sem conseguir se firmar. Nunca foi um grande craque e hoje está no pequeno Midtjylland, da Dinamarca (Foto: AFP)
  •  Rooney - Everton
    O inglês Rooney levou o prêmio em 2004, já no Manchester United, após explodir pelo Everton. Nos 13 anos de clube, se tornou um dos maiores ídolos da história, e é o maior artilheiro do United, com 253 gols. Da seleção, também é o goleador máximo, onde jogou três Copas e três Euros. Retornou ao Everton neste ano de 2017 (Foto: AFP/OLI SCARFF)
  •  Agradeçam a Messi, o heroi do dia com três gols anotados
    Messi foi o vencedor da edição de 2005. Quatro anos depois já recebia o prêmio de melhor jogador do mundo, o que repetiu em 2010, 2011, 2012 e 2015. Um dos maiores de todos os tempos, ainda vive seu auge no futebol e levou a Argentina para sua quarta Copa na carreira (Foto: JUAN RUIZ / AFP)
  •  Fabregas foi o herói da sofrida classificação do Chelsea sobre o Leicester na Copa da Liga Inglesa
    O meia espanhol Fabregas foi o vencedor em 2006, onde já brilhava pelo Arsenal. Foi para o Barcelona, clube onde jogou na base, em 2011 e saiu em 2014, para o Chelsea. Após se destacar por todas as seleções de base da Espanha, ganhou a Copa de 2010 e as Euros de 2008 e 2012 pela Fúria 9Foto:ANTHONY DEVLIN/AFP)
  •  Sergio Aguero
    Sergio Aguero foi mais um que levou o prêmio, em 2007, e confirmou o status de craque. O atacante se tornou recentemente o maior artilheiro da história do Manchester City. Pelas seleções de base da Argentina, foi bicampeão mundial sub-20 em 2005 e 2007 e levou o ouro na Olimpíada de 2008. Deve jogar em 2018 sua terceira Copa do Mundo (Foto: PAUL ELLIS / AFP)
  •  No Mundial de 2005, disputado no Peru, o México fez 3 a 0 no Brasil na final. O craque da competição, porém, foi o meia brasileiro Anderson, promessa do Grêmio. Ele fez carreira na Europa, defendendo por oito anos o Manchester United
    Anderson foi o primeiro brasileiro a faturar o prêmio, em 2008, quando já estava no Manchester United. O meia surgiu muito bem no Grêmio, em 2004, teve boa passagem pelo Porto e ficou no United de 2007 a 2015, quando retornou ao Brasil, para o Internacional. Sem grande destaque, está emprestado ao Coritiba (Foto: GLYN KIRK / AFP)
  •  Alexandre Pato
    Logo depois de Anderson, foi a vez de Alexandre Pato levar o prêmio. Após surgimento meteórico no Internacional em 2006, Pato foi para o Milan e teve bom destaque, até começar a sofrer com lesões. Em 2013, foi para o Corinthians mas não brilhou. Teve passagem razoável pelo São Paulo e hoje é um dos artilheiros do futebol chinês (Foto: Reprodução / Sports Sina)
  •  Mario Balotelli
    Mario Balotelli faturou o Golden Boy em 2010. Atacante habilidoso, mas de temperamento explosivo, passou por Inter de Milão, Manchester City, Milan e Liverpool. Foi o grande destaque do vice-campeonato europeu da Itália em 2012 e jogou a Copa de 2014 no Brasil. Hoje, é um dos destaques do francês Nice (Foto: VALERY HACHE / AFP)
  •  Mario Götze, ídolo do Borussia Dortmund, tenta recolocar o time entre as principais forças da Europa
    O meia alemão Mario Götze foi o vencedor de 2011, quando era o grande destaque do Borussia Dortmund e apelidado de 'Gotzinho', em referência a Ronaldinho Gaúcho. Em 2013 se transferiu para o Bayern de Munique, mas retornou ao Dortmund em 2016. Disputou duas Euros e fez o gol do título alemão na final da Copa de 2014 (Foto: PATRIK STOLLARZ / AFP)
  •  Isco - Espanha x Itália
    O talentoso meia Isco levou o prêmio de 2012, quando estava no Málaga. Na temporada seguinte se transferiu para o gigante Real Madrid e começou a ganhar destaque na equipe merengue. Com passagens por todas as seleções de base da Espanha, é uma das apostas da equipe para a Copa de 2018 (Foto: Pierre-Philippe Marcou / AFP)
  •  O meia francês Paul Pogba saiu da Juventus para defender o Manchester United em 2016 pela bagatela de 125 milhões de euros (cerca de R$ 463,7 milhões)
    O meia francês Paul Pogba já era um dos grandes destaques da Juventus em 2013, quando ganhou o prêmio de melhor jovem da Europa, além do Mundial Sub-20 pela França. Em 2016, retornou ao United, se tornando o jogador mais caro do mundo. Já disputou a Copa do Mundo de 2014 e foi vice na Euro-2016 PAUL ELLIS / AFP
  •  Sterling custou ao Manchester City 62,5 milhões de euros
    O atacante Sterling, presente em todas as seleções de base da Inglaterra, foi o vencedor de 2014, ano em que já disputou sua primeira Copa do Mundo, com apenas 19 anos. Após três anos de sucesso no Liverpool, foi comprado pelo Manchester City em 2015, onde é hoje peça importante do time de Pep Guardiola (Foto: AFP/JON SUPER)
  •  Martial - Italia x França
    Martial levou o prêmio de 2015, ano em que se transferiu do Monaco para o United. Após se destacar por todas as equipes de base da seleção francesa, foi convocado para a disputa da Eurocopa de 2016 e deve fazer parte do time na Copa de 2018 (Foto: Alberto Pizzoli / AFP)
  •  Renato Sanches - Portugal
    O meia português Renato Sanches foi o vencedor do prêmio em 2016, ano em que conquistou a Eurocopa por sua seleção, sendo um dos destaques do torneio. As boas atuações fizeram o Bayern de Munique contratar o jogador junto ao Benfica. Sem muito espaço no time alemão, está emprestado ao Swansea (Foto: Martin Bureau / AFP)
  •  Mbappé - PSG
    Mbappé, uma das maiores revelações dos últimos anos, é o vencedor do Golden Boy de 2017. Com apenas 18 anos, o atacante, hoje parceiro de Neymar no PSG, mostra grande habilidade e faro de gol. Certamente será um dos nomes da França na Copa do Mundo de 2018 (Foto: Reprodução / Twitter)
SEUCLUBE
atlético mineiro
botafogo
corinthians
cruzeiro
flamengo
fluminense
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance