Regida por Faraó, Roma bate Chelsea com autoridade e assume a ponta; Atlético vive drama
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Regida por Faraó, Roma bate Chelsea com autoridade e assume a ponta; Atlético vive drama

Roma x Chelsea - El Shaarawy
El Shaarawy foi o nome do jogo no Estádio Olímpico de Roma (Foto: Reprodução / Twitter da Roma)
LANCE! - 31/10/2017 - 19:41
Roma (ITA)
A Roma contou com o toque soberano de El Shaarawy, o Faraó, para superar o Chelsea e assumir a liderança do Grupo C da Liga dos Campeões. Nesta terça-feira, os italianos venceram por 3 a 0, com dois gols de Shaarawy e um de Perotti, em confronto realizado no Estádio Olímpico de Roma.

Agora no topo, o clube grená passa a somar oito pontos, contra sete dos Blues, que caem para o segundo posto. Além de El Shaarawy, o goleiro Alisson foi outro a esmerilhar diante da torcida romana. Fechou o gol quando exigido. 


O JOGO


A partida ficou à feição do time da casa. Logo no primeiro golpe, nos segundos iniciais, lona para os visitantes. Em bola lançada por Kolarov, Dzeko errou a cabeçada, mas a bola sobrou macia para El Shaarawy. Iniciava o reinado do Faraó, que acertou um canudo, no ângulo de Courtois. 

A partir daí, a Roma deu a bola ao Chelsea, que encontrou dificuldades para furar o bloqueio imposto por Eusebio Di Francesco. E, quando chegava, principalmente com Hazard, parava em Alisson, em mais uma noite inspirada na Champions - o goleiro titular da Seleção Brasileira já havia se destacado contra o Atlético de Madrid. 

O segundo gol não tardou a sair. Aos 35, Nainggolan, também no lado esquerdo, lançou El Shaarawy, que tocou com categoria para balançar a rede. No ínterim, o zagueiro Rüdiger, ex-Roma, titubeou e deixou a bola passar. 

Se engana quem pensou que o Chelsea viria ávido por uma reação. A Roma adiantou a marcação e foi coroada. O time italiano recuperou uma bola ainda no ataque e, na casa dos 15 minutos, ampliou a vantagem. Perotti arriscou de fora e acertou um canudo: 3 a 0. Em seguida, Willian entrou, mas a equipe de Francesco não perdeu a organização - e, cabe destacar, algumas chances de golear em contra-ataques. 



Atlético de Madrid x Qarabag
Griezmann deu passe para gol de Thomas (Foto: Reprodução / Twitter do Atlético de Madrid)
A maré não anda mansa para o Atlético de Madrid. Os espanhóis seguem sem vencer em quatro jogos e, mesmo diante de seu torcedor no Wanda Metropolitano, em jogo dramático, ficou no empate em 1 a 1 com o modesto Qarabag - eles já haviam empatado em 0 a 0 no Azerbaijão.

Assim, o Atleti fica com três pontos e na terceira posição, muito distante de aspirar oitavas de final. O Qarabag, por sua vez, chega a dois pontos. 

O gol do time azerbaijano foi plantado pelo alto, após cobrança de escanteio e testada do meia espanhol Michel, aos 40 minutos. Oblak chegou a tocar na bola, mas ela morreu lá dentro. Curiosamente, apesar de chegar pouco, os visitantes tiveram mais posse de bola na etapa inicial. 

No segundo tempo, enfim a torcida colchonera pôde gritar "Gol". Mas acabou não sendo gol, e, sim, um golaço. Griezmann limpou de calcanhar, e Thomas chapou a bola da intermediária: caixa.

Logo depois, a equipe de Diego Simeone jogou com um a mais em campo, uma vez que o brasileiro Pedro Henrique foi expulso direto. Junto ao drama, a pressão foi acentuada, o bombardeio iniciado, mas sem sucesso. Além disso, ainda viu o zagueiro Savic ser expulso, perto dos acréscimos. Uma lástima. 

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance