De Ronaldinho a Cristiano Ronaldo: O Campeonato Italiano renasce?
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

De Ronaldinho a Cristiano Ronaldo: O Campeonato Italiano renasce?

Ninguém ganhou mais o Campeonato Italiano do que a Juventus: 33 vezes campeã
Dominante, Juventus é heptacampeã consecutiva do Calcio (AFP)
Cayo Pereira  - 11/07/2018 - 06:22
Rio de Janeiro (RJ)
Maradona, Zico, Falcão, Kaká, Ronaldinho... Grandes jogadores da história do futebol que têm um comum uma característica peculiar. Não, não eram apenas mágicos com a bola nos pés, dotados de grande técnica e classe na hora de jogar futebol, todos marcaram época no Campeonato Italiano. O Calcio teve décadas de ouro no futebol europeu, anos de glória onde os melhores times e melhores jogadores estavam nos gramados da bota. 

Os grandes times italianos sempre contaram com craques nos seus elencos. Quem não se lembra de Ronaldo na Inter, Zidane na Juve e Kaká no Milan? Mas o que aconteceu para que o Calcio perdesse força e ficasse na sombra das outras grandes ligas do futebol europeu? E agora com Cristiano Ronaldo, será que o Campeonato Italiano volta a ser protagonista?

O motivo da decadência...

A explicação pode começar a ser dada através de um episódio que marcou o futebol no país: o Calciopoli. Na temporada 2005/2006, o jornal "Gazetta dello Sport" levantou a hipótese de que uma possível trama de manipulações de resultados no Campeonato Italiano estaria sendo feita por dirigentes de clubes, pessoas da federação de futebol e da comissão de arbitragem.

No final das contas, as suspeitas foram comprovadas, praticamente todos os dirigentes envolvidos foram punidos e quem mais sofreu foram os clubes. Ao total, foram 19 jogos investigados: sete da Juventus, cinco da Fiorentina, cinco da Lazio e quatro do Milan. No último julgamento, ficou definido que a Juve perderias os títulos de 2004/05 e 2005/06 e seria rebaixada, começando a Serie B com 9 pontos negativos. Fiorentina perderia 15 pontos, o Milan 8, e a Lazio 7, mas que permaneceriam na Serie A. Dito isso, deu para entender o contexto em que ficou o futebol italiano nesse período. Curiosamente, em 2006, a seleção italiana foi campeã do mundo.

Com o escândalo, o Calcio acabou perdendo força e credibilidade, aliado a isso, os outros campeonatos europeus como o inglês, o espanhol e o alemão foram ganhando espaço e tomando o lugar de destaque que pertencia à Serie A no cenário europeu, tanto comercialmente quanto no futebol.

As grandes contratações ficaram distantes do futebol italiano. Enquanto os gigantes europeus esbanjavam dinheiro e dominavam o mercado de transferências, os clubes italianos não atingiam o mesmo patamar de contratações feitas por Real Madrid, Barcelona, Bayern, por exemplo. Ronaldinho Gaúcho no Milan, em 2008, foi a última contratação de uma estrela mundial por um clube italiano.

A volta por cima...

Dez anos se passaram e novamente um jogador world class chega ao Calcio. A Juventus, que vem dominando o futebol italiano nas últimas sete temporadas, além de duas finais da Liga dos Campeões, mostrou que o futebol italiano ainda está vivo. Além da Juve, o Napoli e a Roma são figurinhas frequentes nas fases finais da Liga dos Campeões e a Inter, que passou anos difíceis, voltará a disputar o torneio nesta temporada.

A chegada de Cristiano Ronaldo pode ser um marco no futebol italiano. O jogador deixou o clube mais vitorioso da Europa para aceitar um novo desafio e demonstrar seu futebol no Calcio. Será que o melhor jogador do mundo pode abrir as portas para outros grandes jogadores chegarem à Itália? 

- Talvez não imediatamente, mas certamente a chegada de Ronaldo será muito importante para o campeonato como um todo - destaca Filippo Cornacchia, jornalista da "Tuttosport", portal esportivo italiano.

Venda de direitos televisivos, marketing, venda de camisas, bilheteria... Esse é o impacto que uma estrela causa quando chega em um grande clube e é o que vai acontecer com a Juve. Quem sabe com este exemplo clubes como Napoli, Milan, Inter, Roma e Lazio, que já foram vistos como potências no futebol mundial, invistam em contratações de peso para trazer de volta as noites de glórias ao grandioso e muito tradicional Campeonato Italiano.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance