EA Sports limita preço de Sala no FIFA após 'inflação' no Ultimate Team
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

EA Sports limita preço de Sala no FIFA após 'inflação' no Ultimate Team

Emiliano Sala - Ultimate Team
Sala em campo pelo Nantes e sua carta no Ultimate Team (Foto: Divulgação)
LANCE! - 23/01/2019 - 16:28
Nantes (FRA)
A EA Sports, desenvolvedora da franquia de simulador de futebol FIFA 19, determinou nesta quarta-feira que irá intervir no mercado de transferências do Ultimate Team, um dos modos mais populares do game, para coibir o lucro com o desaparecimento do jogador.

Após o surgimento da notícia que o avião em que Sala estava estaria desaparecido no Canal da Mancha, a sua carta no Ultimate Team passou a valer 15 vezes mais que o normal. O preço da carta de Sala custava cerca de 500 coins (moedas do game) e passou a valer o preço máximo para a compra de cartas ouro (10 mil coins).

Por conta disso, vários profissionais de FIFA denunciaram a má fé da comunidade do game por conta da alta inflação na carta do jogador e por conta disso, a vontade de lucrar em cima da fatalidade que aconteceu com Sala. Wendell Lira, ex-jogador que venceu o Prêmio Puskas e que hoje é player profissional, se posicionou em seu Twitter.

O mesmo aconteceu com a carta de Davide Astori, então zagueiro da Fiorentina, que faleceu em 2018. Os players passaram a vender a carta do defensor com um preço acima do normal e obrigou a EA a intervir para conter a ação.

E MAIS:


Facebook Lance Twitter Lance