Sob forte neblina, Buffon pega pênalti e garante vitória da Juventus
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Sob forte neblina, Buffon pega pênalti e garante vitória da Juventus

Higuaín - Atalanta x Juventus
Higuaín marcou logo no início da partida (Foto: Marco Bertorello / AFP)
LANCE! - 30/01/2018 - 19:44
Bérgamo (ITA)
A Juventus deu um grande passo para chegar à final da Copa da Itália. Em Bérgamo, a Velha Senhora visitou a Atalanta e venceu por 1 a 0, gol de Gonzalo Higuaín. O jogo foi prejudicado pela forte neblina, que assolou o Estádio Atleti Azzurri d'Italia. Ainda na etapa inicial, Buffon, que retornava de lesão, pegou pênalti de Gómez.

Na volta, que deve ocorrer no dia 28 de fevereiro, a Juventus pode empatar em Turim que avança à decisão. Na outra semifinal, jogam Milan e Lazio.

A neblina atrapalhou o bom jogo que Atalanta e Juventus fizeram no primeiro tempo. Muitos passes errados foram vistos por conta do mau tempo em Bérgamo. Apesar da pouca visibilidade, Higuaín mostrou que tem olhos biônicos. Em boa jogada pela esquerda, ele se livrou dos zagueiros e, na saída do goleiro, mandou no cantinho. Bonito gol do argentino.

A Juventus não deixava a Atalanta jogar, evitando a penetração em sua área. Contudo, em cruzamento na área, a bola pegou na mão de Alex Sandro. O juiz mandou seguir, mas diante da reclamação dos jogadores do time da casa, ele consultou o VAR e deu pênalti. Alejandro Gómez telegrafou a cobrança e mandou nas mãos de Buffon, que não deu rebote. 

Buffon - Atalanta x Juventus
Buffon pegou um pênalti (Foto: Marco Bertorello / AFP)
O lance animou a Juventus, que chegou com perigo mais algumas vezes na primeira etapa. Matuidi e Higuaín perderam boas chances de levar a Velha Senhora com vantagem ainda maior para o intervalo.

Na etapa final, a neblina deu uma trégua aos jogadores, mas o bom futebol do primeiro tempo foi embora com as nuvens. A Juventus seguiu melhor, controlando as ações e a posse de bola, mas não era tão incisiva quanto no primeiro tempo.

Higuaín era o mais perigoso da Juventus e dava um calor na defesa da Atalanta. Douglas Costa se movimentava muito e abria espaços para o argentino. Em arrancada, ele quase marcou o seu segundo no jogo, mas pecou na finalização. Os jogadores da equipe de Bérgamo passaram a abusar das muitas faltas.

Nos minutos finais, a Atalanta ensaiou uma pressão em busca do empate, mas esbarrou na boa marcação da Juventus, que segurou o resultado.


E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance